Arquivos:

Mega-Sena

Mega-Sena sorteia R$ 72 milhões nesta quarta e rendimento mensal pode chegar a R$ 374 mil

A Mega-Sena acumulou e deve pagar, nesta quarta-feira, R$ 72 milhões para o apostador que conseguir acertar sozinho as seis dezenas. E, caso tenha algum sortudo que vai levar a bolada para casa, o EXTRA mostra as principais formas de investir o dinheiro. De acordo com informações da própria Caixa Econômica Federal, se o ganhador optar pela forma mais conservadora de investimento, ou seja, a caderneta de poupança, o dinheiro vai render, por mês, mais de R$ 267 mil.

Caso o ganhador queira apostar no investimento da moda, como no Tesouro Direto — quando o investidor compra títulos da dívida pública do governo, por exemplo — o prêmio pode render ainda mais. Nesse caso, o retorno financeiro mensal pode ser de R$ 273.600.

Quem quer ir além, e aumentar o valor dos rendimentos mensais, claro, caso seja o único ganhador, vale a pena investir no Certificado de Depósito Bancário (CDB) com 100% de ganho. Segundo o economista Gilberto da Braga, professor da Faculdade Ibmec e da Fundação Dom Cabral, é um dos fundos com melhor retorno mensal, dependendo do valor investido. Se o ganhador da bolada levar os R$ 72 milhões para casa, o investimento pode render R$ 288 mil mensais.

O tipo de investimento que mais pode dar retorno mensal para o novo milionário são as Letras de Crédito — Letra de Crédito Imobiliário (LCI) e Letra de Crédito do Agronegócio (LCA) — investimentos em renda fixa isentos de Imposto de Renda que costumam garantir retornos bem superiores ao da caderneta de poupança. Neste caso, se o investimento for total, o ganhador pode ter ganho mensal de R$ 374 mil.

A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 3,50 e pode ser feita até as 19h em qualquer lotérica do país. Clientes com acesso ao Internet Banking da Caixa podem fazer suas apostas na Mega-Sena pelo computador pessoal, tablet ou smartphone. Para isso, basta ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos.

O serviço funciona das 8h às 22h, exceto em dias de sorteios (quartas e sábados), quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.

Fonte: Extra

Futebol

Sem Neymar, Fifa anuncia indicados ao prêmio de melhor do mundo; confira os 10 nomes

A Fifa anunciou, nesta terça-feira (24), os dez indicados ao prêmio de melhor jogador do mundo na temporada. O destaque da lista ficou para a ausência de Neymar.

Já esperados entre os dez nomes, Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, Kylian Mbappé e Luka Modric compõem o grupo dos indicados.

Por ter se lesionado e perdido a reta final da temporada europeia e também pela atuação abaixo do esperado na Copa do Mundo — dois gols e queda nas quartas —, Neymar ficou de fora da lista dos dez melhores da temporada.

A lista com os três finalistas para a disputa do prêmio será divulgada ao início de setembro.

A premiação para definir o vencedor já tem data e local: 24 de setembro, em Londres.

Confira a lista completa dos dez indicados ao prêmio de melhor do mundo:

Cristiano Ronaldo (Real Madrid/Juventus – Portugal)

Lionel Messi (Barcelona – Argentina)

Kylian Mbappé (PSG – França)

Antoine Griezmann (Atlético de Madri – França)

Luka Modric (Real Madrid – Croácia)

Mohamed Salah (Liverpool – Egito)

Kevin De Bruyne (Manchester City – Bélgica)

Eden Hazard (Chelsea – Bélgica)

Raphael Varane (Real Madrid – França)

Harry Kane (Tottenham – Inglaterra)

Fonte: Blog do BG

Internacional

Rompimento de represa no Laos deixa centenas de desaparecidos

Centenas de pessoas estão desaparecidas, e há o temor de que muitas tenham morrido, após o rompimento de uma hidrelétrica em construção no Laos causar enchentes repentinas que varreram casas, noticiou a mídia estatal nesta terça-feira. Autoridades enviaram barcos para ajudar a retirar as pessoas do distrito de San Sai, na província de Attapeu, onde a hidrelétrica de Xepian-Xe Nam Noy está localizada, uma vez que as águas estão se elevando desde o rompimento da represa, relatou a rede ABC Laos.

A represa se rompeu às 20h locais de segunda-feira, liberando 5 milhões de metros cúbicos de água. Várias centenas de pessoas estão desaparecidas e casas foram devastadas, disse a agência de notícias Lao, acrescentando que várias pessoas morreram.

A empresa que está construindo a represa disse que chuvas fortes e enchentes provocaram o rompimento e que está cooperando com o governo do Laos para ajudar a resgatar os moradores de vilarejos nas vizinhanças da represa.

— Estamos montando uma equipe de emergência e planejando para ajudar a retirar e resgatar os moradores de vilarejos próximos da represa — disse um porta-voz da SK Engineering & Construction à Reuters por telefone.

Um vídeo publicado pela ABC Laos em sua página de Facebook mostrou moradores de vilarejos parando na margem de um rio para ver a água correndo em alta velocidade.

Fonte: Blog do BG

Economia

Arrecadação federal registra alta real de 2,01% em junho e chega a R$ 110 bilhões, melhor resultado para o período desde 2015

Secretaria da Receita Federal informou nesta terça-feira (24) que, em junho, a arrecadação com impostos, contribuições e demais receitas teve alta real (acima da inflação) de 2,01% e chegou a R$ 110,855 bilhões.

Esse foi o melhor resultado para meses de junho desde junho de 2015. Em junho de 2017, a arrecadação federal somou R$ 108,671 bilhões (em valores atualizados).

Esse é o oitavo mês consecutivo de crescimento real da arrecadação federal frente ao mesmo período do ano anterior. A última queda, nesse caso, foi em outubro do ano passado, mas o resultado foi influenciado pela receita extra com a chamada “repatriação”, em outubro de 2016.

No acumulado dos primeiros seis meses deste ano, a arrecadação total somou R$ 714,255 bilhões, com crescimento real de 6,88% na comparação com o mesmo período do ano passado. Esse foi o melhor resultado para o período desde 2015.

Meta fiscal

O comportamento da arrecadação é importante porque ajuda o governo a tentar cumprir a meta fiscal, ou seja, o resultado para as contas públicas. Para 2018, a meta em vigor é de déficit (resultado negativo) de até R$ 159 bilhões.

No ano passado, o rombo fiscal somou R$ 124 bilhões. Foi o quarto ano seguido de rombo nas contas públicas e o segundo pior resultado da história.

Fonte: Blog do BG

Tragédia

Criança de três anos morre após ser baleada dentro de casa

Uma criança de apenas três anos morreu depois de ter sido baleada dentro de casa, na Rua Maricel, no bairro Felipe Camarão, Zona Oeste de Natal. Davi Lucas da Silva foi atingido por um tiro de pistola calibre 380 e levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade da Esperança. Segundo relato de uma funcionária da UPA, o menino chegou à unidade de saúde já sem vida, nos braços da mãe. O caso foi registrado na manhã desse domingo (22).

De acordo com a assessoria da Polícia Militar, no momento em que a criança foi atingida havia três adolescentes em casa, um de 13 anos, um de 17, e um de 15 anos. A PM trabalha com a possibilidade dos três serem suspeitos de praticar o crime. Apenas o adolescente de 13 anos, que seria primo da vítima, foi apreendido, prestou depoimento à Divisão Especializada em Homícidios e Proteção à Pessoa (DHPP) e foi liberado.

Segundo relatos de funcionários da UPA, o pai do menino chegou à unidade depois em estado de choque com a tragédia. O homem, que não teve o nome divulgado, estaria trabalhando no momento em que tudo aconteceu. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Fonte: OP9

Policial » Rio Grande do Norte

Ministério da Segurança Pública prorroga presença da Força Nacional no RN

O Governo Federal prorrogou nesta terça-feira, 24, por mais 180 dias, a presença da Força Nacional de Segurança Pública no Rio Grande do Norte. Os agentes públicos estão atuam em diversos municípios potiguares desde 27 de dezembro de 2017, quando os policiais civis e militares do Estado iniciaram uma paralisação das atividades.

A Portaria nº 1.242, de 27 de dezembro de 2017, autoriza a presença da Força Nacional, além do Rio Grande do Norte, nos estados do Rio Grande do Sul e de Sergipe.

No Rio Grande do Norte, os agentes de segurança atuam nas ações de policiamento ostensivo, polícia judiciária e na perícia forense.

A portaria aponta, ainda, que os três Estados deverão dispor de infraestrutura necessária à instalação da base administrativa da operação, bem como permitir o acesso aos sistemas de informações e ocorrências no âmbito da Segurança Pública, durante a vigência desta Portaria.

Os profissionais a serem disponibilizados pelo Ministério da Segurança Pública obedecerão ao planejamento definido pelos entes envolvidos na operação.

Fonte: Agora RN

Internacional

Sobe o número de mortos nos incêndios florestais na Grécia

O número de mortos e feridos pelos incêndios florestais que atingem o nordeste de Atenas, capital da Grécia, aumentou nesta terça-feira (24). O último balanço dos bombeiros aponta 74 mortos e 187 feridos. Os incêndios já são considerados os piores a atingir o país em mais de uma década.

Entre os feridos há 23 crianças. Entre os mortos, está um bebê de 6 meses que não resistiu à intoxicação por fumaça. O número de desaparecidos ainda é incerto, segundo os bombeiros.

O fogo começou no fim da tarde de segunda-feira, quando as autoridades divulgaram um balanço de 20 mortos e 104 feridos. Moradores da região foram forçados a fugir em direção ao mar para escapar das chamas. Alguns dos mortos foram encontrados em rotas de fuga.

O país teve um inverno considerado seco no início deste ano e agora, com as altas temperaturas do verão, houve condições ideais para o fogo se alastrar. Incêndios do tipo já ocorreram em outras ocasiões. Em agosto de 2007, dezenas de pessoas morreram quando o fogo devastou o sul grego.

Desta vez, o fogo avança em três frentes na região de Ática: uma na cidade de Rafina, 50 km a leste da capital Atenas, outra perto do vilarejo balneário de Mati, a 29 km a leste da capital, e uma terceira em Kineta, 50 km a oeste.

Centenas de bombeiros foram mobilizados para atuar nas chamas. O Exército também foi convocado. Nesta terça, aviões de combate a incêndio vindos da Espanha e voluntários do Chipre chegaram ao local.

As chamas destroem casas e interromperam o serviço em grandes vias de transporte. Conexões ferroviárias foram destruídas e voos foram desviados ou cancelados.

O primeiro-ministro Alexis Tsipras estava na Bósnia e resolveu antecipar a volta à Grécia.

Fonte: G1

Rio Grande do Norte » Turismo

RN perde turistas e setor encolhe 9%

Recessão na economia nacional, crise na segurança pública estadual e problemas na pista de pousos e decolagens do Aeroporto Int. Gov. Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante. Essas são os três fatores que, segundo especialistas, contribuíram para a redução da atividade turística no Rio Grande do Norte em 2017. Dados do Anuário Estatístico de Turismo 2018 – Ano Base 2017 do Ministério do Turismo publicado semana passada mostram redução de 9,39% na movimentação de turistas no estado em comparação com o ano anterior.

Ao longo de 2017 foram registradas 26.598 entradas de visitantes nacionais e estrangeiros no estado, segundo o Anuário. Esse número é 30,03% menor que o registrado em 2014, quando Natal sediou quatro jogos da Copa do Mundo. Ele é, inclusive, inferior ao período pré-Mundial, em 2013, em 25,88%. Naquele ano, o estado recebeu 35.888 turistas oriundos de todas as partes do Brasil e do mundo.

“Em 2017, o Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves deixou de funcionar à noite entre setembro e outubro. A TAP Linhas Aéreas, por exemplo, deixou de operar os voos internacionais ligando o Rio Grande do Norte à Europa e isso gerou grandes prejuízos para o nosso turismo”, declara o secretário de Estado do Turismo, Manoel Gaspar. Ele destaca, porém, que o ano de 2018 tende a encerrar com saldo positivo para a movimentação turística no estado em decorrência da ampliação da promoção do destino em feiras nacionais e internacionais.

De acordo com avaliação do diretor-presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur/RN), Rogério Pessoa Diniz, “a crise é um fator que pode ter influenciado” a redução da entrada de turistas no estado ao longo de 2017. Ele afirma, porém, que a partir do aumento da participação do Estado em eventos no Brasil, na América Latina e Europa para a divulgação do potencial turístico, a tendência é que o quantitativo de turistas volte a crescer. “Em 2018, temos um dólar mais alto. Isso propicia a vinda de mais turistas internacionais, pois o real está desvalorizado. Além disso, o turismo precisa de atrativos. Não adianta fazer promoção turística e manter a crise nacional na segurança pública”, detalha.

Apesar dos esforços dos gestores públicos e empresários do seto turístico, a Copa do Mundo em Natal não consolidou, até hoje, a atividade na capital, principalmente. Dados do Anuário Estatístico de Turismo 2018 comprovam uma acentuada redução da participação europeia e norte-americana no turismo potiguar.

Em 2014, dos 38.014 turistas nacionais e internacionais que visitaram o Rio Grande do Norte, 35.660 eram oriundos da Europa. A maioria deles eram italianos (7.449). Em 2017, o número de europeus no estado caiu para 17.261 (-51,59%). A Itália deixou de ser o principal emissor na Europa, passando o posto para Portugal, que enviou 3.755 pessoas no período. Houve também queda no número de norte-americanos. Dos 950 em 2014, o total de visitantes vindos dos Estados Unidos reduziu para 234 em 2017.

Com o advento do voo ligando o Rio Grande do Norte à Argentina, a expansão do volume de visitantes argentinos no estado de 2014 para 2017 foi expressiva, saindo de 43 no ano da Copa do Mundo no Brasil para 8.962 ano passado. “Em 2014, foi ano da Copa do Mundo em Natal e, naturalmente, tivemos mais turistas. Este ano, estamos com um número positivo de turistas argentinos. A Argentina se tornou um país emissor muito importante após a entrada em operação do voo direto da GOL Linhas Aéreas”, aponta Manoel Gaspar.

Fonte: Tribuna do Norte

Bancos » Economia » Nordeste

Com taxa de juros subsidiada, Banco do Nordeste tira espaço do BNDES

O Banco do Nordeste (BNB) tem ocupado o espaço do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no financiamento de projetos de infraestrutura na região. Uma medida provisória, convertida em lei no mês passado, reduziu os juros do BNB e provocou uma corrida de investidores por empréstimos da instituição, que até 2016 tinha restrições para atuar em algumas áreas, como energia elétrica. Só no primeiro semestre deste ano, o banco contratou R$ 12,4 bilhões, 77% de todo o volume fechado em 2017 – desempenho tem incomodado a cúpula do BNDES.

Nos últimos meses, antigos e potenciais clientes do banco nacional de fomento desistiram de continuar o processo na instituição e foram bater na porta do BNB em busca de custos mais baixos. Esse movimento começou a se intensificar no ano passado, com a Medida Provisória 812/17, que mudou a fórmula de cálculo das taxas de juros para os empréstimos concedidos com recursos de fundos constitucionais, como é o caso do crédito oferecido pelo Banco do Nordeste.

A medida, proposta do governo, atrelou esse tipo de empréstimo à Taxa de Longo Prazo (TLP) – que é a mesma taxa de juros do BNDES. A TLP, em vigor desde janeiro, foi criada para se igualar às taxas de mercado, em substituição à TJLP, que era subsidiada pelo Tesouro. A MP, no entanto, criava uma diferença entre os dois bancos: o texto incluiu no cálculo da taxa de juros do Banco do Nordeste um redutor para compensar desigualdades regionais.

“O objetivo principal foi alinhar essas taxas às tendências de juros praticados no restante da economia e, ao mesmo tempo, permitir que os fundos cumpram sua missão de oferecer taxas adequadas ao padrão de renda das regiões atendidas”, explicou o Banco Central, em nota.

Durante a tramitação no Congresso, a bancada do Nordeste – liderada pelo deputado Julio Cesar (PSD-PI) – fez pressão para dar ainda mais competitividade aos financiamentos do BNB. Eles conseguiram incluir o fator de localização, que beneficia regiões menos favorecidas economicamente e reduz ainda mais a taxa de juros. Para se ter ideia, enquanto a taxa do BNDES em um projeto de geração de energia pode ficar na casa de 10% ao ano, a do BNB fica em cerca de 6%.

A MP que reduziu os juros do Banco do Nordeste teve 35 emendas e virou lei em 19 de junho deste ano. Uma semana depois, o grupo de energia Equatorial já anunciava contrato de R$ 1,1 bilhão com o BNB para financiar linhas de transmissão na região. Em seguida, foi a vez da francesa Vinci fechar empréstimo de R$ 516 milhões para as obras do Aeroporto de Salvador (BA). Antes disso, a italiana Enel já havia conseguido R$ 678 milhões para três parques solares.

Fonte: Agora RN

Presidência

Temer viaja para o México nesta segunda-feira; Cármen Lúcia assume Presidência da República pela 4ª vez

O presidente Michel Temer viajará nesta segunda-feira (23) para o México para participar do encontro de presidentes dos países do Mercosul e da Aliança do Pacífico – saiba detalhes sobre a reunião mais abaixo.

Com a viagem de Temer ao exterior, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, assumirá a Presidência da República pela quarta vez.

Cármen Lúcia deve passar toda a semana no exercício da Presidência. Isso porque, depois da agenda em Puerto Vallarta, Temer seguirá para Joanesburgo, onde participará da 10ª Cúpula do Brics, grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul (anfitriã do encontro).

O presidente deverá retornar a Brasília somente para a aeronave ser reabastecida.

Fonte: G1

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!