Arquivos:

Artistas » Música

Morre cantor José Rico, da dupla Milionário & José Rico

José Rico Alves dos Santos, conhecido como José Rico, da dupla Milionário & José Rico, morreu nesta terça-feira (3), em Americana, no interior de São Paulo, após ser internado com complicações no coração e rins, de acordo com nota divulgada na página oficial da dupla no Facebook.

“É com muita dor no coração e profunda tristeza que comunicamos o falecimento do nosso ídolo José Rico. Vamos rezar por este homem que tanta alegria nos deu. É impossível descrever nossa tristeza, estamos todos em estado de choque”, diz o post.

José Alves do Santos nasceu em São José do Belmonte, em Pernambuco, no dia 29 de junho de 1946. Formou a dupla com Romeu Januário de Matos, o Milionário, na década de 70, e venderam cerca de 35 milhões de discos até hoje. Gravaram 29 álbuns juntos.

Seu primeiro LP foi gravado em 1973 e contava com músicas como Inversão de Valores, De Longe Também se Ama, Paraná Querido e Coração de Pedra.

Ao longo da década de 70, a fama só aumentou, chegando ao auge da dupla com a canção Estrada da Vida, autoria de José Rico em 1978.

Milionário e José Rico acabaram se separando em 1991 em um hiato que duraria até 1994, quando gravaram o disco de número 21 de suas carreiras, Nasci Para Te Amar.

Aquisição » Artistas » Novidade

Presente pra Bruna: Neymar compra mansão de R$ 5,8 mi em Angra

O casal, Neymar e Bruna, anda cada vez mais fazendo planos, terá um casamento à vista?

O casal, Neymar e Bruna, encontra-se fazendo planos, terá um casamento à vista?

Segundo o portal R7, com informações do jornal “Extra!”, o atacante Neymar já deixou o Brasil e partiu para Barcelona na companhia da namorada Bruna Marquezine. Porém, antes de voltar para a Europa,  o jogador fechou a compra de uma mansão de R$ 5,8 milhões em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.

O imóvel tem seis quartos, espaço para sete carros, além de uma piscina de frente para o mar e um píer para receber embarcações. Neymar e sua irmã Rafaella gostam da região de Angra e já passaram períodos de folgas por lá. Conforme a publicação, o jogador não chegou a ver a mansão pessoalmente e deixou tudo nas mãos do pai, que conclui o negócio em nome da empresa do craque.

Ainda em recuperação da lesão na coluna, o atacante deve voltar aos treinamentos no Barcelona na próxima semana, mas ainda não sabe quando ele realizará atividade junto com os demais atletas do grupo.

Artistas » Descaso » Injustiça

Entre farpas: Record paga R$ 10 mil por entrevista e usa Russo para atacar a Globo

Em palavras simples: Russo foi duplamente descartado, pela Record e Globo.

Em palavras simples: Russo foi duplamente descartado, pela Record e Globo.

No último domingo (22), o programa Domingo Show, da Record, aproveitou da difícil situação de Antônio Pedro de Souza e Silva, o Russo. Durante 46 anos, Russo foi operador de áudio e assistente de palco da Globo, da era de Chacrinha, encerrada no final dos anos 1980. No programa, fazia o papel que o anão Marquinhos faz no show de Geraldo Luis, o de palhaço sem maquiagem e aberração.

Aos 83 anos, Russo se aposentou há mais de 20, mas mesmo assim continuou trabalhando na Globo. Passou pelo Domingão do Faustão, Xuxa e Caldeirão do Huck. Em março deste ano, depois de sofrer um infarto no trabalho, a Globo o obrigou a ficar em casa e bloqueou seu crachá, o impedindo de entrar no Projac, a central de estúdios da Globo.

Segundo a companheira de Russo, Adriana Melo, a Globo se comprometeu a pagar o plano de saúde e uma “renda” por mais cinco anos. De acordo com o próprio Russo, ele ganha apenas “mil e poucos” reais de aposentadoria. Mais do que a dificuldade financeira, o que magoa Russo é a impossibilidade de trabalhar, o descarte depois de tanto tempo de servidão.

O drama de Russo, inegavelmente, é notícia.  A emissora usou a dor de Russo para atacar a Globo, sua principal concorrente. Numa imagem simbólica, o crachá de Russo na Globo foi quebrado ao meio pelos computadores da Record. Geraldo Luis chegou a dizer que o assistente de palco é “uma lenda viva da TV brasileira”, e que “alguém que fica 50 anos numa empresa é mais do que funcionário”, é “patrimônio”.

A mensagem que a Record quis passar foi a de que a Globo descarta seus “talentos” sem a menor cerimônia quando eles ficam velhos e não servem mais. Nas entrelinhas, disse que a Globo é cruel, desumana. Não é bem assim. Primeiro, o capitalismo é assim, as pessoas envelhecem e são obrigadas a se aposentar, dar lugar aos mais jovens. Segundo, a Globo, diferentemente da Record, tem uma política de recursos humanos das mais invejáveis entre todas as empresas do país.

O caso de Russo, chamou a atenção pela forma como a Record escancarou que comprou a entrevista. No final, Geraldo Luis, que trabalha cercado por anão, um galo, uma “candinha” e até um sujeito fantasiado de morte, se desculpou com Russo. O assistente de palco, que esperava uma nova oportunidade de trabalho, vai continuar sonhando com a casa própria: ”É que eu não tenho a caneta, mas se tivesse eu contratava o Russo”. E entregou um cheque de R$ 10 mil para ajudá-lo. A entrevista foi paga no palco, sem cerimônias. A Record, sim, usou e abusou de Russo. Ele só servia para atacar a Globo.

UOL
Artistas » Saúde

Sérgio Reis volta pra casa após semana internado no hospital em São Paulo

O cantor esqueceu de tomar seus remédios e foi parar no hospital há uma semana.

O cantor esqueceu de tomar seus remédios e foi parar no hospital há uma semana.

Após seis dias, Sérgio Reis recebeu alta médica e deixou o Hospital Israelita Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, por volta das 9h deste sábado (21). A informação foi divulgada nesta tarde pela Instituição.

O cantor passou mal ao chegar a São Carlos, no interior da cidade citada, na tarde de sábado (14). No domingo (15), ele foi transferido para o Hospital Israelita Albert Einstein. Os médicos constataram uma taquiarritmia (aceleração da frequência cardíaca, na qual o coração ultrapassa 100 batidas por minuto).

A mulher do cantor, Ângela Márcia, disse que o marido esqueceu de tomar por cinco dias um remédio de uso contínuo para um problema cardíaco. “Ele acabou na correria do dia a dia, com muito trabalho, me deixando sem saber que não estava tomando o remédio. Agora, ele falou que já fazia cinco dias que estava sem o remédio.”

Já na segunda (16), ele deixou a UTI “um pouco antes do início do jogo Portugal e Alemanha”, segundo William Wagner, empresário do cantor. Wagner afirmou que o sertanejo estava no quarto acompanhando os jogos da Copa.

G1

Últimos Eventos

03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!