Arquivos:

Comércio

Mercado Livre vai testar entregas em até um dia

Seguindo uma tendência de crescente preocupação no e-commerce com a velocidade nas entregas, o Mercado Livre está lançando um aplicativo para permitir que vendedores entreguem produtos no mesmo dia do pedido ou no máximo um dia depois. O objetivo é auxiliar vendedores a entregarem mais rápido quando o pedido vier de um comprador próximo a ele.

“Estamos usando a própria proximidade entre comprador e vendedor para enfrentar dificuldades logísticas”, diz Leandro Bassoi, diretor do Mercado Envios, braço logístico do grupo. “Todas as empresas de transportes do e-commerce buscam essa modalidade de entrega rápida, mas a forma como a logística tradicional se estruturou dificultou isso porque os pedidos são concentrados num único local. Nós não estamos concentrando”, acrescenta.
(mais…)

Comércio » Rio Grande do Norte

Comércio do RN representou 6,4% do faturamento do Nordeste em 2013

O Instituto Brasileiro de Georgrafia e Estatística (IBGE) divulgou nesta sexta-feira (14) o relatório da Pesquisa Anual de Comércio (PAC) referente ao ano de 2013. De acordo com o instituto, o comércio do Rio Grande do Norte obteve 6º maior faturamento do Nordeste, à frente apenas de Piauí (R$ 24.1 bilhões), Alagoas (R$ 22.8 bilhões) e Sergipe (R$ 16.6 bilhões). O valor de R$ 28,5 bilhões, que inclui a receita bruta de revenda e de comissões sobre venda, representou apenas 6,41% do faturamento da região.

Dentre as atividades avaliadas na pesquisa, o destaque no cenário potiguar foi o ‘comércio varejista’, com faturamento de R$ 15,3 bilhões em 2013, o equivalente a (53,5%) do faturamento total do estado. Ainda de acordo com o PAC-2013, o ramo varejista do RN tem como característica marcante o grande número de estabelecimentos de pequeno porte.

A segunda atividade com maior contribuição para o faturamento do Estado, dentre os itens pesquisados, foi o setor de ‘comércio atacadista’. O valor de R$ 9,6 bilhões de obtido pelo setor, representa 33,6% do faturamento total. Neste caso, o IBGE aponta a presença de empresas de grande porte como as que mais faturaram no setor. O item com menor faturamento dentre os avaliados foi o ‘comércio de veículos, peças e motocicletas’, com faturamento anual de R$ 3,6 bilhões em 2013, o equivalente a 12,9%.

Segundo a pesquisa, o Rio Grande do Norte apresenta um crescimento contínuo na maioria das variáveis investigadas no período de 2007 a 2013, mesmo com a crise internacional que afetou a economia brasileira, principalmente entre o último semestre de 2008 e o começo de 2009.

Ainda de acordo com a pesquisa, o comércio da região Nordeste teve um faturamento de R$ 448.7 bilhões, o equivalente a 15,3% do faturamento nacional, sendo a terceira região com maior receita. Sudeste, com R$ 1.508 bilhões (51,5%), é a região que registrou maior faturamento, seguida pelas regiões Sul, com R$ 580.5 bilhões (19,8%); Nordeste; Centro-Oeste, com R$ 288.4 bilhões (9,9%); e Norte, com 103,3 bilhões (3,5%).

G1/RN
Comércio

Comércio fecha semestre no vermelho no RN

O cenário econômico desfavorável, que inclui restrições de crédito, desemprego, inflação crescente e maior endividamento das famílias, levou o comércio varejista nacional a fechar o primeiro semestre com queda de 6,4% no volume de vendas, em relação ao mesmo período de 2014, apontam dados da Pesquisa Mensal do Comércio, divulgada ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No Rio Grande do Norte, o encolhimento do setor foi de 1,9%, mas, em um momento em que apenas um Estado – Roraima – obteve saldo positivo, o resultado acaba sendo mais favorável. Os dados dizem respeito ao comércio varejista ampliado, que inclui veículos e materiais de construção. A Fecomércio RN calcula que o setor potiguar tenha deixado de faturar cerca de R$ 841 milhões, no período.

Conforme a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), três setores apresentaram baixas significativas durante o primeiro semestre deste ano. Móveis e Eletrodomésticos tiveram queda de 11,3%. Em seguida veio hipermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo com taxa negativa de 1,8% no ano. E tecidos, vestuário e calçados apresentaram variação negativa de 5% no período. Na outra ponta, houve crescimento nas atividades de artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria (5,2%) e outros artigos de uso pessoal e doméstico (3,9%).

Tribuna do Norte
Comércio » Economia

Economia: Confiança do Comércio tem primeira melhora desde fevereiro

Apesar de ter havido uma queda na economia brasileira, ainda há boas expectativas de melhora nos próximos meses.

Mesmo com queda na economia brasileira, ainda há boas expectativas de melhora para os próximos meses.

Apesar de registrar a primeira evolução favorável desde fevereiro, o Índice de Confiança do Comércio (Icom) fechou o segundo trimestre do ano com recuo de 6,3% em relação ao mesmo período de 2013. O dado faz parte da pesquisa Sondagem do Comércio realizada pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas. Segundo o instituto, o resultado é consequência da combinação de piora do quadro atual com a melhora das expectativas em relação aos meses seguintes.

Para o economista do Ibre, Aloisio Campelo Jr., superintendente adjunto de Ciclos Econômicos do instituto, “passado o período de intensificação da desaceleração do setor em função dos feriados relacionados à Copa do Mundo, as empresas parecem esperar alguma recuperação no volume de vendas ao longo dos próximos meses”. Segundo ele, o cenário, embora factível, “não altera o quadro de baixo crescimento que vem caracterizando o comércio em 2014”.

O levantamento indica que a melhora das expectativas ocorreu de forma mais notável exatamente nos segmentos que observaram as maiores quedas de confiança nos meses anteriores. No segmento veículos, motos e peças a variação interanual trimestral do IE-COM passou de uma avaliação negativa de 16,4%, no trimestre encerrado em junho, para -9,8%, em julho. Material para construção passou de -11,5% para -9,8%; enquanto no varejo restrito houve ligeira piora das expectativas, com as taxas passando de -3,7% para -4,6%, respectivamente.

O Índice da Situação Atual, que retrata a percepção do setor em relação à demanda no momento presente, na média do trimestre terminado em julho, 12,5% das empresas consultadas avaliaram o nível atual de demanda como forte e 28,1%, como fraca. No mesmo período de 2013, os percentuais haviam sido de 15,7% e 23,0%, respectivamente.

De junho para julho, o indicador que mede o otimismo com a situação dos negócios nos seis meses seguintes foi o que mais contribuiu para a melhora do Índice de Expectativas, ao passar de uma variação interanual trimestral de -7,2% para -4,9%. A taxa de variação do indicador que mede o otimismo em relação às vendas nos três meses seguintes passou de -4,7% para -4,6%, no mesmo período.

Comércio

Fecomércio RN entrega Mérito Jessé Freire e empossa nova diretoria na próxima sexta (01)

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN, realiza na próxima sexta, 1º de agosto, a partir das 20h, no Boulevard Recepções, a posse oficial da sua nova diretoria, eleita para o quadriênio 2014/2018. A noite também será marcada pela entrega do troféu Mérito Jessé Freire 2014 (Edição Especial dos 65 anos da Federação), e pela comemoração do Dia do Comerciante, ocorrido no dia 16 de julho.

O Mérito Jessé Freire é a mais importante comenda do comércio potiguar, e há 10 anos premia e reconhece o trabalho de personalidades dos segmentos de Comércio, Serviços e Turismo, que se destacaram no ano anterior. São 05 agraciados, nas seguintes categorias: Flávio Rocha (Grupo Guararapes/Riachuelo), Empresário do Ano no Setor de Comércio; José Maria Figueiredo (Unifacex), Empresário do Ano no Setor de Serviços; Francisca de Assis Rosado, Empresária do Ano no Setor de Turismo (Harabello Turismo); Antonio Sales (Posto Novo Horizonte), Jovem Empresário; e Dorian Morais (Riograndense Distribuidora), Experiência Empresarial.

PATRONO
Jessé Pinto Freire é macaibense de nascimento e foi o único potiguar a presidir a Confederação Nacional do Comércio,de 1964 a 1980. JEle foi responsável por diversos projetos no RN, entre eles a construção das sedes do Sesc e do Senac em Natal e da unidade do Sesc em Ponta Negra, além do Sesc em Mossoró. Foi também senador da República, entre 1972 e 1980, quando faleceu. Deixou um grande legado político e empresarial.

A comenda foi criada em 2004, e já foi entregue a dezenas de personalidades, entre eles os ex-presidentes da Fecomércio, Marcantoni Gadelha e João Patriota, além de nomes como Gilberto Costa (O Borrachão); Aécio Diniz (Óticas Diniz); Amaury Fonseca (Toli); Paulo de Paula (UnP); Nelvaldo Rocha (Guararapes/Riachuelo); Francisco Denerval de Sá (Bagagerie e Casas Sarmento); Enrico Fermi (Natal Praia Hotel); Afrânio Miranda (Miranda Computação; Aurino Araújo (Marpas), Josebel Cirne (Iskisita Atacado); Maria Lúcia Azevedo (CEI); Marcelo Alecrim (AleSat Combustíveis); e José Geraldo de Medeiros (Supermercados Nordestão).

POSSE
Na noite de 1º de agosto também tomará posse oficialmente a nova diretoria da Fecomércio RN, eleita no dia 16 de maio, para o período de 2014 a 2018. A eleição ocorreu com chapa única, consensual, em votação unânime, e tem à frente os empresários Marcelo Fernandes de Queiroz (presidente) e Gilberto de Andrade Costa (1º Vice-presidente).

DIRETORIA
MARCELO FERNANDES DE QUEIROZ – Presidente
GILBERTO DE ANDRADE COSTA – 1º Vice-Presidente
LUIZ ANTONIO BESERRA LACERDA – 2º Vice-Presidente
JAIR URBANO DE QUEIROZ – 3º Vice-Presidente
GERALDO PAIVA DOS SANTOS JÚNIOR – 4º Vice-Presidente
GEORGE RAMALHO VIEIRA – 5º Vice-Presidente
ITAMAR MANSO MACIEL JÚNIOR – 6º Vice-Presidente
SERGIO ROBERTO DE MEDEIROS CIRNE – 7º Vice-Presidente
JOSÉ GERALDO DE MEDEIROS – 8º Vice-Presidente
ANTÔNIO FRANCISCO DE OLIVEIRA – 9º Vice-Presidente
FRANCISCO DE ASSIS BARBOSA – 10º Vice-Presidente
MÁRCIO DE OLIVEIRA MACÊDO – 11º Vice-Presidente
RAIMUNDO MARTINS DA SILVA – 12º Vice-Presidente
DIJOSETE VERÍSSIMO DA COSTA – 1º Secretário
JACIRATAN DAS GRAÇAS DE AGUIAR RAMOS FILHO – 2º Secretário
JOSÉ DE OLIVEIRA CABRAL FILHO – 1º Tesoureiro
LUZIA DIVA CUNHA DUTRA – 2º Tesoureiro

DIRETORES EFETIVOS
MICHELSON XIMENES FORMIGA FROTA
HELDER DE MEDEIROS ARAÚJO
FRANCISCO DENERVAL DE SÁ
DEJALMA LEMOS DA SILVA
ORISMAR CARLOS DE ALMEIDA
DALTRO FREIRE DE PAIVA
FRANCISCO SEVERIANO DA CUNHA
VALDEMAR ANUNCIATO DA SILVEIRA
JOSÉ BEZERRA DE ARAÚJO
JOSÉ DE ANCHIETA FERNANDES
RENATO ALEXANDRE MACIEL GOMES NETTO
TARCÍLIO VIDAL FILHO
SCHIAVO DURVAL FERNANDES ÁLVARES

DIRETORES SUPLENTES
MARCOS AUGUSTO DA SILVA
EDUARDO DE OLIVERIA PATRÍCIO
JOSÉ ZENILDO DIAS CAMPOS
JOSÉ CARLOS LOPES DA SILVA
ALBE GARCIA DE OLIVEIRA
CECÍLIO FRANCISCO BARBOSA NETO
ERALDO EUDES DANÓBREGA DANTAS
MARCIO PINHEIRO DE SOUZA
EUGÊNIO RODRIGUES LUCIO
LUIZ EVÂNIO NOBRE LIRA

CONSELHO FISCAL – EFETIVOS
RONALD GURGEL
VICENTE DE PAULO AVELINO SOBRINHO
SÉRGIO ROBERTO DE MEDEIROS FREIRE

CONSELHO FISCAL SUPLENTES
FRANCISCO NEY DA CUNHA
JOSÉ DE PAIVA TORRES
DORIAN BEZERRA DE SOUZA MORAIS

DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO À CNC – EFETIVOS
MARCELO FERNANDES DE QUEIROZ
MARCANTONI GADELHA DE SOUZA

DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO À CNC – SUPLENTES
GILBERTO DE ANDRADE COSTA
LUIZ ANTONIO BESERRA LACERDA

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!