1 de Setembro de 2014 - 23:52h
Eleições 2014

Empatadas, Dilma e Marina polarizam 2º debate na TV

Em terceiro lugar nas pesquisas, Aécio Neves (PSDB) direcionou a artilharia contra Dilma, que, assumidamente nervosa, respondeu com agressividade.

Em terceiro lugar nas pesquisas, Aécio Neves (PSDB) direcionou a artilharia contra Dilma, que, assumidamente nervosa, respondeu com agressividade.

O resultado da última pesquisa Datafolha, que mostrou empate entre Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PSB), mudou a dinâmica do segundo debate entre os candidatos à Presidência da República na televisão nesta segunda-feira. Assumidamente nervosa, Dilma deixou clara a nova estratégia de sua campanha em centrar fogo em Marina – que aderiu à polarização.

“Frases de efeito e frases genéricas. Quando você é presidente, precisa se explicar, não basta dizer que vai fazer uma lista de coisas sem dizer de onde virá o dinheiro”, disse Dilma para Marina no debate promovido pelo jornal Folha de S. Paulo, SBT, UOL e Rádio Jovem Pan. Desde o primeiro bloco, a tática de Dilma foi partir para um duelo direto com Marina, tentando transmitir a ideia de que o tucano Aécio Neves, em terceiro lugar nas pesquisas, está fora do jogo.

O nervosismo confesso – logo na sua primeira pergunta, Dilma fez questão de dizer que estava nervosa – acentuou a dificuldade da petista diante do microfone e deu tom agressivo a diversas falas. Irritada com uma pergunta de Aécio sobre segurança pública, Dilma disse – duas vezes numa mesma resposta – que ele “tinha a memória fraca”. Quando teve oportunidade de escolher a quem dirigir suas perguntas, a petista optou por Marina – mas sempre se dirigindo à rival como “candidata”, sem chamá-la pelo nome. “Os jornais têm noticiado que a senhora pretende reduzir a importância do pré-sal. Por que o desprezo com esse recurso tão importante para o Brasil?”. Marina reagiu: “No seu governo, o maior perigo para o pré-sal é o que foi feito com a Petrobras (…)  Empresa que paga caro pelas escolhas que fez”. Dilma também alfinetou a candidata do PSB ao afirmar que “sem o apoio no Congresso, não é possível garantir um governo estável e sem crise institucional”.

A exemplo do debate anterior, na TV Bandeirantes, Marina questionou Dilma sobre “o que deu errado em seu governo”. “A presidente Dilma tem muita dificuldade em reconhecer os erros do seu governo. Nós defendemos sim a autonomia do Banco Central porque esse governo, com atuitudes erráticas, não ajuda a resolver os problemas”, disse. Marina também repetiu a tática de elogiar nominalmente os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva. “Teremos uma atitude de reconhecer os ganhos históricos da realidade brasileira, infelizmente negligenciada por Dilma, com a inflação crescente, juros elevados e sem estabilidade fiscal. Vamos recuperar o tripé econômico, manter a política econômica de Fernando Henrique Cardoso e as conquistas sociais de Lula. Os programas correm risco com Dilma no governo. Vamos parar de fulanizar as conquistas brasileiras.”

Aécio manteve a linha de atacar Dilma. “O ativo mais valioso da política é o tempo. O governo do PT perdeu um longo período que poderia fazer investimentos”. As críticas contra Marina só apareceram na fala final: do tucano “Ficou claro que temos dois campos políticos, o do governismo, que recebeu o governo melhor do que vai entregar, e o das mudanças, com várias alternativas. Respeito a candidata Marina, mas ela não consegue superar as contradições em seu projeto. Eu sou o candidato que representa a mudança segura, em que se sabe onde ela vai nos levar”.

Talita Fernandes / Felipe Frazão
1 de Setembro de 2014 - 23:41h
Eleições 2014

ÍNDICE BAND: Marina abre 10% sobre Dilma Rousseff no 2º turno

Marina venceria Dilma no 2º turno com uma vantagem de 10% dos votos.

Marina venceria Dilma no 2º turno com uma vantagem de 10% dos votos.

Os novos dados do Índice Band. Coordenado pelo cientista político Antônio Lavareda, o índice é uma média ponderada das pesquisas de intenção de voto que confirma: se a eleição fosse hoje, Dilma e Marina iriam para o segundo turno e a candidata do PSB venceria a disputa.

De acordo com o Índice Band, Dilma Rousseff, do PT, tinha 44% dos votos válidos em 18 de agosto, caiu para 41% no dia 27 e mantém os mesmos 41%.

Marina Silva, do PSB, aparecia com 26% dos votos válidos, subiu para 35% e está com 37%. Aécio Neves, do PSDB, tinha 24%, caiu para 21% e agora tem 20%.

Pastor Everaldo, do PSC, passou de 4% para 1% e agora está com 2%. Outros candidatos somavam 2%, caíram para 1% e mantêm 1%.

A única candidata que pontuou no último levantamento foi Luciana Genro, do PSOL, com 1%.

Num eventual segundo turno, Marina Silva passou de 52% para 55% dos votos válidos e venceria Dilma Rousseff, que caiu de 48% para 45%.

Em outro cenário, Dilma Rousseff venceria com 55% dos votos válidos e Aécio Neves teria 45%.

A avaliação do governo mostra estabilidade. O índice ótimo e bom passou de 38% para 34% e manteve os mesmos 34%. Regular oscilou de 38% para 37% e agora voltou aos 38%. A avaliação ruim e péssimo tinha 23%, subiu para 28% e agora está em 27%.

O Índice Band fez uma média ponderada das pesquisas Datafolha, CNT/MDA e Ibope divulgadas nos últimos 15 dias.

1 de Setembro de 2014 - 23:31h
Policial

CRIME AMBIENTAL: Casal é detido em Caicó com 25 mil caças ilegais abatidas, embaladas e prontas para a comercialização

A multa para cada ave abatida é de R$ 500,00.

A multa para cada animal abatido é de R$ 500,00.

A Polícia Ambiental de Caicó apreendeu na tarde desta segunda-feira (01) aproximadamente 25 mil animais silvestres abatidos , entre arribaçãs, preás e marrecos. Os animais estavam embalados e prontos para comercialização.

O material ilegal estava em um carro com um casal que se deslocava de Brejo do Cruz/PB para Natal/ RN.

A CIPAM recebeu uma denúncia anônima informando que o casal estaria levando essa grande quantidade de caça para comercializar na capital do RN. A polícia interceptou o veículo quando chegava ao Bairro Samanaú, próximo a sede do Corpo de Bombeiros. Essa é a maior apreensão de caça ilegal já feita pela CIPAM Caicó.

O casal foi levado para a delegacia e responderá por crime ambiental.

Do blog: Nessa época de reprodução das aves de arribação, quando se mata uma, o caçador também está interrompendo a proliferação da espécie. Isso porque a maior parte das aves abatidas são as mães que estão a procura de alimento para seus filhotes. Se são mortas pelos caçadores, os filhotes também morrem, de fome, além de milhares de ovos que deixam de ser chocados.

1 de Setembro de 2014 - 23:18h
Policial

VIOLÊNCIA: Mês de setembro começa com homem baleado em Currais Novos.

Iraquitan não estava sentindo as pernas, mas tava consciente.

Iraquitan não estava sentindo as pernas, mas tava consciente.

Por volta das 19:30 dessa segunda-feira (01) um homem foi alvejado a bala na Rua Vereador Tomás Pinheiro, mais precisamente em frente ao Bar do Coqueiro. A vítima foi identificada como Iraquitam Quirino da Rocha, vulgo Dodô Cigano, de 27 anos, residente no Bairro Silvio Bezerra de Melo. Iraquitam já tem passagem pela polícia por tráfico de drogas.

O suspeito dos disparos estava numa moto e atingiu a vítima que também estava numa motocicleta. O pistoleiro emparedou a moto e efetuou cerca de 05 disparos, sendo dois no braço esquerdo, um no queixo e também apresentava uma perfuração nas costas que pode ter transfixado pelo o braço.

Dodô foi socorrido pelo SAMU e após receber os primeiros atendimentos foi encaminhado para o Raio X, porém, a máquina quebrou e o mesmo foi conduzido para Natal.

J.Júnior - PM C.Novos
1 de Setembro de 2014 - 12:22h
Eleições 2014

No Ceará, candidato exibe beijo gay durante horário político na TV

Um candidato a governador não apenas se declarou a favor do casamento gay, como assumiu ser homossexual e exibiu beijos entre dois homens e duas mulheres na propaganda eleitoral na TV.

E isso aconteceu no Nordeste, onde não há uma postura liberal e um ativismo tão ostensivo em relação ao tema, como acontece em outras regiões.

No programa exibido na última sexta-feira (30), Aílton Lopes, postulante do PSOL ao governo do Ceará, fez até este momento das eleições 2014 a exposição pessoal mais contundente em relação à política LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros).

“Eu sou gay e sei como foi difícil me aceitar, me assumir. Enfrentei o medo da rejeição. A desconfiança se eu era normal. O medo de ser alvo de piadas”, declarou o sindicalista, de 36 anos, que está em quarto lugar nas pesquisas, com 4% das intenções de voto.

1 de Setembro de 2014 - 11:48h
Economia

CRISE: Cai previsão do mercado para crescimento da economia

O mercado financeiro continua pessimista em relação ao desenvolvimento econômico. De acordo com o boletim Focus, publicado semanalmente pelo Banco Central, o crescimento da economia está estimado agora em 0,52%. Na pesquisa anterior, analistas e investidores tinham a perspectiva de aumento de 0,70%. A produção industrial poderá ter ligeira melhora, ao passar de -1,76% para -1,70%.

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) continua no mesmo patamar, de 6,27%. Não houve também alteração no câmbio. O dólar continua estimado em R$ 2,35, ao fim do ano. Os juros básicos da economia (Selic) deve fechar o ano em 11%. Os preços administrados, aqueles com influência do governo, crescerão 5,05% ante os 5,10% da pesquisa anterior.

A dívida líquida do setor público terá uma ligeira queda na percepção do mercado, passando de R$ 34,99 bilhões para R$ 34,94 bilhões.

Nas contas externas, a perspectiva é também de melhora, com o déficit em conta corrente – um dos principais indicadores do setor– passando de US$ 81,90 bilhões para US$ 81,80 bilhões. Por outro lado, o saldo da balança comercial cai de US$ 2,50 bilhões para US$ 2,17 bilhões. Os investimentos estrangeiros diretos permanecem estimados em US$ 60 bilhões.

Agência Brasil
1 de Setembro de 2014 - 11:42h
Eleições 2014

SBT promove hoje debate entre os candidatos a presidente da República

O SBT promove, nesta segunda-feira (01), a partir das 17h45, o segundo debate entre os candidatos à Presidência da República. Confirmaram presença os candidatos Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB), Aécio Neves (PSDB), Pastor Everaldo (PSC), Luciana Genro (PSOL), Eduardo Jorge (PV) e Levy Fidelix (PRTB).

O debate terá uma hora e 40 minutos de duração, num total de quatro blocos, com intervalos de três minutos entre eles. O primeiro será de perguntas livres entre os candidatos; o segundo, contará com perguntas de jornalistas feitas para os candidatos; o terceiro bloco terá, novamente, perguntas livres entre os presidenciáveis; e o quarto, contará com as considerações finais de cada um.

Cada participante escolhe para quem quer fazer a pergunta, não sendo permitido que repita se um candidato já tiver respondido a uma pergunta. A ordem em que serão feitas as perguntas será definida por sorteio. Os candidatos terão 30 segundos para fazer as perguntas, um minuto e 30 segundos para a resposta, 45 segundos para a réplica e 45 segundos para a tréplica.

A mediação caberá, mais uma vez, ao jornalista Carlos Nascimento, âncora do SBT Brasil. A data e o formato do debate foram definidos em reunião com a coordenação de campanha dos presidenciáveis. Em atendimento à legislação eleitoral, foram convidados todos os candidatos cujos partidos possuem representação na Câmara dos Deputados.

1 de Setembro de 2014 - 11:38h
Saúde

HPV: Meninas de 11 a 13 anos devem receber segunda dose da vacina a partir de hoje (01)

O HPV é responsável por quase 70% dos casos de câncer de colo de útero.

O HPV é responsável por quase 70% dos casos de câncer de colo de útero.

Meninas de 11 a 13 anos que já receberam a primeira dose da vacina contra o papiloma vírus humano (HPV) devem receber, a partir de hoje (1º), a segunda dose. A imunização será feita em escolas públicas e particulares e também em unidades de saúde.

De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 4,3 milhões de meninas nessa faixa etária já receberam a primeira dose em março deste ano. A segunda é essencial para garantir a proteção contra o HPV.

A vacina protege contra quatro subtipos do HPV (6, 11, 16 e 18). Os subtipos 16 e 18 são responsáveis por 70% dos casos de câncer de colo de útero, enquanto os subtipos 6 e 11 respondem por 90% das verrugas anogenitais.

Meninas que ainda não tomaram a primeira dose também podem procurar os postos de saúde. Para receber a segunda, basta apresentar o cartão de vacinação ou documento de identificação. A terceira dose será aplicada cinco anos após a primeira.

Em 2015, a vacina será oferecida para meninas de 9 a 11 anos e, em 2016, para meninas de 9 anos. O ministério reforçou a importância do uso do preservativo como proteção contra as demais doenças sexualmente transmissíveis e da realização do exame conhecido como papanicolau em mulheres a partir dos 25 anos.

O HPV é um vírus transmitido pelo contato direto com a pele ou mucosas infectadas por meio de relação sexual. Ele também pode ser transmitido da mãe para o filho no momento do parto. Estimativas da Organização Mundial da Saúde indicam que 290 milhões de mulheres em todo o mundo estão infectadas, sendo 32% delas pelos subtipos 16 e 18.

Em relação ao câncer de colo de útero, estudos apontam que 270 mil mulheres no mundo vivem com a doença. No Brasil, o Instituto Nacional do Câncer estima o surgimento de 15 mil novos casos este ano.

Agência Brasil
1 de Setembro de 2014 - 11:30h
Justiça

Airbus culpa pilotos, TAM e Infraero por acidente em 2007 que matou 199 pessoas

lll

A tragédia matou 199 pessoas em 2007.

A Airbus, fabricante de aviões, declarou à Justiça que a TAM, os dois pilotos e as condições da pista do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, são os responsáveis pelo acidente em 2007, que matou 199 pessoas, o maior da história com uma companhia aérea brasileira. As informações são do jornal “Folha de S. Paulo”, que cita que as declarações da empresa europeia, fabricante do modelo A 320, modelo que se acidentou ao tentar pousar em Congonhas, estão no processo cível que a Airbus responde na Justiça.

Pela primeira vez, a Airbus atribui culpa aos envolvidos pela tragédia. O processo é movido pela Itaú Seguros, seguradora da TAM que tenta reaver o montante gasto em indenizações e, para isso, argumenta que houve falha no projeto da aeronave. O valor da ação chega a R$ 350 milhões.

Em sua defesa, a fabricante dos aviões argumenta que o piloto e o copiloto são os principais culpados por não terem usado o procedimento correto. Em 17 de julho de 2007, o avião da TAM vindo de Porto Alegre não conseguiu parar na pista ao pousar no Aeroporto de Congonhas, na zona Sul de São Paulo, e chocou-se com o prédio da TAM Express. Todos os passageiros do voo morreram, além de algumas pessoas que estavam em terra.

A análise da caixa-preta revelou que os pilotos pousaram com um manete em posição errada, o que manteve a aceleração. As condições da pista e a falta de uma área de escape no aeroporto de Congonhas também contribuíram para o acidente.

Os erros dos pilotos foram possíveis, argumenta a Airbus, segundo a “Folha de S Paulo”, “em razão do ambiente permissivo e desorganizado na companhia aérea e pela desorganização administrativa em que se encontrava a aviação civil no Brasil”. Nenhuma das quatro envolvidas quis falar sobre o processo à Folha.

1 de Setembro de 2014 - 11:01h
Eleições 2014

DEU ZEBRA: Roberto e Erasmo Carlos movem processo contra deputado Tiririca

A pressão tá grande em cima do deputado Tiririca.

A pressão tá grande em cima do deputado Tiririca.

Em entrevista ao Amaury Junior, ainda inédita, Erasmo Carlos diz que ele e o Roberto também estão entrando com um processo contra o Tiririca.

Há poucos dias, a Sony/ATV Music informou que já havia entrado contra o deputado federal e agora candidato à reeleição, por violação de direito autoral no uso não autorizado da música “O portão”, de Erasmo e Roberto Carlos, em sua campanha política.

1 de Setembro de 2014 - 10:57h
Eleições 2014

PMDB já acena para Marina Silva

As chances efetivas de vitória de Marina Silva na eleição presidencial já levam a ala do PMDB que apoia a candidatura do senador Aécio Neves (PSDB) a dar como certa a adesão da legenda a um eventual governo seu. A avaliação desse grupo é a de que as chances de recuperação do tucano são difíceis e a perspectiva de poder hoje está com Marina.

Isso faz com que a histórica divisão do PMDB ganhe novos contornos. Se antes da campanha o debate era levar ou não o partido a apoiar a reeleição de Dilma Rousseff, agora ele começa a se dar entre compor ou não com Marina e o momento em que essa sinalização deve ser feita.

A cúpula peemedebista, responsável pelo apoio pró-Dilma e que tem em Michel Temer, Renan Calheiros e José Sarney seus expoentes, quer colocar a máquina do partido para derrotar Marina no 2.º turno. Em caso de vitória de Marina, esse grupo fala em dar os tradicionais 100 primeiros dias de trégua ao seu governo para, nesse período, aguardar os sinais da ex-ministra. Prevê, porém, uma relação hostil. Justamente por onde a outra ala planeja crescer. Geddel Vieira Lima, candidato ao Senado pela Bahia, tem interesse em liderar esse movimento.

Os aecistas do PMDB, em processo de transfiguração para neo-marineiros, querem começar a emitir os sinais da adesão ao fechar das urnas do primeiro turno. Estão espalhados por Estados como Bahia, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, prontos para deflagrar esse processo. “Marina já sinalizou que abrirá o diálogo com os políticos. Temos plenas condições de dar sustentabilidade e governabilidade a ela”, disse o vice-líder da bancada da Câmara, Danilo Forte (CE).

Até mesmo peemedebistas egressos de Estados que apoiam Dilma avaliam que o PMDB estará com Marina se ela vencer. “O PMDB é um partido pragmático. Não teria problemas em se reposicionar e integrar a base de Marina”, disse Saraiva Felipe (MG), ex-ministro da Saúde do governo Lula.

Além de derrotar Dilma, essa ala do PMDB pretende aproveitar o embalo para contestar Temer no comando da sigla. Afinal, é ele o maior avalista do acordo com o PT. Assim, a eleição de Marina resultaria em um reposicionamento interno de forças políticas na legenda.

Jarbas Vasconcelos (PE) e Pedro Simon (RS) seriam os interlocutores naturais, uma vez que próximos a Marina. Mas o problema é que eles não têm força interna para, sozinhos, conduzirem o partido rumo a ela.

Uma aposta é que os governadores eleitos pelo partido possam fazer essa intermediação, uma vez que há uma dependência financeira grande dos Estados em relação à União, o que torna a aproximação necessária.

Nomes como os senadores Eduardo Braga (AM) e Eunício Oliveira (CE) e o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), que lideram as pesquisas eleitorais em seus Estados, são algumas opções. Entretanto, por motivos óbvios, a relação também terá necessariamente de passar pelo Congresso Nacional, onde o cenário hoje colocado para comandar as duas Casas é de dois peemedebistas conhecidos por jogar duro com o Palácio do Planalto: o senador Renan Calheiros (AL) e o líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ). Uma vez eleitos, o jogo terá de passar por eles.

Informações jornal O Estado - Via BG
31 de Agosto de 2014 - 23:40h
Eleições 2014

CAINDO NA REAL: Desinteresse por horário político é o maior desde 1998

Parece que aos poucos as pessoas estão caindo na real.

Com as falsas promessas, as pessoas não acreditam mais nos políticos.

Candidatos que apostam apenas no horário político para convencer o eleitorado talvez devam mudar de estratégia. Pesquisa realizada pelo Datafolha na última quinta e sexta, dias 28 e 29 de agosto, mostra que 46% dos entrevistados não têm interesse algum na propaganda obritagória, maior índice registrado pelo instituto desde 1998. Naquele ano, em que Fernando Henrique Cardoso disputava a reeleição pelo PSDB, 51% não tinham nenhum interesse em acompanhar o horário político no rádio ou na TV.

Uma parcela menor dos ouvidos pelo Datafolha, 33%, disse ter pouco interesse na propaganda, e apenas 20% dos entrevistados afirmaram ter muito interesse em ver e ouvir candidatos fazerem promessas e atacar adversários. O horário político tem quase uma hora de duração — 50 minutos, mais exatamente – e vai ao ar duas vezes por dia: às 13h e às 20h30.

O levantamento sugere a ineficácia do horário político como estratégia de ação ao mostrar que o desinteresse pela propaganda é maior entre os eleitores indecisos. De acordo com matéria do jornal Folha de S.Paulo, 60% daqueles que não sabem em quem vão votar não tem qualquer interesse pelo horário obrigatório. Entre os que pensam em anular o voto ou votar em branco, o índice sobe para 84%.

Além disso, 36% de todos os ouvidos disseram que o horário não é nada importante para decidir o voto, contra 34% que o consideram muito importante e 29% que o definem como pouco importante.

31 de Agosto de 2014 - 18:10h
Currais Novos » Diversão » Forró do Pulsação

SUCESSO: Grandes nomes da música nordestina fizeram a festa no Forró do Pulsação

O eventos reuniu grandes nomes da música nordestina.

O evento se consagrou como um dos melhores já realizados em Currais Novos.

Conhecido pelas realizações de sucesso, tradicionalismo e grandes eventos, mesclando o forró atual e composições que marcaram época, bem como tranquilidade, conforto, ampla estrutura e um público diverso, o Forró do Pulsação superou as expectativas neste sábado (30 de agosto), evento acontecido na DuRei Casa Show, em Currais Novos.

Esta edição reuniu cerca de 2.500 pessoas, que foram ao maior encontro de gente bonita da região para prestigiar os shows de grandes nomes da música nordestina. Os Nonatos abriram a festa cantando canções memoráveis, que levou o público a cantar vigorosamente junto com eles durante toda a apresentação; em seguida veio Alcymar Monteiro e todo o seu repertório do autêntico forró de qualidade, que lembrou ainda as festas de vaquejada; logo depois, finalizando os festejos, subiu ao palco Circuito Musical, nas vozes de Tetê Pessoa e Marquinhos Carreira, prendendo e encantando os presentes que ficaram curtindo até o sol raiar.

E não podia faltar um artista da terra, não é mesmo? Robson Carneiro & Forró de Autoridade abrilhantaram os intervalos das outras bandas, contagiando a todos com a animação e efervescência da sanfona aliada a músicas escolhidas a dedo.

Sempre inovando a cada realização, a equipe do Forró do Pulsação, formada por Júnior Brito e Jean Souza, permitiu que os clientes levassem petiscos para o evento; ampliou ainda mais a estrutura de bar; e preparou um espaço super aconchegante organizado com 200 mesas, próximo ao palco. Tudo isso fez com que o evento se tornasse ainda melhor e marcasse mais sábado de festa tranquila e com diversão garantida.

CLIQUE AQUI E VEJA TODAS AS FOTOS!

31 de Agosto de 2014 - 17:14h
Beleza » Currais Novos » Seridó

TERRA DA BELEZA: Pela quinta vez uma representante de Currais Novos é eleita Miss Seridó

Samara Dantas eleva mais uma vez o nome de C. Novos ao topo da beleza seridoense. (Foto:

Samara Dantas eleva mais uma vez o nome de C. Novos ao topo da beleza seridoense. (Foto: Paulinho Araújo).

O município de Florânia foi palco na noite deste sábado (31 de agosto) do concurso anual que elege a Miss e o Mister Seridó 2014, um dos momentos mais esperados da beleza regional, e contou nesta edição com a participação de misses e misters de várias cidades da circunvizinhança.

Na ocasião, o Centro Cultural Erivaldo Freire se deu como o espaço sede do evento, que acontece na sua 24ª edição e é coordenado pelo colunista Carlos Magno.

Após uma disputa acirrada entre mais de 20 concorrentes, a curraisnovense Samara Dantas, de 1,75m, superou as misses Jucurutu (3º) e Parelhas (2º) e se consagrou como a mais bela mulher seridoense em 2014. Entre os candidatos a Mister, o representante de Cruzeta, Ricardo Elísio, ficou com o título maior, de Mister.

Currais Novos conquistou sua quinta coroa de Miss Seridó com a bela jovem Samara Dantas, estudante de Engenharia Civil da UNI RN. O último título do município no concurso foi em 2005, com Giulliana Monte Henrique.

Carregar mais artigos

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais