Arquivos:

Acidente » Morte

Motorista que morreu em trágico acidente com uma carreta carregada de cimento próximo a Currais Novos é natural de Campina Grande-PB

Foi identificado o motorista da carreta que capotou na tarde de hoje (25/02/19) na RN-226, Ladeira de São Vicente.

EDSON ROMERO DOS SANTOS LISBOA TINHA 39 ANOS DE IDADE, e era natural da cidade de Campina Grande/PB.

Segundo testemunhas o motorista pode ter tido algum problema de saúde, tendo em vista, já ser acostumado com esse trecho e a carreta era nova com apenas dois meses de uso.

Alguns populares relataram a nossa reportagem que a vítima tinha se afastado recentemente da empresa para tratar de problemas de saúde.

CN Polícia
Acidente » Currais Novos » São Vicente

Carreta perde controle e vira entre Currais Novos e São Vicente

Por volta das 14h desta segunda-feira (25) um grave acidente, tipo capotamento, ocorreu na RN-226, mais precisamente na “Serra de São Vicente”, há 10 quilômetros de Currais Novos. O incidente envolveu uma carreta que estava carregada de cimento, de placa QSJ-0820 – Soledade/PB.

O motorista ficou preso nas ferragens e o Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer a remoção.

Em breve mais informações.

CN Policia
Acidente » Lagoa Nova » Morte

Acidente próximo a Lagoa Nova deixa dois jovens sem vida; um deles é de Currais Novos

Ramon Daniel, 19 anos e Júlio César, 17 anos.

A tarde desse domingo (24) foi marcada por um grave acidente próximo a Lagoa Nova. A tragédia aconteceu por volta das 14h no Bairro Clavinote, próximo a área de Lazer O Corujão.

O fato envolveu duas motocicletas que eram pilotadas por dois jovens: O curraisnovense Ramon Daniel, de 19 anos; e Júlio César, de 17 anos, que residia em Lagoa Nova. Os dois foram socorridos mas não resistiram aos ferimentos.

Daqui a pouco mais informações.

A moto preta era pilotada por Ramon Daniel e a moto azul por Júlio César.

Acidente » Caicó

CAICÓ: Veículo capota com mais de 1.000 litros de leite na RN-118

Uma caminhonete, modelo D-20, carregada com aproximadamente 1.300 litros de leite, capotou na RN-118, próximo à Emparn de Caicó.

O proprietário do veículo, um queijeiro da cidade de Caicó, acredita que o motorista tenha perdido o controle do volante por descuido ou cochilo.

O Corpo de Bombeiros e Samu foram acionados para o local. Vítima socorrido para o Hospital Regional do Seridó. Não há boletim do seu estado clínico.

Blog Jair Sampaio
Acidente » Morte

Helicóptero que transportava Boechat sofreu pane mecânica, diz Polícia Civil e jornalista morreu por politraumatismo

O helicóptero que transportava o jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, sofreu uma pane mecânica antes de cair na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, apontam informações preliminares da Polícia Civil. O inquérito policial não deve responsabilizar criminalmente nenhum dos envolvidos. O piloto Ronaldo Quattrucci, de 56 anos, também morreu no acidente.

A queda aconteceu na última segunda-feira, 11. “Houve uma pane mecânica. Quer dizer, não há de se falar que o cara ia por um remold lá no motor ou sei lá onde, montar na aeronave e subir”, afirmou ao Estado o delegado Luiz Roberto Hellmeister, responsável pelo inquérito na Polícia Civil. Os investigadores aguardam laudos para confirmar as circunstâncias do acidente.

Quattrucci era sócio majoritário da empresa RQ Serviços Aéreos Especializados, com sede em São Paulo. “Ele era dono da aeronave e único piloto da empresa. Ficou comprovado por profissionais da área que ele fez todo procedimento de pouso de emergência”, disse Hellmeister.

Para o delegado, as investigações, até o momento, apontam para possível responsabilidade administrativa – e não criminal – de pessoas vinculadas à empresa. Dois dias após a tragédia, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) suspendeu a RQ Serviços Aéreos por haver “indícios” que ela prestava serviços de táxi-aéreo sem autorização.

A versão foi confirmada à Polícia Civil nesta sexta-feira, 15, pelo filho e sócio do piloto, o nutricionista Rodrigo Quattrucci, de 23 anos, detentor de menos de 2% das ações da RQ Serviços Aéreos. Segundo as investigações, ele só teria ido quatro vezes na empresa desde a fundação, em março de 2004.

Na delegacia, ele informou que a aeronave não tinha seguro. Havia apenas seguro para os tripulantes, que teria sido posto à disposição de familiares das vítimas e do motorista do caminhão em que o helicóptero colidiu.

Boechat morreu por politraumatismo
Laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que Boechat morreu em decorrência de politraumatismo provocado pela queda do helicóptero. De acordo com o documento, o jornalista sofreu traumatismos torácico e abdominal, “caracterizando politraumatismo, com carbonização secundária”.

O exame não apontou indícios de que Boechat inspirou fuligem ou fumaça antes de morrer. “(Foi detectada) uma concentração abaixo de 10% de carboxihemoglobina (intoxicação por monóxido de carbono) no sangue, o que indica que a vítima já se encontrava em óbito antes da exposição ao gás”, afirma o laudo. O corpo do jornalista foi reconhecido pela arcada dentária.

ESTADÃO CONTEÚDO
Acidente

Vídeo mostra acidente com helicóptero que matou Ricardo Boechat e piloto

Câmeras de segurança registraram o acidente de helicóptero que matou o jornalista Ricardo Boechat e o piloto Ronaldo Quattrucci, nesta segunda-feira (11), na Rodovia Anhanguera, em São Paulo.

O vídeo, fornecido pela Polícia Civil, mostra a aeronave perdendo velocidade e descendo (assista acima).

O helicóptero passa entre dois viadutos do Rodoanel Mário Covas que ficam sobre a Anhanguera. O caminhão atingido pela aeronave também aparece nas imagens, na alça de acesso à rodovia – a colisão, no entanto, não foi registrada. Em seguida, uma fumaça preta surge no canto esquerdo do quadro.

Quando a imagem é aproximada, detalhe do vídeo mostra uma possível fumaça saindo da aeronave antes de atingir o caminhão.

O vídeo mostra o helicóptero surgindo em meio às nuvens, como um ponto esquerdo. À esquerda do vídeo, de repente, faz uma curva e começa a perder altitude. Parece sair um pouco de fumaça do helicóptero e a descida é rápida. Enquanto isso, carros e caminhões seguem normalmente pela estrada. O helicóptero vai em direção aos viadutos do Rodoanel, que passam sobre a Rodovia Anhanguera, até que desaparece atrás do viaduto e reaparece bem perto do chão, antes de atingir o caminhão.

Segundos depois, uma fumaça branca surge no canto esquerdo do vídeo e vai aumentando, até ficar densa e preta. Na imagem aproximada dá para ver muitas pessoas à beira da rodovia. Elas pararam para ver o que tinha acontecido e tentar ajudar as vítimas.

Segundo o delegado Luiz Hellmeister, titular do 46º Distrito Policial (DP), em Perus, as imagens e os depoimentos demonstram que a colisão que matou o jornalista e o piloto foi uma “fatalidade”. “O helicóptero teve alguma pane e [o piloto] tentou o pouso de emergência”, disse.

“A imagem mostra o helicóptero taxiando, perdendo altitude, balançando e descendo entre os viadutos. A cena não mostra, mas os esquis da aeronave pegam na parte superior do caminhão e ocorre a colisão, que depois fez o aparelho pegar fogo e matar o jornalista e o piloto. Foi uma fatalidade”, afirmou o delegado. O caso foi registrado como desastre aéreo e morte acidental.

O vídeo foi gravado por uma câmera de segurança da CCR Rodoanel, concessionária responsável pelo rodoanel, e foi entregue na tarde desta terça-feira (12) à investigação, que apura as causas e eventuais responsabilidades pelo acidente com mortes. O delegado vai enviar as imagens ao Instituto de Criminalística (IC), e elas serão analisadas por peritos, que também devem melhorar a qualidade do vídeo.

Acidente » Morte

VÍDEO: Testemunha diz que viu Boechat pular de helicóptero

A vendedora Leilaine Rafael da Silva, que estava numa moto com o marido no momento do acidente com o helicóptero de Ricardo Boechat, disse que viu o passageiro pulando da aeronave, que depois caiu sobre ele, informa o G1.

O helicóptero levava apenas o jornalista e o piloto Ronaldo Quattrucci, ambos mortos no acidente.

Acidente » Jornalismo » Morte

Jornalista Ricardo Boechat, morre aos 66 anos em queda de helicóptero em SP

O jornalista, apresentador e radialista Ricardo Eugênio Boechat morreu no início da tarde desta segunda-feira (11), aos 66 anos, em São Paulo.

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista IstoÉ. Ele também trabalhou nos jornais “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil” e foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo. Ele ganhou três vezes o Prêmio Esso, um dos principais do jornalismo brasileiro.

Boechat estava dando uma palestra em Campinas, no interior do estado, e retornava a São Paulo nesta segunda, de acordo com jornalistas da TV Band.

Acidente

O chamado de socorro foi feito às 12h14. A queda ocorreu perto do quilômetro 7 do Rodoanel, sentido Castelo Branco. De acordo com a CCR Rodoanel Oeste, que administra o Rodoanel, houve uma terceira vítima com ferimentos, o motorista do caminhão.

Segundo informações iniciais, o helicóptero saiu do hangar Sales, no Campo de Marte, na Zona Norte da capital paulista, que ficou destelhado após um vendaval nas últimas semanas.

Foram enviadas ao menos 11 viaturas para o local. A Polícia Rodoviária Estadual informou que a alça de acesso do Rodoanel à Rodovia Anhanguera precisou ser interditada. Já a rodovia não teve bloqueio.

Carreira

Ao longo de uma carreira iniciada na década de 1970, esteve jornais como “O Globo”, “O Estado de S. Paulo”, “Jornal do Brasil” e “O Dia”. Na década de 1990, teve uma coluna diária no “Bom Dia Brasil”, na TV Globo.

O perfil de Boechat no site da Band News FM informa que ele era o recordista de vitórias no Prêmio Comunique-se – e o único a ganhar em três categorias diferentes (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV). Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado. Boechat lançou em 1998 o livro “Copacabana Palace – Um hotel e sua história” (DBA).

Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado. Boechat lançou em 1998 o livro “Copacabana Palace – Um hotel e sua história” (DBA).

Ricardo Eugênio Boechat nasceu em 13 de julho de 1952, em Buenos Aires.

O jornalista estava em helicóptero que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, e bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via.

G1
Acari » Acidente

ACARI: Caminhoneiro morre em capotamento na BR-427

Motorista morreu em capotamento de caminhão na BR-427

Um caminhoneiro morreu em um acidente que aconteceu no final da manhã desta terça-feira (5) na BR-427, próximo ao município de Acari, na região Seridó potiguar. O homem conduzia um caminhão carregado de cimento, que capotou na estrada. A causa do acidente ainda é apurada pela Polícia Rodoviária Federal.

Segundo a PRF, o corpo do motorista foi tirado das ferragens e até a publicação desta matéria, a equipe do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), era aguardada no local para fazer a perícia. remoção e identificação da vítima.

Motorista afirmaram que o caminhoneiro tinha saído de Currais Novos em direção a Caicó. A PRF, entretanto, ainda não confirmou as informações. Ainda de acordo com a corporação, não houve outros feridos no caso.

G1
Acidente » Currais Novos

CURRAIS NOVOS: Acidente foi registrado na BR-226

Na manhã desse sábado (02/02/19) um acidente tipo tombamento foi registrado na BR-226, município de Currais Novos, envolvendo uma carreta que tombou ao entrar na temida “curva da Maniçoba”, que já foi cenário de vários acidentes graves, muitos deles fatais.

Uma criança de 03 anos chegou a ser socorrida para o Hospital Regional Mariano Coelho, mas sem gravidade. O condutor também foi socorrido com escoriações.

Uma guarnição da Polícia Militar ,que passava no local, ajudou no isolamento da via até a chegada da Polícia Rodoviária Federal.

Blog CN Polícia

Últimos Eventos

03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube
08/07/2017
Parque Exposições - Fotos: Mazilton Galvão

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!