Arquivos:

Acidente aéreo

Aeronave cai em Florianópolis; duas pessoas estão desaparecidas

Bombeiros avistaram destroços e manchas de óleo no mar (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Bombeiros avistaram destroços e manchas de óleo no mar (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Uma aeronave de pequeno porte caiu pouco depois de decolar do Aeroporto Hercílio Luz, emFlorianópolis, na madrugada desta segunda-feira (1º). Destroços foram encontrados no mar perto da Ilha do Campeche no início da manhã.

A aeronave decolou às 5h15 e caiu aproximadamente três minutos depois, a seis milhas do aeroporto, conforme os bombeiros.

O sistema de controle aéreo da Aeronáutica acionou o Corpo de Bombeiros por volta das 5h30. Em sobrevoo, os bombeiros avistaram do helicóptero Arcanjo destroços e manchas de óleo no mar. Mergulhadores do Corpo de Bombeiros e embarcações da Marinha também fazem buscas nesta manhã.

Os Serviços Regionais de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA V) irá investigar as causas do acidente.

Bombeiros encontraram destroços no mar (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Bombeiros encontraram destroços no mar (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Globo.com
Educação

MEC divulga resultado do Fies nesta segunda

O Ministério da Educação (MEC) divulga hoje (1º) na internet o resultado do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os estudantes classificados com base no número de vagas do curso serão pré–selecionados em chamada única. Os demais, não pré–selecionados, serão automaticamente incluídos em lista de espera, também nesta segunda-feira.

O estudante pode consultar o resultado dos candidatos pré-selecionados na chamada regular e a lista de espera no site do Fies. O resultado também estará disponível na instituição em que o candidato fez a inscrição. Os pré-selecionados terão de amanhã (2) a sábado (6) para concluir a inscrição no Sistema Informatizado do Fies (SisFies).

A pré-seleção dos estudantes assegura apenas a expectativa de direito às vagas. A contratação do financiamento dependerá da conclusão da inscrição no SisFies e do cumprimento das demais regras e procedimentos do programa. Cabe aos estudantes consultar os resultados e o cumprir os prazos estabelecidos.

Segundo o último balanço do MEC, no último dia de inscrição (29), até as 12h, mais de 476 mil haviam se inscrito no processo seletivo.

Lista de espera

As vagas não ocupadas pelos pré-selecionados serão liberadas aos participantes da lista de espera. Esses estudantes devem acompanhar a eventual pré-seleção na página do Fies. Esses candidatos devem, entre 7 e 18 de março, acessar a página do programa e informar se estão matriculados na instituição, no curso e turno em que se inscreveram. Após esse período, o estudante que não informar a situação de matrícula terá sua inscrição cancelada no processo seletivo do Fies referente ao primeiro semestre de 2016.

O Fies oferece financiamento de cursos em instituições privadas de ensino a uma taxa efetiva de juros de 6,5% ao ano. O percentual de financiamento é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante. Atualmente, mais de 2,1 milhões de estudantes participam do programa.

Neste semestre, o Fies oferece 250.279 vagas em 1.337 instituições de educação superior. Puderam participar do processo seletivo aqueles que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e obtiveram pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de 0 na redação. O candidato precisa ter também renda familiar mensal bruta per capitade até 2,5 salários mínimos.

Agência Brasil
Abastecimento

BOA NOTÍCIA: “Barragem de Assú” aumenta 8 centímetros em sua lâmina de água nas últimas 24 horas

A melhor notícia do dia é que a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves recebeu uma boa quantidade de água nas últimas 24 horas, aumentando sua lâmina de água em 8 centímetros.

O reservatório, que irá abastecer Currais Novos totalmente nos próximos meses – com a conclusão da adutora de engate rápido, está com 20,40% de sua capacidade, faltando 16 metros para alcançar a sangria.

Política

Congresso inicia 2016 sob escombros de 2015

Termina nesta terça-feira o recesso parlamentar. Quem olhar para o Congresso verá o pretérito passando diante dos olhos. Deputados e senadores abrirão o ano legislativo de 2016 sob os escombros de 2015. Vivo, Cazuza definiria a agenda legislativa do ano como um museu de novidades: o impeachment, as contas de Dilma rejeitadas pelo TCU, a DRU, a CPMF… Tudo isso sob o comando dos suspeitos de sempre: Eduardo Cunha e Renan Calheiros —o primeiro mordendo Dilma Rousseff na Câmara. O segundo soprando a presidente no Senado.

O Congresso saiu em férias pouco depois de o petista Nelson Barbosa assumir o Ministério da Fazenda, com o compromisso de virar a página do ajuste fiscal que o governo não deixou Joaquim Levy executar. E volta à ativa uma semana depois de Dilma informar aos membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o Conselhão, que a página do ajuste será virada para trás. Contra a recessão, ideias velhas como a oferta de R$ 83 bilhões em crédito subsidiado. Contra o rombo nas contas públicas, a recriação da CPMF.

Noutros tempos, os 45 dias de férias talvez dessem aos parlamentares uma perspectiva renovada do Brasil, pois enxergariam o antes e o depois sem a dispersão que os distrai nos plenários da Câmara e do Senado. Hoje, se um congressista pergunta aos colegas o que estão achando do Brasil na volta ao trabalho, arrisca-se a ouvir uma mesma resposta: como piorou, né?

Como manda a Constituição, Dilma enviará ao Congresso uma mensagem para ser lida na primeira sessão do ano. Nela, a presidente prestará contas do que imagina já ter realizado e informará o que ainda se julga capaz de fazer. Em fevereiro de 2015, a mensagem de Dilma partia de premissas frágeis, para chegar a conclusões equivocadas. A credibilidade da peça pode ser medida em dois trechos.

Num trecho, a presidente prometia ajustar a economia sem “recessão e retrocesso.” Noutro, sustentava que seu governo tem “combatido sem trégua a corrupção.” Em 2016, o Brasil caminha para o terceiro ano de recessão. E a Lava Jato já se acerca até de Lula. A despeito disso, Dilma manterá o timbre otimista na nova mensagem ao Legislativo. Anotará que o país sairá da crise mais forte e competitivo. Para facilitar, pede a abertura de um diálogo inspirado no lema dos mosqueteiros: um por todos, todos por hummmm…

Prevalecendo o modelo preconizado por Dilma, o sistema econômico vigente no Brasil não será nem o capitalismo nem o socialismo, será o crédito consignado. Os brasileiros se dividirão em credores (poucos) e devedores (todo o resto). O crédito (empresarial e pessoal) será a nova religião. O diabo é que, já mergulhados em dívidas, os devotos talvez prefiram se abster.

Com a inflação a pino, Dilma atravessa seu sexto ano no poder. Há cinco anos, ela achou que era hora de enfrentar o tigre. Por algum tempo, acreditou poderia continuar correndo na frente do tigre. O tigre pegou o Brasil. Agora, Dilma tenta o milagre de convencer o Congresso e o país que foi melhor assim, que o tigre não é tão ruim quanto parece e, pensando bem, é bom ser devorado pelo tigre. Desde que o Congresso colabore e o brasileiro se finja de bobo. Pelo bem do Brasil.

 

Josias de Souza
Jornalismo

Para salvar Lula, PT quer tentar tirar credibilidade da Lava Jato

Com a Operação Lava-Jato cada vez mais próxima do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o PT investirá em um discurso de vitimização de sua maior liderança, alegando que ele é alvo de um “massacre”. Apesar da estratégia, pessoas próximas do líder petista reconhecem que o desgaste é real e que ele terá dificuldade para atuar como cabo eleitoral nas eleições municipais deste ano como fez em 2012.

Os petistas apostam na radicalização para mobilizar sua militância e pretendem partir para o enfrentamento, afirmando que há seletividade nas investigações e no vazamento de informações. O objetivo é não só tentar tirar a credibilidade da Lava-Jato, mas também desgastar políticos da oposição que já foram citados.

 

 

O GLOBO
Afonso Bezerra » Policial

ROTINA: Criminosos explodem caixa e agência fica destruída em Afonso Bezerra

A agência do Banco do Brasil ficou destruída (Foto: Divulgação/PM).

A agência do Banco do Brasil ficou destruída (Foto: Divulgação/PM).

Criminosos invadiram uma agência do Banco do Brasil e explodiram um caixa eletrônico na madrugada desta segunda-feira (1º) no município de Afonso Bezerra, distante 168 quilômetros de Natal. De acordo com a Polícia Militar, a agência ficou totalmente destruída. Após o crime, houve troca de tiros entre a quadrilha e a PM. Até agora ninguém foi preso.

Ainda segundo a PM, 15 homens armados invadiram a agência por volta das 1h30. Eles conseguiram explodir o caixa e a agência ficou completamente destruída. Prédios ao lado da agência ficaram com parte da estrutura comprometida.

A quadrilha fugiu em três carros. “Na fuga, iniciamos uma perseguição e houve troca de tiros nas proximidades de Pedro Avelino. Não sabemos se algum criminoso ficou ferido porque eles conseguiram fugir por uma região de mata. Ainda fazemos buscas na região”, informou  cabo Santos,  comandante do destacamento da PM da cidade. A polícia ainda não sabe quanto foi levado do estabelecimento.

G1/RN

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!