Arquivos:

Brasil » Notícias

APOSTA: Mega-Sena pode pagar hoje prêmio de R$ 10 milhões

A Mega-Sena pode pagar na noite de hoje (3) um prêmio no valor de R$ 10 milhões para apostadores que acertarem as seis dezenas do concurso 2.094. O sorteio será realizado às 20h, no Caminhão da Sorte, que se encontra no município de Arapiraca (AL).

A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 3,50 e pode ser feita até as 19h (horário de Brasília), em qualquer uma das mais de 13 mil casas lotéricas do país.

Segundo cálculos da Caixa, o prêmio, se aplicado na poupança, renderia quase R$ 37 mil por mês. O valor também seria suficiente para adquirir cinco apartamentos de luxo, com carro na garagem.

Ninguém acertou as seis dezenas no concurso 2.093, realizado quarta-feira (31). Foram sorteados os números 08, 14, 27, 34, 52 e 54.

Mesmo sem aposta contemplada com o prêmio principal, 46 acertaram cinco dezenas, recebendo R$ 33.553,03 cada. Outras 3.177 apostas registraram quatro acertos e levaram, cada uma, R$ 694,02.

Brasil » Notícias

ECONOMIA: Horário de verão começa nesse domingo; 10 estados e DF devem adiantar relógio em 1 hora

O horário de verão de 2018 começa na primeira hora deste domingo (4). À meia-noite, os moradores de 10 estados e do Distrito Federal devem adiantar o relógio em uma hora.

O ajuste vale para as regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal) e irá vigorar até o terceiro domingo de fevereiro de 2019 (dia 17).

Neste ano, o horário de verão foi encurtado. Até o ano passado, o horário de verão se iniciava no terceiro domingo do mês de outubro. Em dezembro de 2017, o presidente Michel Temer assinou decreto que encurtou o período de duração do horário de verão, atendendo a pedido do Tribunal Superior Eleitoral, para que o início do horário de verão não ocorresse entre o primeiro e o segundo turno da eleição.

O Palácio do Planalto chegou a informar no início do mês que, a pedido do Ministério da Educação, a entrada em vigor do horário seria adiada para dia 18 de novembro, a fim de não prejudicar provas do Enem, mas acabou decidindo manter a data de 4 de novembro.

Brasil » Notícias

SEGUNDA ETAPA: Vacinação contra a febre aftosa começa na quinta-feira (01)

A partir da próxima quinta-feira (01), pecuaristas de várias regiões do país podem iniciar a segunda etapa da vacinação contra febre aftosa, que vai atingir animais com até 24 meses. A primeira etapa foi realizada em maio, quando foram vacinados 197,87 milhões de animais, de um total previsto de 201,23 milhões de cabeças. Apenas o Acre, Espírito Santo, Paraná e parte de Roraima vão vacinar todo o rebanho.

O Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa dividiu o país em cinco blocos de estados para a eliminação completa da necessidade de vacinação até 2026.

De acordo com o Ministério da Agricultura, mesmo com o Brasil começando a retirar a vacinação, está sendo criado o Banco de Vacinas e Antígenos. O banco terá estoques estratégicos de vacinas aos quais os países poderão recorrer em caso de eventuais emergências sanitárias.

O Brasil é considerado livre de febre aftosa com vacinação pela Organização Mundial de Saúde Animal. O estado de Santa Catarina, que não vacina o rebanho desde 2000, é reconhecido, desde 2007, como área livre da doença sem vacinação.

Brasil » Política

POLÍTICA: Transição da Casa Civil, novos nomes e fusão dos ministérios; Acompanhe as notícias do novo governo

Onyx Lorenzoni — Foto: Reprodução /GloboNews

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, vai se encontrar na tarde desta quarta-feira (31) com o sucessor no cargo, Onyx Lorenzoni. O futuro ministro de Bolsonaro deve apresentar os primeiros nomes da equipe de transição, composta por 50 pessoas, que serão nomeadas em cargos especiais no governo federal.

Ontem, o futuro ministro da área econômica do governo de Jair Bolsonaro, Paulo Guedes, anunciou que o Ministério da Economia unificará Fazenda, Planejamento e Indústria, ou seja, um superministério. Ontem também, o presidente eleito e sua equipe também discutiram nomes para integrar o ministério de seu governo.

Brasil » Notícias » Rio Grande do Norte

ECONOMIA: Com bandeira amarela, conta de luz fica mais barata em novembro

No último dia 26 de outubro, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou que a bandeira tarifária para o mês de novembro será amarela, com custo de R$ 1 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. Isso significa uma redução em relação aos cinco meses anteriores, quando foi acionado o patamar 2 da bandeira vermelha, que prevê cobrança de R$ 5 a cada 100 kWh.

A Companhia de Energia do Rio Grande do Norte (Cosern) ressaltou que, mesmo com a volta da bandeira amarela em novembro, o consumidor não pode relaxar na economia de energia elétrica.

Brasil » Notícias

REAJUSTE: DF e mais 13 estados terão óleo diesel reajustado a partir de novembro

O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) atualizou a tabela com os preços de combustíveis a serem usados como o valor médio ao consumidor a partir de quinta-feira (1). O chamado preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF) do óleo diesel aumentou em 13 estados e no Distrito Federal. O ato da secretaria-executiva do Confaz foi publicado hoje (29) no Diário Oficial da União.

Os novos valores abrangem Alagoas, Amazonas, Amapá, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Rio Grande do Sul, São Paulo e o Distrito Federal. Os estados que efetivaram os maiores aumentos foram Ceará, de R$ 3,25 o litro para R$ 3,58 o litro, e Rio de Janeiro, de R$ 3,42 para R$ 3,67.

Brasil

Nova moradia do Minha Casa, Minha Vida poderá ter painel solar e reúso de água

As casas populares dos novos empreendimentos do Programa Nacional de Habitação Urbana (PNHU), ligado ao Programa Minha Casa, Minha Vida, deverão ser equipadas com painéis solares e dispositivos para o aproveitamento da água da chuva. As regras estão previstas no Projeto de Lei da Câmara (PLC) 34/2018, que está pauta da reunião desta terça-feira (30) da Comissão de Meio Ambiente (CMA) do Senado.

O projeto, um dos 11 itens incluídos na pauta, exige ainda que os novos empreendimentos contem com medidas de gestão de resíduos sólidos e reúso de águas servidas (água já usada, mas que ainda pode ser aproveitada em outros usos). O texto também prevê a destinação de espaços para o funcionamento de associações profissionais, cooperativas e microempresas individuais ou coletivas.

Brasil » Eleições 2018 » Notícias

ELEIÇÕES 2018: Jair Bolsonaro é o novo presidente do Brasil

O deputado federal Jair Messias Bolsonaro foi eleito presidente da República do Brasil.

A primeira parcial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já lançou apuração de 92,02% das urnas. Com esse total, Bolsonaro atingiu 55,63% das urnas contra 44,37% de Fernando Haddad.

A diferença de votos dos dois candidatos é de votos entre os dois candidatos é de aproximadamente 10 milhões de votos e ainda restam ser apurados aproximadamente 11 milhões de votos.

Bolsonaro é o primeiro presidente de carreira militar desde a Constituição Federal.

Brasil » Notícias

MISTÉRIO: Pacotes sem indicação de origem são encontrados em várias praias de Alagoas

Pacotes com aspecto de couro aparecem no litoral de Alagoas — Foto: Divulgação/Instituto Biota

De acordo com o Instituto Biota de Conservação, foram encontrados vários pacotes sem indicação de origem nas praias do litoral alagoano, em diferentes trechos do estado entre quarta (24) e quinta-feira (25).

A suspeita inicial era de que o material seria couro prensado, mas o Biota diz não poder confirmar, pela análise inicial, que se trata de produto de origem animal.

“É um material bem resistente, altamente elástico, tem um pouco de mau cheiro, porém, a gente não consegue identificar se isso é de origem animal. Não me parece. Parece ser um produto sintético. Não parece couro, ao meu ver. Mas é uma incógnita”, explicou presidente do Instituto, Bruno Stephanis.

Os pacotes foram encontrados em praias de oito municípios de Alagoas.

O material será encaminhado ao Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA-AL) para avaliação. Mas a principal hipótese é que os pacotes tenham sido descartados ou caído de algum navio.

A Capitania dos Portos informou que há ocorrências também no estado do Ceará, mas que passaria detalhes sobre o caso por meio de nota.

 

Brasil » Notícias » Saúde

PESQUISA: 8 em cada 10 brasileiros admitem automedicação

Uma pesquisa aponta que no Brasil, 79% das pessoas com mais de 16 anos admitem tomar remédios sem prescrição médica. O porcentual é o maior desde que a pesquisa começou a ser feita pelo Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade (ICTQ). Em 2014, 76,2% diziam automedicar-se e em 2016, 72%. O imediatismo e o maior acesso à internet estão entre os motivos para o aumento, de acordo com os coordenadores do estudo.

“O brasileiro está na correria do dia a dia, e o smartphone leva as pessoas a pular etapas. Em vez de passar em um médico, vão diretamente à internet e fazem o autodiagnostico, sem falar com ninguém”, afirma o farmacêutico clínico Ismael Rosa, pesquisador do ICTQ, entidade de pesquisa e pós-graduação na área de Farmácia.

Coordenador do levantamento, Rosa destaca que as pessoas têm recebido um grande volume de informação pelas redes sociais e, muitas vezes, as seguem sem saber se elas estão corretas. Também buscam referências com amigos e parentes, se afastando dos médicos.

O levantamento foi feito em setembro, com 2.126 pessoas a partir dos 16 anos, em 129 municípios das cinco regiões do País. De acordo com a pesquisa, dor de cabeça, febre, resfriado e dores musculares estão entre os principais sintomas que levam o brasileiro a se medicar.

O maior porcentual de automedicação foi observado entre adultos de 25 a 34 anos: 91%. É o caso da assistente financeira Michele Soares, de 34 anos. Mãe de duas crianças, de 2 e 11, ela também medica os filhos. “Se é um sintoma comum, como uma eventual dor de cabeça ou um resfriado, tomo algum analgésico. Meu filho é alérgico e, como sei os sintomas e o tipo de medicação que ele toma, já vejo o que ele precisa e dou o remédio. Mas se eu ou os meus filhos tivermos uma febre persistente, algo mais intenso ou fora do comum, claro, procuro atendimento médico.”

Segundo especialistas ouvidos pelo jornal O Estado de S. Paulo, a automedicação é um problema enfrentado por vários países e que deve ser combatido em casos de sintomas persistentes e uso de medicamentos que necessitam de prescrição médica. No entanto, a utilização responsável de remédios isentos de prescrição em situações pontuais, caracterizada como autocuidado, é uma conduta que pode ser adotada. “Há medicações que aliviam sintomas. Se não (houver a automedicação), as pessoas vão precisar ir para o médico para coisas que são pequenas”, afirma Gustavo Gusso, diretor da Sociedade Brasileira de Medicina da Família e Comunidade e professor de Clínica Geral da Universidade de São Paulo (USP).

Clínico e infectologista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Paulo Olzon diz que é preciso ficar atento quando o sintoma fugir do habitual. “Quem está habituado a ter dor de cabeça toma um remédio e ela passa. Passa a ser importante quando são medicações mais tóxicas. Não dá para achar que tem um problema cardíaco e tomar remédio sem a prescrição.”

Fonte: Portal no AR

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!