Barragem

Governo quer que presidentes de empresas sejam corresponsáveis por barragens de hidrelétricas

Na esteira da tragédia em Brumadinho (MG), o governo federal quer que presidentes das empresas compartilhem com técnicos a responsabilidade em documentos que tratam da regulação e segurança de barragens hidrelétricas.

A informação foi divulgada pelo porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, em São Paulo.

Segundo ele, a medida é da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) e está na lista de medidas do comitê criado pelo governo federal para tratar dos desdobramentos de Brumadinho, onde uma barragem de rejeitos de mineração estourou deixando centenas de mortos e desaparecidos.

Rêgo Barros disse que foi solicitada a atualização dos Planos de Segurança de Barragens e do Plano de Ação Emergencial de todos os empreendimentos hidrelétricos para inclusão da necessidade de assinatura de presidentes das empresas.

“O objetivo da ação é reforçar o comprometimento com as informações apresentadas”, disse.

O caso ocorre depois de questionamentos sobre os responsáveis por fiscalizar a barragem de Brumadinho. Após o rompimento, engenheiros responsáveis chegaram a ser presos.

Ainda sobre Brumadinho, o porta-voz informou que Bolsonaro vai assinar nesta sexta-feira (8) um decreto para liberação do INSS e de BPC (Benefício de Prestação Continuada de Assistência Social à Pessoa com Deficiência) para vítimas do desastre da cidade mineira.

Ele não soube informar os valores da medida, que já havia sido anunciada pelo governo federal.

Folhapress

Últimos Eventos

03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!