Arquivos:

Chuva » Notícias

Em Timbaúba dos Batistas os pluviômetros marcaram entre 80 e 90 milímetros de chuva

Foto: Aryson Soares

Foto: Aryson Soares

Na cidade de Timbaúba dos Batistas, como mostra a foto do historiador Aryson Soares, os pluviômetros marcaram 80 milímetros (centro), já na zona rural, de acordo com dados de populares, a chuva chegou a marcar 90 milímetros.

De acordo com Aryson, um açude que também fica na comunidade rural onde houve o registro de 90 mm, atingiu a sangria ainda cedo da noite.

Jair Sampaio
Caicó » Chuvas » Notícias

Caicó registrou chuvas de até 140 mm

Foto: Sidney Silva

As chuvas de ontem (22) superaram os 100 milímetros em alguns pontos da zona urbana e rural de Caicó. No açude Itans, principal reservatório do município, o registro teria sido de 111 mm. O bairro Soledade, em Caicó, chegou a 140 mm. Confira abaixo:

140 mm: Soledade (Caicó)
135 mm: Boa Passagem (Caicó)
130 mm: Nova Descoberta (Caicó) e Fazenda Água Boa (Patu)
128 mm: Barra Nova (Caicó)
123 mm: Brasilgás (Caicó)
127 mm: Paulo VI (Caicó)
120 mm: Conjunto Vila do Príncipe (Caicó)
115 mm: Maynard (Caicó)
100 mm: Ouro Branco, sítio Saudade, Walfredo Gurgel (Caicó) e sítio Toco
98 mm: Sítio Lajes e sítio Cantinho
95 mm: São José do Seridó
92 mm: Conjunto IPE (Caicó)
90 mm: Sítio Bela Flor (Sabugi)
83 mm: Vila II do Sabugi
77 mm: Sítio Alecrim
75 mm: Sítio Diamente
60 mm: Sítio Juarezinho
58 mm: Sítio Floresta
55 mm: Sítio Alecrim
53 mm: Sítio Nova Olinda
50 mm: Sítio Quixaba
45 mm: Ipueira, Sítio Malhada e Barra da Maniçoba
36 mm: Jardim do Seridó e Sítio Cachoeira
35 mm: Brejo do Cruz e Nova Olinda
27 mm: Sítio Bom Jesus
23 mm: Sítio Riacho
22 mm: Distrito Palma

Robson Pires
Notícias

Líder do movimento contrário ao governo de Dilma é morto a facadas e tiros

Leandro Balcone em sua página do Facebook (Foto: Reprodução/Facebook)

Leandro Balcone em sua página do Facebook (Foto: Reprodução/Facebook)

Um advogado foi assassinado na manhã desta terça-feira (22) em seu escritório, no Centro de Guarulhos, na grande São Paulo. A notícia foi destaque no portal G1. Informações iniciais da polícia indicam que o criminalista Leandro Balcone, de 35 anos, levou tiros e uma facada. O assassino fugiu. De acordo com a TV Globo, policiais do Setor de Homicídios de Guarulhos verificavam se o escritório tem câmeras de segurança e se elas gravaram algo. Nenhum suspeito havia sido preso até a publicação desta reportagem.

O Movimento Brasil Livre Guarulhos emitiu, em sua página no Facebook, nota lamentando a morte do advogado, que era ativista contrário ao governo de Dilma Rousseff. “É com imensa tristeza que recebemos a notícia do falecimento de Leandro Balcone. Balcone era um companheiro de lutas nessa cidade, e é uma grande perda nessa caminhada. Que a família e os amigos recebam o conforto e a paz necessária nesses momentos”, diz a nota.

O PT de Guarulhos também divulgou comunicado sobre o assassinato. “O PT de Guarulhos lamenta a morte trágica e violenta do advogado criminalista Leandro Balcone. O Partido dos Trabalhadores tem como premissa a transformação da sociedade pela disputa no campo das ideias; respeita e convive com os pensamentos divergentes. Repudiamos todo e qualquer ato de violência que atente contra a integridade física e psicológica do ser humano. O PT de Guarulhos espera das autoridades policiais ação rápida no sentido de elucidar os fatos e punir com rigor os autores. Prestamos nossos sentimentos à família e a comunidade política.”

G1
Currais Novos » Judiciário

Justiça interdita Centro de Detenção Provisória de Currais Novos

Com o objetivo de impedir o recebimento de novos presos até que sejam solucionados (por parte do Estado) inúmeros problemas encontrados no Centro de Detenção Provisória de Currais Novos, após inspeção feita pelo Judiciário, o juiz Marcus Vinícius Pereira Júnior, da Vara Criminal de Currais Novos decretou a Interdição Parcial da unidade prisional até que o local esteja adequado, integralmente, às condições de existência humana.

O magistrado ressaltou, inclusive, que devem ser mantidos naquele estabelecimento prisional apenas os presos provisórios. Ele declarou, provisoriamente, que nas condições físicas constatadas durante a inspeção judicial o Centro de Detenção Provisória de Currais Novos somente tem condições de custodiar 12 presos.

Marcus Vinícius determinou que o diretor do Centro de Detenção Provisória de Currais Novos seja oficiado e informado sobre a impossibilidade de recebimento de novos presos, até posterior determinação judicial;

Ele também determinou que o Delegado de Polícia de Currais Novos, bem como o Delegado Geral de Polícia do Estado do RN, sejam oficiados e informados da interdição parcial (o Centro de Detenção Provisória de Currais Novos não está recebendo novos presos), com a ressalva de que é obrigação da Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc), através da Coordenadoria de Administração Penitenciária (Coape), indicar o local adequado para custodiar novos presos.

Marcus Vinícius ressaltou que não é obrigação do Juiz Criminal a indicação de vagas no Sistema Prisional para custodiar os presos. Por determinação dele, a Corregedoria Geral de Justiça do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte; Presidência do TJRN; o Procurador Geral de Justiça do RN; o Presidente da Assembleia Legislativa e o Governador do RN receberão cópia da decisão.

 

TJRN
Notícias

Polícia belga divulga imagem de possíveis suspeitos por atentados

Polícia belga divulga imagens dos supostos suspeitos pelos ataques a aeroporto de Bruxelas nesta terça-feira – AFP.

Polícia belga divulga imagens dos supostos suspeitos pelos ataques a aeroporto de Bruxelas nesta terça-feira – AFP.

A polícia federal belga divulgou uma imagem captada pelas câmeras de segurança do aeroporto de Bruxelas no momento dos atentados desta terça-feira. Nas imagens, é possível ver os supostos responsáveis pelas explosões que deixaram dezenas de vítimas na capital do país. O Estado Islâmico já reivindicou a autoria dos ataques.

Três explosões no aeroporto e no metrô de Bruxelas na manhã desta terça-feira deixaram mais de 30 mortos e quase 200 feridos quatro meses após os atentados que deixaram 130 pessoas mortas em Paris.

Dentre estes ataques, dois aconteceram no aeroporto internacional de Zaventem. Segundo a Procuradoria-Geral do país, uma das explosões no terminal aéreo teria sido causada por um homem-bomba.

Mais tarde, outra explosão atingiu uma importante estação de metrô de Bruxelas. Outro artefato teria sido colocado dentro de uma mala, de acordo com informações da TV belga.

Após os atentados, vários países europeus reforçaram a segurança em seus aeroportos e estações de transporte. A Bélgica fechou sua fronteira com a França.

 

O Globo
Política

‘Não renuncio em hipótese alguma’, reforça Dilma, durante encontro com juristas

Em mais um forte discurso de defesa de seu mandato, a presidente Dilma Rousseff comparou o momento atual, que classifica de tentativa de golpe, com a ditadura militar. Nesta terça-feira em encontro com juristas, voltou a dizer que não renunciará e condenou a divulgação de suas gravações, afirmando que foi “rasgar a constituição”. Dilma pediu imparcialidade da Justiça e, sem citar o juiz Sérgio Moro, disse que um membro do Judiciário não pode guiar suas decisões por convicções partidárias. Bem como na época da ditadura, afirmou, agora há uma negação da realidade.

— Não renuncio em hipótese alguma. Pode se descrever um golpe de Estado com muitos nomes, mas ele sempre será o que é: a ruptura da legalidade, atentando à democracia. Não importa se a arma do golpe é o fuzil, a vingança ou a vontade política de alguns de chegar mais rápido ao poder – disse a presidente, e completou: – A gente vivia dentro das cadeias espalhadas por esse país afora. Negar a realidade não me surpreende. Por isso o nome é um só: é golpe.

Segundo ela, o pedido de impeachment sem crime que o justifique é, o próprio pedido, um crime.

— O impeachment só pode se dar por crime de responsabilidade claramente demonstrado. Na ausência de crime o afastamento se torna ele próprio um crime contra a democracia. Nesse casos não cabem meias palavras o q esta em curso é um golpe contra a democracia. Eu jamais renunciarei.

Sem citar diretamente o juiz federal Sérgio Moro, Dilma afirmou que um juiz “não pode se transformar em militante partidário”. A presidente diz confiar na Justiça imparcial.

Dilma discursou mais de três horas após o início da cerimônia. Antes dela, predominaram falas duras, com críticas indiretas a Moro, ao Ministério Público, à Polícia Federal, à OAB e à imprensa. Os que antecederam Dilma – principalmente professores de Direito e advogados – mencionaram, em suas críticas, práticas autoritárias, ilegalidades e desrespeito à Constituição.

— A Justiça brasileira fica enfraquecida e a Constituição é rasgada quando são gravados diálogos da presidência da República sem a devida necessária e imprescindível autorização do Supremo Tribunal Federal – disse Dilma, que afirmou que a divulgação das conversas telefônicas foi feita “ao arrepio da lei”.

— Por isso, tenho certeza: não vai ter golpe – declarou a presidente, encerrando o discurso.

Nesta segunda-feira, a Advocacia-Geral da União (AGU) entrou com uma ação no STF para anular decisão do juiz federal Sérgio Moro, que retirou o sigilo de conversas telefônicas do ex-presidente Lula com a presidente e ministros.

José Eduardo Cardozo, ministro da AGU, afirmou que a divulgação de conversas da presidente põe “em risco a soberania nacional, em ofensa ao Estado democrático republicano”.

Na última quarta-feira, quando foram tornados públicos os diálogos telefônicos do ex-presidente – que já tinha aceitado o convite para chefiar a Casa Civil -, Moro escreveu em despacho que “a democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando eses buscam agir protegidos pelas sombras”.

 

O Globo
Policial » Política

‘Delegado não pode desrespeitar político’, diz Lula

Foto: Adriano Machado/Reuters

Foto: Adriano Machado/Reuters

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que delegados da Polícia Federal não podem “desrespeitar político”, defendeu o afastamento de autoridades da Operação Lava Jato e criticou a autonomia policial, em conversa monitorada com o senador Lindbergh Farias (PT-RJ). ÁUDIO AQUI

“O problema é que nós temos que fazer nos respeitar. O delegado não pode desrespeitar um político, um senador, um deputado, sabe? Não tem sentido. Um cara do Ministério Público tem que respeitar”, afirmou o ex-presidente, que teve seu telefone monitorado com autorização da Justiça Federal na Operação Aletheia – no dia 4 de março, Lula foi conduzido coercitivamente pela PF para depor.

Para a força-tarefa da Lava Jato, o diálogo mostra a intenção de o ex-presidente buscar mudanças no quadro de investigadores que conduzem a operação, missão conjunta da PF e da Procuradoria da República. Aletheia atribui a Lula e familiares deles supostos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

As críticas de Lula atingem o coração da Polícia Federal naquilo que mais os delegados prezam: a autonomia. Eles não admitem interferência na independência da PF. Há alguns anos, os delegados lutam na Câmara para fazer andar a PEC 412/2009, que assegura autonomia à PF.

No grampo, tornado público no dia 16, Lindbergh questiona o ex-presidente, no início do diálogo, sobre “aquelas notícias”. A Lava Jato tem elementos para apontar que Lula sabia que seria alvo. A conversa gravada aconteceu antes do dia 4 de março, quando foi deflagrada a Aletheia – 24ª fase da Lava Jato – em que o petista foi levado coercitivamente para depor e endereços dele e familiares alvo de buscas.

“Aquelas notícias todas que falaram que ia ter não houve, né?”, pergunta Lindbergh.

Lula responde: “É, mas pode ter, a gente não sabe, porque é um bando de louco”.
Autonomia. “Você ouviu o delegado da Polícia Federal ontem dizendo que quer autonomia, que a troca de ministro é interferência política?”, perguntou Lula ao senador petista. Os dois estariam falando das críticas do delegado Carlos Eduardo Sobral, da Associação dos Delegados da Polícia Federal (ADPF), que havia criticado a substituição do então ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, por Wellington Silva – que acabou não assumindo.

“Esse delegado tem que tomar no c…, esse delegado tem que ser afastado para não falar merda”, ataca Lula.

“Todo mundo quer autonomia… Quem está precisando de autonomia nesse Pais é a Dilma. Que tem o Tribunal de Contas em cima dela, tem o Ministério Público em cima dela, tem a Polícia Federal em cima dela, tem a Justiça…, to certo? Todo mundo em cima da coitada e todo mundo quer autonomia, autonomia, vai tomar no c…, porra”, completa o ex-presidente.

 

Fausto Macedo, Estadão
Política

Democratas lança campanha “100% Impeachment”

A bancada do Democratas no Congresso Nacional promoveu, no início da tarde desta terça-feira (22), ato em favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff. Com o slogan “DEM: 100% impeachment”, parlamentares anunciaram união do grupo na adesão total ao impedimento da presidente petista.

“Aquilo que ouvimos nas ruas durante as manifestações nós vamos fazer no Congresso, a sociedade quer o impeachment já. Esse é um ato de afirmação partidária pelo crescimento e sobrevivência de um partido que há doze anos está na oposição”, destacou o presidente nacional da legenda senador José Agripino (RN).

O parlamentar potiguar também ressaltou o crescimento do DEM com a janela partidária. “Estamos há 14 anos fazendo oposição e alertando para os desmandos do governo do PT. Agora, nada mais natural e coerente do que estarmos em sintonia com a voz das ruas pelo fim desse governo que esfarelou nosso país”, acrescentou Agripino que, durante o evento, também aproveitou para falar sobre as sete filiações de deputados federais realizadas nos últimos dias pelo Democratas.

Notícias

João Pessoa é a segunda capital do país que mais aumentou o índice de endividamento em 2015

João Pessoa é a segunda capital do Brasil que mais aumentou o índice de endividamento, segundo levantamento divulgado pela Globo News. De acordo com as informações, a Prefeitura da capital paraibana triplicou o índice de endividamento, que a relação da divida com a arrecadação do município, ficando acima da inflação do ano passado.

A Prefeitura de João Pessoa teve a segunda maior alta percentual, 380,47% a mais no nível de endividamento. Perdeu apenas para Porto Velho, capital de Rondônia, que abarcou a primeira colocação, com uma alta percentual de quase 570%. Em 2014 a divida da Capital de Rondônia correspondia a 1,5% da receita. No ano passado passou de 10% da arrecadação.

Segundo o economista, Roberto Afonso, a principal causa para essa alta do endividamento foi a queda forte da arrecadação causada pelo tombo na economia do país. “Nós temos o ciclo eleitoral das contas públicas. É comum, um prefeito ou governador, quando inicia um mandato pararem obras, cortar o máximo de despesas e começarem a fazer o quanto mais poderem de poupança. Quando não conseguem cortar despesas e a receita está caindo, os prefeitos precisam queimar poupança pra manter o dia a dia da prefeitura e com isso não consegue guardar dinheiro para investimento”, explicou.

A prefeitura de João Pessoa informou que detectou inconsistências relativas aos valores da dívida consolidada, líquida no ano passado e disse que está trabalhando na regularização dos dados.

No ano passado a crise atingiu em cheio a arrecadação da União, dos governos estaduais e das prefeituras. O endividamento aumentou em mais da metade das capitais brasileiras, quase em todas acima da inflação. No total, as dívidas desses municípios cresceram aproximadamente R$ 15 bilhões em apenas um ano.

Mundo » Notícias

Brasileiro que defendeu seleção belga de basquete é ferido em atentado

O ex-jogador de basquete Sebastien Bellin foi um dos feridos nos atentados ocorridos nesta terça-feira, em Bruxelas. Bellin estava no aeroporto Zaventem quando foi atingido por explosões. Ele nasceu em São Paulo, mas desenvolveu sua carreira esportiva no exterior. Com dupla cidadania, Bellin era pivô e defendeu a seleção da Bélgica de 2005 a 2010. Aposentado das quadras, Bellin reside em Michigan, nos Estados Unidos, mas faz regulares viagens à Bélgica, onde desenvolve serviços de estatísticas e filmagens de jogos.

Um parente de Bellin declarou ao site belga Sudinfo que o ex-atleta de 2,07m está em cuidados intensivos, mas que ainda não tem um diagnóstico preciso sobre o estado de saúde. Em contato com o UOL Esporte, um integrante do ex-clube de Bellin, o Oostende, informou que o brasileiro passa por cirurgia neste momento.

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!