Tudo sobre Brasil - Blog Jean Souza

Arquivos:

Brasil » Música

PONTO FINAL: Os Nonatos rompem parceria de 27 anos de trabalho na música

A dupla de sucesso Os Nonatos anunciaram no Instagram nesta sexta-feira (17), que romperam com a parceria de 27 anos de trabalho na música.

Eles se destacaram no cenário nacional musical como compositores de sucesso, com letras gravadas por artistas como Gustavo Lima, Zezé di Camargo e Luciano e César Menotti & Fabiano, entre outros.

Os Nonatos afirmaram ainda que cumprirão os compromissos de agenda de shows até o dia 31 de dezembro deste ano.

Leia o comunicado oficial:

osnonatosEstamos vindo a público para informar aos fãs, parceiros, contratantes e divulgadores do nosso trabalho que, em decisão consensual, estamos encerrando a parceria de 27 anos da dupla OS NONATOS. Como acervo de nossa obra ficarão 24 cd’s, 2 dvd’s e 300 composições. Além disso, a experiência de 10 anos de programa de rádio, 13 anos de programa de tv como apresentadores e mais de 200 primeiros lugares nos festivais de poetas por todo o país. Cumpriremos, rigorosamente, os compromissos da agenda de shows até o dia 31/ 12/ 2018. Seguiremos com projetos distintos em carreira solo a partir de 2019. Pedimos a compreensão de todos e externamos nossa eterna gratidão a Deus e a cada um de vcs, pela contribuição na realização de tudo que conquistamos nessas quase três décadas. À nossa equipe, amigos e familiares, muito obrigado. Reafirmamos, ainda, aos fanatos e fanatas que o sonho não acabou, apenas dividiu-se para se multiplicar em um futuro breve. Que Deus nos abençoe! Fica um abraço fraterno a todos, dos poetas do Brasil. (Os Nonatos) João Pessoa PB 17/08/ 2018.

Brasil » Currais Novos » Saúde

SAÚDE: “Dia D” da Campanha de Vacinação Contra Poliomielite e Sarampo é neste sábado, 18

Acontece neste sábado (18) em todo o Brasil o “Dia D” da Campanha de Vacinação Contra a Poliomielite e Sarampo para crianças entre 1 e 5 anos, e em Currais Novos a vacinação acontece em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) das 8h às 17h e é necessário que os pais levem a caderneta de vacinação e cartão SUS dos filhos.

A Campanha tem como objetivo combater os surtos das doenças que tem ocorrido em alguns estados e assim aumentar a cobertura vacinal e impedir a disseminação do sarampo e pólio no país.

Brasil

Nascidos em agosto já podem sacar abono salarial do PIS/Pasep

Trabalhadores da iniciativa privada nascidos em agosto e servidores públicos com inscrição no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) final 1 já podem sacar o abono salarial referente a 2017. O recurso está disponível a partir de hoje (16) até o dia 28 de junho de 2019.

O pagamento do abono do PIS/Pasep ano-base 2017 começou no dia 26 de julho e a liberação do dinheiro para os trabalhadores é feito de acordo com o mês de nascimento ou o número final da inscrição, a depender do programa.

Brasil

Semana do Congresso será esvaziada

Depois de uma semana de “esforço concentrado” –eufemismo adotado pelos congressistas para os poucos dias em que virão a Brasília votar projetos relevantes neste semestre– os próximos dias terão pouca atividade de deputados e senadores.

O próximo período de “esforço concentrado” está marcado para os dias 28 e 29 de agosto. Ainda sem pauta definida. Até lá, a expectativa é que o quórum de deputados e senadores na Casa seja baixo.

Brasil

Facebook exigirá autorização especial para páginas de grande audiência

O Facebook anunciou nesta sexta-feira(10) um novo sistema de autorização para os responsáveis por páginas de grandes audiências. A novidade faz parte de medidas adotadas pela plataforma nos últimos meses com o intuito de dar resposta às críticas pela difusão de desinformação e multiplicação de discurso de ódio no interior da rede.

A exigência será implementada inicialmente nos Estados Unidos e deve depois ser expandida para outros países. Mas não há previsão de quando ela passará a valer no Brasil. O objetivo é tornar “mais difícil para que contas falsas possam administrar uma página”, explicou a empresa em comunicado anunciando as ferramentas.

Brasil

Governo vai propor adiamento de reajuste de servidores para 2020

O presidente Michel Temer vai encampar a recomendação do Ministério do Planejamento segundo a qual não é possível dar aumento salarial ao funcionalismo em 2019. A sugestão de suspender o aumento, que beneficia diferentes categorias, foi levada ao presidente pelo ministro do Planejamento, Esteves Colnago.

O Palácio do Planalto já recebeu a proposta, que deverá ser transformada em Medida Provisória (MP). A medida será enviada em breve ao Congresso. A decisão final sobre o adiamento do reajuste para 2020 caberá ao Legislativo. Com o orçamento apertado, o governo sustenta que haverá cortes bilionários nos programas sociais no ano que vem se não houver a suspensão do aumento, previsto para ser pago em janeiro, quando o novo presidente já terá assumido o cargo.

Brasil

Conta de energia mais cara até novembro

A conta de energia poderá ficar mais cara até o mês de novembro caso não chova. Isso porque embora o nível de chuva no Brasil tenha melhorado no mês de agosto, os resultados baixos desde fevereiro não favorecem um bom desempenho para a geração de energia até o fim do período seco, no fim de novembro.

De acordo o diretor geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Eduardo Barata essa condição pode determinar a manutenção da bandeira vermelha na tarifa de energia até novembro. Apesar de dizer que não gosta de comentar uma situação que pertence à seara da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), acrescentou que as previsões não são favoráveis.

Brasil

Repasses Federais para estados e municípios serão corrigidos pela inflação

Repasses Federais para estados e municípios serão corrigidos pela inflação. A aprovação veio a partir da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado que aprovou hoje (8) o projeto de lei que obriga a União a repassar os valores.

Caso vire lei, as transferências obrigatórias de recursos federais para convênios e acordos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do Programa de Subsídio à Habitação de Interesse Social (PHS) deverão ter correção monetária anual com base no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), elaborado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Brasil » Poder Público

Contas públicas têm déficit maior

Em meio às dificuldades do governo na área fiscal, o setor público consolidado (governo central, Estados, municípios e estatais, com exceção de Petrobras e Eletrobras) apresentou déficit primário de R$ 13,491 bilhões em junho, informou nesta segunda-feira, 30, o Banco Central. Em maio, havia sido registrado déficit de R$ 8,224 bilhões. O crescimento de maio para junho foi de 39,04%. Em junho de 2017, o déficit foi de R$ 19,552 bilhões.

O resultado fiscal de junho foi composto por um déficit de R$ 14,951 bilhões do governo central (Tesouro, Banco Central e INSS). Já os governos regionais (Estados e municípios) influenciaram o resultado positivamente com R$ 353 milhões no mês. Enquanto os Estados registraram um superávit de R$ 6 milhões, os municípios tiveram resultado positivo de R$ 347 milhões. As empresas estatais registraram superávit primário de R$ 1,107 bilhão.

A meta de déficit primário do setor público consolidado considerada pelo governo é de R$ 161,3 bilhões para 2018.

As contas do setor público acumulam um déficit primário de R$ 14,424 bilhões no primeiro semestre, o equivalente a 0,43% do Produto Interno Bruto (PIB), informou o Banco Central.  déficit fiscal no primeiro semestre pode ser atribuído ao rombo de R$ 28,718 bilhões do governo central (0,86% do PIB). Os governos regionais (Estados e municípios) apresentaram um superávit de R$ 13,214 bilhões (0,39% do PIB) no primeiro semestre.

Enquanto os Estados registraram um superávit de R$ 9,860 bilhões, os municípios tiveram um saldo positivo de R$ 3,353 bilhões. As empresas estatais registraram um resultado positivo de R$ 1,080 bilhão no período.

Em 12 meses até junho, as contas do setor público acumulam um déficit primário de R$ 89,823 bilhões, o equivalente a 1,34% do PIB.     O déficit fiscal nos 12 meses encerrados em junho pode ser atribuído ao rombo de R$ 92,405 bilhões do governo central (1,38% do PIB). Os governos regionais (Estados e municípios) apresentaram um superávit de R$ 1,715 bilhão (0,03% do PIB) em 12 meses até junho. Enquanto os Estados registraram um superávit de R$ 1,482 bilhão, os municípios tiveram um saldo positivo de R$ 232 milhões. As empresas estatais registraram um resultado positivo de R$ 867 milhões no período.

Déficit nominal   
O setor público consolidado registrou um déficit nominal de R$ 57,941 bilhões em junho. Em maio, o resultado nominal havia sido deficitário em R$ 47,896 bilhões e, em junho de 2017, deficitário em R$ 51,063 bilhões.

No mês passado, o governo central registrou déficit nominal de R$ 53,832 bilhões. Os governos regionais tiveram saldo negativo de R$ 4,605 bilhões, enquanto as empresas estatais registraram superávit nominal de R$ 496 milhões.

No primeiro semestre, há déficit nominal correspondente a 6,49% do PIB, com saldo de R$ 217,400 bilhões. Em 12 meses até o mês passado, o déficit nominal correspondeu a 7,28% do PIB, com saldo negativo de R$ 487,041 bilhões.

Fonte: Tribuna do Norte

Brasil

“RESSOCIALIZAÇÃO”: Decreto cria cotas para presidiários e ex-detentos em contratos de serviços à União; “turma do colarinho branco” poderá se beneficiar

A presidente da República em exercício, Cármen Lúcia, assinou nessa terça-feira (24) decreto para determinar que empresas contratadas pelo governo federal para prestação de serviços ofereçam cotas para presidiários e ex-presidiários sempre que os contratos ultrapassarem R$ 330 mil. O governo alegou que a medida visa a estimular a ressocialização de apenados.

O decreto presidencial, de acordo com o governo, torna “obrigatória” a contratação de presos e ex-presidiários por parte das empresas que vencerem licitações para serviços com a administração pública federal direta e também com autarquias e fundações. Entre os serviços que poderão passar a ser executados por detentos e ex-presidiários estão, por exemplo, atividades de consultoria, limpeza, vigilância e alimentação.

A assessoria da Presidência informou que o decreto será publicado na edição desta quarta (25) do “Diário Oficial da União”.

Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carmen Lúcia está interinamente no comando do Palácio do Planalto em razão de viagens ao exterior do presidente Michel Temer e dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE).

O decreto assinado pela presidente em exercício institui a “Política Nacional de Trabalho no âmbito do Sistema Prisional”, que foi apresentada nesta terça em uma entrevista coletiva concedida pelos ministros Raul Jungmann (Segurança Pública) e Gustavo Rocha (Direitos Humanos).

“Nos editais de licitação já haverá a previsão para contratação desses presos e, preenchidos os critérios do edital, será obrigatório que essas empresas absorvam essa mão de obra de forma a permitir uma maior ressocialização desse apenado ou desse egresso”, explicou Rocha.

A medida se aplica a presos provisórios, presos dos regimes fechado, semiaberto ou aberto, ou egressos do sistema prisional. Conforme o decreto, as empresas terão de destinar um percentual de vagas para presos e ex-presidiários em cada contratos firmados com o governo federal.

3% das vagas para contratos que exijam contratação de 200 ou menos funcionários;
4% das vagas para contratos que exijam contratação de 201 a 500 funcionários;
5% das vagas para contratos que exijam contratação de 501 a 1 mil funcionários;
6% das vagas para contratos que exijam a contratação de mais de 1 mil funcionários

Fonte: Blog do BG

Últimos Eventos

06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!