Aeroporto São Gonçalo

Com investimentos de R$ 500 mi, RN ganha novo aeroporto neste sábado

Novo terminal tem capacidade para atender 6,2 milhões de passageiros por ano.

Novo terminal tem capacidade para atender 6,2 milhões de passageiros por ano.

O Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, começa a operar neste sábado (31). O terminal será aberto às 8h30 e o primeiro pouso está previsto para 9h40. O Consórcio Inframérica (Engevix e Corporación America), responsável pela administração, investiu R$ 500 milhões na construção do terminal. Este será o primeiro aeroporto brasileiro administrado exclusivamente pela iniciativa privada. Com o início do funcionamento do novo terminal, o Augusto Severo, em Parnamirim, será desativado para voos comerciais.

 O novo terminal tem 40 mil metros de área construída e capacidade para atender 6,2 milhões de passageiros por ano. O terminal oferece 45 balcões de check-in e 10 quiosques de autoatendimento para o embarque de passageiros. São 5 esteiras de restituição de bagagens destinadas ao tráfego doméstico e internacional. O estacionamento terá, inicialmente, capacidade para 850 veículos.”O aeroporto está 100% pronto para funcionar”, disse o presidente do Consórcio Inframérica, Allysson Paolinelli. Ele explicou que as operações de carga também serão transferidas do Augusto Severo para o novo terminal neste sábado. “O terminal de cargas tem 4,5 mil metros quadrados e capacidade de expansão para 45 mil metros quadrados”, disse.

De acordo com Paolinelli, o novo aeroporto do Rio Grande do Norte tem potencial para se tornar uma “porta de entrada” no país. “Eu diria que hub não é o termo mais adequado para este aeroporto. Eu acredito que esse terminal tem um grande potencial para se tornar uma porta de entrada no país de voos vindos do exterior”, disse. Paolinelli ressaltou que para aumentar o número de voos internacionais é preciso também aumentar o número de voos domésticos para dar mobilidade aos turistas que visitam o país.

“Tudo isso é um processo de conquista. O primeiro passo foi dado que é a entrega da infraestrutura. Agora precisamos conquistar mais voos domésticos e isso depende de alguns incentivos por parte do Estado, como a redução do ICMS do combustível de aviação, por exemplo, para então conquistarmos mais voos internacionais. Esse terminal tem um potencial enorme”, disse Paolinelli.

G1

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!