Arquivos:

bolsa familia

Bolsa Família no Rio Grande do Norte terá reajuste em 18 de julho

Os beneficiários do Bolsa Família no Rio Grande do Norte começam a receber, a partir de 18 de julho, o reajuste de 5,67% no valor do benefício. O aumento deve fazer com que mais de R$ 684 milhões sejam injetados na economia brasileira até o fim do ano.

Em junho, o Bolsa Família no Rio Grande do Norte favoreceu 343.899 famílias , o que representa um investimento de mais de R$ 60 milhões. O reajuste deste mês é o segundo concedido pelo governo do presidente Michel Temer no Bolsa Família.

Em 2016, o valor do auxílio já havia aumentado em 12,5%. A fila de espera pelo benefício está zerada há 12 meses. O ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, destacou a importância dos avanços no projeto nesses últimos dois anos.

“O Bolsa Família está mais forte, melhor administrado e chegando rapidamente naquelas pessoas que realmente precisam. São mais recursos girando no pequeno comércio e na economia dos municípios, além de mais comida na mesa dos brasileiros”, analisa.

Em todo o País, o Bolsa Família já contempla cerca de 13,7 milhões de famílias. Para o beneficiário consultar o dia do saque, basta conferir o Número de Identificação Social (NIS), que está impresso no cartão do programa. Os que têm final 1 podem sacar no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no segundo dia, e assim por diante. Os recursos ficam disponíveis para saque por um período de três meses.  Para saber a data de pagamento, basta acessar a página oficial do Bolsa Família.

O programa de transferência de renda atende famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza, com renda familiar mensal per capita de até R$ 178 e R$ 89 respectivamente. Além da complementação de renda, o programa garante acesso a direitos como educação, saúde e assistência social, e articulação com outras ações visando o desenvolvimento das famílias beneficiárias.

Fonte: OP9

bolsa familia

Bolsa Família representa 40% em relação ao FPM dos municípios de alguns municípios

Programa Social se tornou um impulsionador econômico ao longo do tempo

A queda nas transferências federais tem deixado os municípios cada vez mais dependentes do Bolsa Família. De 2008 para cá, a proporção de recursos do programa social em relação ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM) – principal fonte de renda das prefeituras – subiu de 25% para 40%, segundo levantamento feito pelo ‘Estadão Dados’.

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!