Arquivos:

Barragem

Pau dos Ferros volta a ser abastecida pela barragem

Barragem de pau dos Ferros no RN – Foto: Divulgação

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) inicia nesta sexta-feira (3) os testes para a retomada do abastecimento de Pau dos Ferros a partir da barragem da cidade. Desde setembro do ano passado, Pau dos Ferros vinha sendo abastecida pela adutora de engate rápido, em sistema de rodízio. Como o abastecimento era feito em caráter emergencial, com vazão baixa, a oferta de água era reduzida.

A tomada de água na Barragem de Pau dos Ferros com as últimas chuvas viabilizou o reinício do abastecimento. O sistema vai trabalhar com uma vazão de 230 a 250 metros cúbicos por hora, permitindo melhor atendimento à população. De acordo com o boletim volumétrico do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), desta quinta-feira (02), o reservatório se encontra com 24,2 % da sua capacidade (13.271.498 m³).

Segundo Odair Rêgo, Gerente da Regional Alto Oeste da Caern, a previsão é que, após os testes, seja possível retomar o abastecimento através da barragem, o que possibilitará a melhoria da distribuição de água para a população. A perspectiva é abastecer por mais tempo a cidade, que é dividida em três setores. No novo sistema, cada setor passa a receber água por cinco dias, em média, ficando com o fornecimento parado por dois períodos iguais, para que os outros setores recebam água.

Barragem

Maior reservatório do RN, a barragem Armando Ribeiro Gonçalves está com 27,78% da capacidade

Barragem Armando Ribeiro Gonçalves – Foto: Divulgação

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora 47 reservatórios, com capacidade superior a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pela segurança hídrica potiguar. O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado nesta quinta-feira (26), indica que a barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior manancial do Estado, com capacidade para 2,37 bilhões de metros cúbicos acumula atualmente 659.255.992 m³, percentualmente, 27,78% da sua capacidade total. No mesmo período de 2019 o reservatório acumulava 503.957.333 m³, correspondentes a 21% do seu volume máximo.

As reservas hídricas superficiais totais do Estado atualmente são de 1.233.200.950 m³, o que corresponde a 28,17% da capacidade total das bacias potiguares juntas, que é de 4.376.444.842 m³. Em comparativo com 2019, no mesmo período, o volume das reservas hídricas do RN era de 999.744.119 m³, percentualmente, 22,84% do volume total que conseguem acumular.

Dos 47 reservatórios monitorados pelo Igarn, 5 permanecem em nível de alerta, com volumes inferiores a 10% da sua capacidade total, o que corresponde a 10,63% dos mananciais. Já os que estão secos são 3, percentualmente, 6,38% dos açudes monitorados. No mesmo período do ano passado os reservatórios com menos de 10% da sua capacidade total eram 9, percentualmente, 19,14% dos mananciais monitorados. Já os secos eram 6, percentualmente, 12,76%.

A barragem Santa Cruz do Apodi, segundo maior reservatório do Estado, com capacidade para 599.712.000 m³, acumula atualmente, 152.247.518 m³, percentualmente, 25,39% do seu volume máximo. No final de março de 2019, o manancial estava com 135.915.601 m³, o que correspondia a 22,66% da sua capacidade total.

Já o reservatório Umari, com capacidade para 292.813.650 m³, acumula atualmente, 105.464.012 m³, percentualmente, 36,02% do seu volume máximo. No dia 26 de março do ano passado o manancial estava com 98.562.845 m³, percentualmente, 33,66% da sua capacidade total.

A barragem Pau dos Ferros, com capacidade para 54.846.000 m³, acumula atualmente 8.306.804 m³, o que corresponde a 15,15% da sua capacidade total. O manancial não atingia 15% do seu volume máximo desde agosto de 2013, embora tenha recebido recarga em anos posteriores, e estava seco até o dia 3 de março deste ano.

O reservatório Marechal Dutra, também conhecido como Gargalheiras, com capacidade para 44.421.480 m³, acumula atualmente, 11.448.873 m³ chegando, portanto, a 25,77% da sua capacidade total. No mesmo período de 2019 a barragem estava completamente seca.

O açude Santana, localizado em Rafael Fernandes, com capacidade para 7.000.000 m³, e que estava seco até o último dia 12 de março, recebeu bom aporte de águas e acumula atualmente 1.645.000 m³, o que percentualmente representa 23,5% da sua capacidade total.

Os reservatórios que já sangram na quadra invernosa deste ano foram: Dourado, localizado em Currais Novos; o açude de Encanto; o açude Riacho da Cruz II; o açude Pataxó, localizado em Ipanguaçu e o açude Beldroega, localizado em Paraú.

Os reservatórios que estavam em nível de alerta até o último relatório, divulgado no dia 18 de março, e que já acumulam mais de 10% da sua capacidade total são: Bonito II, localizado em São Miguel, que estava com 5,17% e agora acumula 12,3%; Flechas, em José da Penha, que estava com 9,05% e agora está com 10,37%; a Barragem Pau dos Ferros, já citada anteriormente, que estava com 6,65% e agora acumula 15,15%; o açude Jesus, Maria, José, em Tenente Ananias, que estava com 9,81% e agora está com 10,03% e o açude de Cruzeta, que estava com 9,23% e agora está com 11,31%.

Os mananciais que permanecem em nível de alerta são: o açude de Pilões, com 7,86% da sua capacidade total; Passagem das Traíras, em São José do Seridó, com 2,45% (porém o reservatório passa por obras não sendo possível grande acumulo); o açude Itans, em Caicó, que está com 3,88%; açude Esguicho, em Ouro Branco, com 0,7% e o açude Zangarelhas, em Jardim do Seridó, com 0,45%.

Os reservatórios que permanecem secos são: o açude Inharé, localizado em Santa Cruz; o açude Trairi, em Tangará e Japi II, em São José do Campestre.

Barragem

Currais Novos e Acari saem do rodízio de abastecimento

Barragem Gargalheiras em Acari – Foto: Divulgação

As cidades de Acari e Currais Novos saíram da situação de rodízio para abastecimento normal. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) abastece a cidade de Currais Novos através do Dourado e a cidade de Acari por meio do Marechal Dutra (Gargalheiras).

Barragem

Mesmo em obras, Barragem Passagem das Traíras já acumulou mais de 2m de coluna d’água

Barragem Passagem das Traíras já acumulou 2,32m de coluna d água – Foto: Divulgação

A Barragem Passagem das Traíras já acumulou 2,32m de coluna d água. A informação foi repassada pelo segundo secretário do Comitê da Bacia Hidrográfica dos rios Piancó-Piranhas-Açu, José Procópio de Lucena. Ele visitou a barragem nesta quarta-feira (04/03) e constatou o acumulado d’água. O reservatório está em obras de recuperação e a etapa inicial é a abertura da fenda na ombreira esquerda da barragem.

O investimento de abertura desta fenda custará de R$ 549,6 mil, e evitara o risco de ruptura do reservatório. No início de 2019, a Governadora determinou a realização de estudos e a confecção do projeto de recuperação de Passagem das Traíras, aplicando R$ 575 mil dos recursos do Tesouro Estadual. A ação era uma resposta ao relatório divulgado pela Agência Nacional das Águas no ano anterior destacando os danos estruturais no reservatório.

Barragem

Volume d’água sobe na barragem Passagem das Traíras, em São José do Seridó

Barragem Passagem das Traíras, em São José do Seridó – Foto: Reprodução

As chuvas que caíram nos últimos dias no interior do estado fizeram o nível de água subir na barragem Passagem das Traíras, em São José do Seridó.

Há relato de que o nível da água subiu cerca de 3 metros, e que a expectativa – uma vez que as chuvas continuem a cair na região – é que suba a um nível de 10 metros, pelo menos.

De acordo com a última medição feita pelo Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), no dia 2 deste mês, a barragem acumula atualmente cerca de 28 mil metros cúbicos de água, o que representa apenas 0,06% de toda a capacidade do reservatório, que é de até 49,7 milhões de metros cúbicos de água.

Por Agora RN

Barragem

Barragem m Armando Ribeiro Gonçalves está com 22,78% do seu volume total

Barragem m Armando Ribeiro Gonçalves – Imagem: Reprodução

A Barragem m Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório estadual, com capacidade para 2,37 bilhões de metros cúbicos, atualmente acumula 540.612.395 m³, correspondentes a 22,78% da sua capacidade total.

Na última semana o manancial estava com 534.605.124 m³, correspondentes a 22,53% do seu volume total. No mesmo período de 2019 a barragem estava com 487.292.867 m³, correspondentes a 20,30%.

Barragem

Rio da comunidade Timbaúba em Frei Martinho está com um bom volume de água

Foto: Redes Sociais

Segundo o morador Branco Gomes informa diretamente de Frei Martinho/PB que o Rio da Comunidade Timbaúba, que deságua na Barragem Nova Manoel Costa Duarte, está com bastante água.

A alegria do acariense é saber que a barragem nova da comunidade, que nunca transbordou, poderá jorrar suas primeiras águas da história para o Gargalheiras que fica em Acari.

Por Nelder Medeiros

Barragem

Barragem Nova de Frei Martinho na Paraíba continua recebendo água

Barragem Manoel Costa Duarte, em Frei Martinho/PB – Foto: JOB Drone

A barragem Manoel Costa Duarte, localizada em Frei Martinho/PB, continua recebendo água das últimas chuvas. De acordo com Branco Gomes, o reservatório está a pouco mais de 03 (três) metros para transbordar.

Segundo informações, a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (AESA) esteve na barragem e sugeriu como medida de segurança em relação à parede, o seu sangradouro passar por rebaixamento, e com isso, sua sangria para o Gargalheiras em Acari, poderá acontecer em breve, se as chuvas continuarem a cair.

Por Nelder Medeiros

Barragem

Apesar das chuvas, reservatórios do RN só estão com 21,53% da capacidade total

Foto: Divulgação

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte monitora, por meio do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), 47 reservatórios com capacidade superior a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pela segurança hídrica estadual. O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais divulgado nesta terça-feira (18) indica que, mesmo com as recentes chuvas, os principais mananciais do Estado não receberam recarga expressiva. Apesar disso, as reservas hídricas superficiais totais continuam superiores ao apresentado mesmo período de 2019.

Em relação ao relatório apresentado no último dia 10 de fevereiro, o açude Itans, localizado em Caicó, que apresentava apenas 0,05% da sua capacidade, se apresenta como seco. Em 2019, neste mesmo período o manancial possuía 1,66% de sua capacidade.

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, com capacidade para 2,37 bilhões de metros cúbicos, atualmente está com 521.088.765 m³, correspondentes a 21,96%. No mesmo período do ano passado o reservatório estava com 476.585.733 m³, percentualmente, 19,86% da sua capacidade total.

Segundo maior reservatório do Estado, a Barragem Santa Cruz do Apodi, com capacidade para 599.712.000 m³, acumula atualmente 108.467.001 m³, o que corresponde a 18,09% do seu volume total. Em 2019, o manancial estava com 132.484.526 m³, percentualmente, 22,09% da sua capacidade total.

O açude Umari, localizado em Upanema, com capacidade para 292.813.650 m³, atualmente acumula 81.973.503 m³, percentualmente, 28% da sua capacidade total. Já no mesmo período do ano passado o reservatório estava com 98.297.416 m³, correspondentes a 33,57% do seu volume máximo.

As reservas hídricas superficiais totais do Estado atualmente são 942.298.261 m³, percentualmente, 21,53% da capacidade total de acumulo das bacias potiguares, que é de 4.376.444.842 m³. No mesmo período do ano passado o volume total das reservas hídricas monitoradas era de 932.099.976 m³, percentualmente, 21,29% da capacidade total.

Dos 47 reservatórios monitorados pelo Igarn, 12 permanecem com menos de 10% das suas capacidades, considerados em nível de alerta, percentualmente, 25% dos mananciais monitorados. Já os secos são 7, o correspondente a 14,89% dos reservatórios. No mesmo período do ano passado os mananciais em nível de alerta eram 9, percentualmente, 19,14% dos açudes monitorados. Os secos eram 8, percentualmente, 17% dos mananciais monitorados.

Os reservatórios com níveis inferiores a 10% são: Bonito II, localizado em São Miguel; Jesus, Maria, José, em Tenente Ananias; Lucrécia, localizado no município de Lucrécia; Malhada Vermelha, em Severiano Melo; Zangalheiras, em Jardim do Seridó; Marechal Dutra (Gargalheiras), em Acari; Passagem das Traíras, em São José do Seridó; Esguicho, em Ouro Branco; Cruzeta, localizado na cidade de Cruzeta; Dourado, em Currais Novos; Santa Cruz do Trairi, em Santa Cruz e Flechas, localizado em José da Penha.

Já os secos são: Santana, localizado em Rafael Fernandes; Pau dos Ferros, localizado em Pau dos Ferros; Pilões, localizado no município de Pilões; Inharé, em Santa Cruz; Trairi, em Tangará, Japi II, em São José do Campestre e Itans, localizado em Caicó.

Barragem

Idema averigua mortandade de vários peixes na Barragem Armando Ribeiro Gonçalves

Foto: Divulgação

A equipe de Fiscalização do Instituto do Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema, representado pelas fiscais ambientais, Lissandra Cavalcante e Maria Silveira Câmara, realizou vistoria na última segunda-feira (10), na Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, localizada na cidade de Itajá. O órgão ambiental estadual atendeu a solicitação da Prefeitura do município para investigar a morte de vários peixes no maior reservatório hídrico do Estado.

Na ocasião, a equipe foi recepcionada pela secretária Municipal de Agricultura, Pesca e Meio Ambiente, Umbelina Lopes. A secretária também solicitou apoio do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca – DNOCS/Assú, representado pelo engenheiro Rafael Mendonça de Souza.

O engenheiro do DNOCS informou que enviará uma amostra para Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte – CAERN, para analisar a água. A medida visa esclarecer o que pode ter provocado a mortandade dos peixes. Após a avaliação da CAERN, o Idema fará uma análise ambiental do incidente.

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!