Arquivos:

Abastecimento » Água » Alerta » Cerro Corá

CERRO CORÁ: responsável local anuncia, “só teremos água na zona urbana até o final de fevereiro”

Açude Pinga em colapso
A COMPANHIA DE ÁGUAS E ESGOTOS DO RIO GRANDE DO NORTE CAERN – SERVIÇO DE ÁGUA DE CERRO CORÁ/RN, Informa que; devido o Açude Pinga responsável pelo abastecimento se encontrar no seu volume morto a cerca de 01 ano, e no momento com reserva de água insuficiente, só teremos água para a abastecer a zona urbana da cidade de Cerro Corá/RN, até o final deste mês de fevereiro 2017.

Atenciosamente,

ANTONIO DA SILVA

CHEFE DO ESCRITORIO LOCAL C. CORÁ

Alerta » Rio Grande do Norte

Suspeitos de explodir caixas eletrônicos no RN são capiturados na Paraíba


Um bando de assaltantes foi preso durante confronto com a Polícia Militar na noite dessa sexta feira, entre Brejo do Cruz e Belém do Brejo do Cruz. De acordo com as primeiras informações, houve troca de tiros entre polícia e bandidos e um dos integrantes da quadrilha de arrombamento a bancos ficou ferido, mas não resistiu.

O bando, composto por oito integrantes, foi levado para o batalhão de Catolé do Rocha. A polícia desconfia que a quadrilha é responsável pelas explosões a agências bancárias e assaltos a blindados no sertão da Paraíba e no Rio Grande do Norte.

Alerta » Policial

ALERTA: Presídios do RN estão em alerta para possíveis rebeliões no fim de semana

FOTO: Reprodução/Whatsapp

FOTO: Reprodução/Whatsapp

Os agentes penitenciários e diretores de unidades prisionais do Rio Grande do Norte (Coape) encaminhou a todas os presídios, cadeias e centros de detenção provisória uma circular, assinada pelo coordenador Zemilton Pinheiro da Silva, solicitando cuidados extras nas unidades e determinando que todos os agentes penitenciários fiquem em sobreaviso para possível acionamento.

Na circular, a Coape fala que há a possibilidade de motins ou rebeliões durante o fim de semana e, por isso, será necessária atenção extra. No documento, no entanto, não está exposto o motivo pelo qual a secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) acredita na hipótese de ocorrerem as rebeliões.

A provável causa para a medida preventiva da Coape são áudios que circularam em redes sociais e aplicativos de troca de mensagens que falam sobre possível “salve geral” dos presos após o posicionamento de torres para bloqueio de sinal de celular no Presídio Estadual de Parnamirim (PEP). No entanto, o secretário da Sejuc, Walber Virgolino, negou que as torres sejam para esse fim, afirmando que os equipamentos são para monitoramento infravermelho.

Apesar de negar que as torres sejam para o bloqueio do sinal de celular, Wallber Virgolino afirmou que o Estado dará “resposta dura” em caso de revolta dos presos.

“A estratégia está montada. Se agirem como estão dizendo, iremos dar uma resposta dura. Não iremos admitir nenhum vagabundo tirar onda com o Estado”, garantiu.

Tribuna do Norte
Água » Alerta

E agora? Chuvas que caem no litoral não chegam ao interior do RN

O Gargakheiras tem apresentado o nível d'água mais baixo de todos os tempos.

O Gargalheiras tem apresentado o nível d’água mais baixo de todos os tempos.

Segundo notícias da Tribuna do Norte, como as chuvas de junho e julho concentraram-se mais na área litorânea, a coordenadora estadual de Gestão de Recursos Hídricos, Joana D’Arc Freire de Medeiros, admite que o problema de oferta de água no interior continua e pode se agravar depois que passar o chamado período de inverno, a partir de agosto: “No interior, até fica nublado, às vezes, mas não ocorrem precipitações pluviométricas”.

Por ter chovido pouco no interior, a situação é preocupante na maioria dos 48 reservatórios monitorados pela Semarh, como são os casos dos açudes Marechal Dutra (Gargalheiras), em Acari, que está com 7,74% de sua capacidade de armazenamento, e da barragem de Passagem das Traíras, em São José do Seridó, com 5,71%.

Os dois reservatórios podem armazenar, respectivamente, cerca de 44,4 milhões e 49,7 milhões de metros cúbicos de água, mas só estão com R$ 3,4 milhões/m³ (Gargalheiras) e 2,83 milhões/m³ (Passagem das Traìiras). Joana D’Arc Medeiros disse que desde o começo da seca, em 2012, a orientação da Secretaria é de destinar o abastecimento de água somente para o consumo humano, principalmente na região semiárida.

No entanto, segundo ela, os grandes reservatórios de água, como a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, no Vale do Açu, que está com 41,91% de sua capacidade ou 1 bilhão/m³, ainda podem ser usados para a geração de riquezas, assim como a Barragem de Santa Cruz, em Apodi, que tem 46,92% de sua capacidade e Umari, em Upanema, com 46,88%.

AS BARRAGENS DO RN
Armando Ribeiro (Assu) – 1,0 bilhão m/³ (41,91%)
Santa Cruz (Apodi) – 281,8 milhões m/³ (46,92%)
Umari (Upanema) – 137,27 milhões m³ (46,88%)
Gargalheiras (Acari) – 3,43 milhões m/³ (7,74%)
Passagem das Trairas (São José do Seridó) – 2,83 milhões/m³ (5,71%)

Água » Alerta » Seca

Seca: Sistema Cantareira baixa para apenas 18,2% do volume morto

A situação da escassez não é só um problema do Nordeste, o Sistema Cantareira em São Paulo encontra-se em estado de calamidade.

A escassez não é só um problema do Nordeste, o Sistema Cantareira em São Paulo encontra-se em estado de calamidade.

O nível nos reservatórios do Sistema Cantareira continua sofrendo quedas diárias, chegando na segunda (14) a 18,2% da sua capacidade de armazenamento, conforme a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo. Todo o volume útil do sistema foi consumido e resta agora apenas o volume morto, chamada de reserva técnica, que era 18,5%. A Sabesp garante o abastecimento até meados de março do próximo ano.

Há um ano, o Cantareira trabalhava com 55,2% da sua capacidade total, contando apenas com o volume útil. Outro manancial paulista, o Sistema Alto Tietê, também registra queda significativa – o nível dos reservatórios está em 23,6% hoje, enquanto a capacidade era 63,4% há um ano. Em março, a Sabesp anunciou a redução da captação do Cantareira e a complementação dele por meio de outros sistemas, incluindo o Alto Tietê.

O Cantareira, além de abastecer 9 milhões de habitantes na grande São Paulo, atende a 5 milhões de pessoas nas bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí.

Alerta » Índice » Notificação

Assustador: RN já ultrapassa a marca de 850 homicídios no ano

Mais de 850 pessoas já foram mortas neste ano no Rio Grande do Norte. O levantamento de pesquisadores ligados ao Conselho Estadual de Direitos Humanos deu conta de 849 homicídios no estado até o início da manhã da última segunda (23). De la para cá, pelo menos outras três mortes com características de assassinato foram registradas somente no interior do Estado. Segundo o último levantamento do estudioso Ivenio Hermes, do total de 849 crimes contra a vida, a região Leste liderou com 524 casos; seguida pela Metropolitana com 499; Oeste com 220; Agreste com 60; e região Central com 45 homicídios.

De Fato
Alerta » Currais Novos

Currais Novos: Há um ano buraco em instalação da Telemar ameaça pedestres e causa indignação na população

Cratera em instalação da Telemar, na calçada da Av. Coronel José Bezerra, causa temor e revolta da população.

Cratera em instalação da Telemar, na calçada da Av. Coronel José Bezerra, causa temor e revolta da população.

Um internauta e morador da Av. Coronel José Bezerra, centro da cidade, enviou ao blog sua indignação quanto a um buraco contido na citada localidade, mais pontualmente na calçada, esquina da sua residência, onde ontem (23) uma criança que ia para o parque de diversões pisou nele e torceu o pé.

De acordo com informações repassadas, o buraco se deu em uma das instalações feita pela Telemar tampadas na calçada, que fica numa das principais avenidas da cidade – nesta mesma região se encontra montado o parque de diversões, que veio a cidade para os festejos do município -, e já se encontra lá, cada vez mais aumentando, há aproximadamente um ano.

Do blog: E agora? Alguém tomará iniciativa? Fato é que precisa ser feito algo com urgência, intuindo assim evitar maiores acidentes.

Alerta » Violência

Cenário assustador: Por que acontecem tantos estupros na Índia?

Crimes cometidos contra mulheres na Índia são uma constante.

Crimes cometidos contra mulheres na Índia são uma constante.

Uma mulher em busca de notícias sobre o marido é estuprada por três policiais dentro de uma delegacia. Adolescentes são enforcadas depois de sofrerem abuso sexual. Uma jovem é violentada, obrigada a beber ácido e estrangulada até a morte por vários homens. As chocantes descrições dos crimes cometidos contra mulheres na Índia são uma constante no noticiário sobre o país. E os abusos não se limitam às indianas. Turistas também são vítimas.

Os casos demonstram a degradação das mulheres em um país em que elas são consideradas menos dignas de respeito do que os homens. Quando criança, a menina, deve viver sob a custódia do pai, quando adulta, sob a custódia do marido, e quando viúva, sob os cuidados do filho homem. Diante disso, o pavoroso estupro coletivo de uma universitária de 23 anos que voltava de uma sessão de cinema em Nova Délhi mostrou que qualquer mulher pode ser vítima de violência, até mesmo as que têm a oportunidade de buscar melhores condições de vida. Para outras, a situação pode ser ainda pior, como as adolescentes enforcadas, as quais ocupavam o nível mais baixo do sistema de castas indiano.

O caso da estudante atacada na capital levou milhares de pessoas a expressarem sua indignação nas ruas do país, cobrando ações mais firmes das autoridades. Como resultado, as leis se tornaram mais severas, e passaram a prever pena de morte para alguns casos específicos. O que não se mostrou suficiente para intimidar os criminosos, pois que a Índia é considerada pela ONU como o pior país para uma mulher viver, no grupo das vinte nações mais ricas do mundo.

Números do Escritório Nacional de Registros de Crimes da Índia apontam para a média de um estupro a cada 21 minutos. Em 2012, foram 244.270 casos de violência contra a mulher, entre tentativas de abuso, agressões e assassinatos, além de que cálculos indicam que mais de dois milhões de indianas morrem a cada ano: cerca de 12% ao nascer, 25% na infância, 18% em idade reprodutiva e 45% já adultas.

Segundo a ONU, o país tem umas maiores taxas de infanticídio do mundo e a maioria dos bebês assassinados após o parto são mulheres. Outro dado chocante levantado é que cerca de 100.000 mulheres são mortas por queimaduras a cada ano, e boa parte delas é de famílias que não conseguiram pagar os dotes matrimoniais prometidos. Em represália, a família do noivo queima as mulheres. Apesar dos números alarmantes, muitas vítimas não recorrem às autoridades, principalmente em casos de abuso sexual, por medo de represálias. Uma das maiores democracias e economias do planeta, a Índia ainda se mostra arcaica quando se trata de medidas consideradas para combater os crimes sexuais.

Veja
Alerta » Lei Seca » Trânsito

Pegos na blitz: Camaroneses são autuados em Natal e sete pessoas foram presas

A Polícia Militar e o Departamento de Trânsito do RN prenderam sete motoristas, que foram flagrados embriagados durante uma blitz da operação Lei Seca realizada na madrugada da última quarta (18) na Avenida Engenheiro Roberto Freire, Zona Sul de Natal.

Além dos detidos, os policiais recolheram 35 carteiras de motorista como punição administrativa. Os presos foram encaminhados à delegacia e só foram liberados após pagamento de fiança. Dentre as carteiras recolhidas, está a de um camaronês que se negou a fazer o teste do bafômetro. O amigo dele que vinha no banco de carona também havia ingerido bebida alcoólica e não podia assumir a direção. Com um voo marcado, o camaronês que vinha no banco do passageiro estava nervoso e saiu andando com as malas em busca de um táxi.

Estatísticas
O Departamento de Trânsito (Detran) do Rio Grande do Norte revelou que reteve 1.162 habilitações em operações da Lei Seca feitas em Natal e na Região Metropolitana apenas nos primeiros quatro meses do ano. Os documentos retidos, de acordo com o Detran, envolvem motoristas que foram flagrados dirigindo sob a influência de álcool – o que resultou na prisão de 303 condutores. A quantidade de CNHs recolhidas é superior à população de condutores em 123 cidades do estado, o que representa 73,65% dos municípios.

Lei Seca
As regras da Lei Seca consideram ato criminal quando o motorista é flagrado dirigindo com índice de álcool no sangue superior ao permitido pelo Código Brasileiro de Trânsito: 0,34 miligrama de álcool por litro de ar expelido ou 6 decigramas por litro de sangue. A pena é de detenção de 6 meses a 3 anos, multa e suspensão temporária da carteira de motorista ou proibição permanente de obter a habilitação. Condutores autuados por esse tipo de infração pagam R$ 1.915,40 de multa, perdem 7 pontos na carteira e têm a CNH apreendida. O valor é dobrado caso o motorista tenha cometido a mesma infração nos 12 meses anteriores.

G1
Alerta » Desaparecido » Fortaleza

Desaparecida: Menina de 5 meses é raptada em praça de Fortaleza

Gabriele Trescelino, 5 meses, está desaparecida desde sábado (14) em Fortaleza.

Gabriele Trescelino, 5 meses, está desaparecida desde sábado (14) em Fortaleza.

Em matéria veiculada pelo blog do BG, notícias dão conta de que uma bebê de 5 meses de vida foi supostamente raptada na noite do último sábado (14), no Conjunto Polar, no bairro Vila Velha, em Fortaleza.

De acordo com a avó da criança, Dalva Trescelino, a mãe que se chama Areta Trescelino Costa, estava com a bebê e outra filha de dois anos na praça do Conjunto Polar, que fica próximo ao Santuário Nossa Senhora da Assunção. Conforme Dalva, a mãe das crianças percebeu a presença de uma mulher de idade aproximada a 40 anos, magra, alta e usando vestido preto olhando para as demais crianças que se divertiam no local. Desconfiada, Areta colocou a filha de 5 meses em uma carrinho e foi pegar a outra filha, que estava em um pula-pula.

“Minha filha disse que  colocou a Gabriele no carrinho e quando voltou do pula-pula o canto estava o ‘mais limpo’ possível”, conta a avó da criança desaparecida. Dalva informou ao Tribuna do Ceará que logo após o ocorrido acionou o Ronda do Quarteirão da área, mas nem a criança, nem algum suspeito foram encontrados.

A família está em busca da bebê desaparecida, mas até a tarde do domingo (15), não recebeu informações do paradeiro de Gabriele Trescelino. Quem souber informações, a família disponibilizou os seguintes números para contato: (85) 8556.5650/ 3228.7048.

Últimos Eventos

06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!