Arquivos:

Diversos » Notícias

Painel Eletrônico garante mais transparência e agilidade à Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte inicia os trabalhos legislativos de 2016 nesta terça-feira (2) com uma novidade: a instalação de um painel eletrônico no plenário Clóvis Motta que irá permitir o monitoramento das sessões promovidas na Casa. O equipamento segue o modelo utilizado pelo Senado Federal e vai conferir maior agilidade, segurança e transparência às atividades do Legislativo Estadual.

“Seguindo as diretrizes traçadas pelo planejamento estratégico que orienta a nossa gestão, estamos investindo na modernização do Legislativo Estadual para automatizar as sessões da Casa. Trata-se de um painel de última geração que irá tornar as atividades em plenário mais eficientes e o trabalho dos deputados ainda mais transparentes”, avalia o presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira (PMDB).

O painel é formado por seis televisores de 42 polegadas que facilitam o acompanhamento e a realização das sessões. O equipamento indica quais deputados estão presentes no plenário, o resultado das votações das matérias e a cronometragem do tempo dos oradores, além da veiculação de conteúdo audiovisual e inserção de legendas.

Através de um monitor equipado com tecnologia touch screen, o presidente da sessão poderá visualizar as informações do painel e monitorar as atividades no plenário, permitindo controlar o tempo e o microfone dos oradores, emitir alertas sonoros e iniciar e encerrar as atividades. Cada deputado irá dispor de um terminal individual de votação, chamado de ‘Terminal do Parlamentar’, que possibilita a identificação biométrica e o registro do voto com mais rapidez.

Moderno e de fácil operação, o equipamento faz uso do Sistema Eletrônico de Votação (SEV) e foi produzido pela empresa mineira Visual Sistemas, responsável pela implantação do equipamento no Senado Federal e nas Assembleias Legislativas do Ceará, Sergipe, Maranhão, Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná e Tocantins, dentre outras casas legislativas do país, como a Câmara Municipal de São Paulo e Belo Horizonte.

“O investimento em novas tecnologias busca a modernização e o aperfeiçoamento dos trabalhos legislativos, impactando em melhorias que trazem maior dinamismo para a Casa e para o expediente no plenário”, analisa o secretário de Tecnologia da Informação da Assembleia Legislativa, Mário Sérgio Gurgel.

ALRN
Notícias » Paraíba » Policial

Bandidos explodem cofres de banco no Litoral Norte da Paraíba, diz polícia

Segundo informações da polícia, pelo menos 15 homens armados chegaram atirando por volta de 1h20 (horário local), fecharam as saídas da cidade, arrombaram as portas de vidro da agência e explodiram os cofres.

Segundo informações da polícia, pelo menos 15 homens armados chegaram atirando por volta de 1h20 (horário local), fecharam as saídas da cidade.

Dois cofres de uma agência bancária na cidade de Jacaraú, no Litoral Norte da Paraíba, na madrugada desta terça-feira (2). Segundo informações da polícia, pelo menos 15 homens armados chegaram atirando por volta de 1h20 (horário local), fecharam as saídas da cidade, arrombaram as portas de vidro da agência e explodiram os cofres. Os criminosos recolheram o dinheiro dos cofres e fugiram da cidade.

Ainda de acordo com a polícia, na fuga, os assaltantes jogaram grampos nas rodovias de saída de Jacaraú. Durante o assalto, vários tiros foram disparados de armas automáticas. Os disparos foram para o alto e contra algumas casas. O destacamento da Polícia Militar foi alvejado pelo criminosos. Um morador da cidade chegou a ser feito de refém, durante a ação criminosa, ainda segundo a polícia, mas ninguém ficou ferido.

Os caixas eletrônicos da agência bancária, que pertence a um banco público, não foram atacados pelos bandidos. Segundo moradores de Jacaraú, toda ação durou cerca de 30 minutos. Até o início da manhã desta terça, a Polícia Civil fazia a perícia do local e a Polícia Militar realizava buscas pelos criminosos.

Até as 7h30 (horário local), ninguém tinha sido preso. A quantia levada pelos assaltantes não foi informada pela polícia. A cidade de Jacaraú, que possui quase 14 mil habitantes conforme Censo de 2010 do IBGE, celebra 54 anos nesta terça-feira (2), dia da sua emancipação política.

Explosivos apreendidos no Cariri

A Polícia Militar apreendeu explosivos e materiais que possivelmente seriam usados em atentados a agências bancárias durante uma abordagem na madrugada desta terça-feira (2) em Livramento, no Cariri paraibano. De acordo com a polícia, houve um intenso tiroteio com criminosos, que abandonaram os materiais em um carro e fugiram por um matagal. Os policiais fizeram buscas, mas ninguém foi preso até o início da manhã desta terça.

G1 PB
Notícias

Presidente da Assembleia passa em revista as tropas Polícia Militar

Foto: Eduardo Maia

Foto: Eduardo Maia

O primeiro ato da abertura do trabalho legislativo de 2016 – feito pelo presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado estadual Ezequiel Ferreira (PMDB) – acaba de ser concluído. Ezequiel fez a tradicional revista as tropas da Polícia Militar do RN, formadas em frente à sede do parlamento estadual, Palácio José Augusto. O ato formal durou aproximadamente 20 minutos e contou com a participação dos oficias da Companhia de Guarda, composta por três pelotões de policiais militares, além da Guarda de Honra.

De acordo com o Coordenador da Polícia Legislativa, coronel Francisco Araújo, o ritual é tradição em todas as Casas Legislativas do país e também na Câmara dos Deputados. “O presidente da Assembleia Legislativa é o terceiro da linha de sucessão ao governo do estado e como chefe de poder, tem direito a guarda de honra e esse ritual”, disse.

O ato formal será seguido da leitura da mensagem anual do Executivo, pelo governador Robinson Faria (PSD) e marca a abertura dos trabalhados legislativos da segunda sessão da 61º legislatura.

“A revista às tropas é a abertura do ano legislativo que se repete anualmente e todos os anos vivemos uma expectativa pela mensagem do governador. Um dia de planejamento do ano entre os parlamentares e servidores do Legislativo”, aponta o presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira.

ALRN
Notícias » Policial

Operação Incorrigível combate crimes de contrabando e corrupção em Natal

Máquinas caça-níqueis foram apreendidas numa galeria próxima a Assembleia Legislativa, no bairro de Cidade Alta, na zona Leste da capital (Foto: Divulgação/PF)

Máquinas caça-níqueis foram apreendidas numa galeria próxima a Assembleia Legislativa, no bairro de Cidade Alta, na zona Leste da capital (Foto: Divulgação/PF)

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (2), em Natal, uma operação que apura crimes de contrabando, organização criminosa e corrupção ativa, todos vinculados a um inquérito instaurado em 2015. A ação foi denominada de ‘Operação Incorrigível’. Estão sendo cumpridos 7 mandados de prisão preventiva e 10 mandados de busca e apreensão. Máquinas caça-níqueis foram apreendidas numa galeria próxima a Assembleia Legislativa, no bairro de Cidade Alta, na zona leste da capital.

Segundo a PF, as investigações tiveram início a partir da prisão de um grupo que explorava jogos de azar utilizando máquinas eletrônicas programáveis (cujos componentes são contrabandeados) nos fundos de um lava-jato localizado no bairro de Capim Macio, na Zona Sul da cidade. Isso aconteceu em maio de 2015. Ao longo da apuração, verificou-se que o local abrigava uma casa de jogos pertencente à organização criminosa já investigada pela PF durante a Operação Forró, deflagrada ainda em 2013.

“Para garantir o permanente funcionamento das referidas casas, o grupo criminoso promovia o pagamento de propina a policiais militares e também se valia de seguranças, alguns deles, ex-agentes de segurança expulsos de suas corporações por cometimento de crimes diversos, além de terem a função de alertar a presença de policiais nas imediações e, assim, evitar a apreensão de equipamentos e prisões de integrantes do bando”, relatou a assessoria de comunicação da PF.

Ao todo, participaram da operação 60 policiais federais, que também contaram com o apoio da PM.
O nome da operação faz alusão ao fato de os alvos já terem sido investigados, presos e, ainda assim, prosseguirem com as mesmas atividades criminosas.

G1 RN
Notícias

Cantora potiguar Thábata Mendes está proibida de falar sobre saída da XCalypso, diz jornal

Thábata Mendes e Ximbinha tiveram uma briga Foto: Reprodução/ Facebook

Thábata Mendes e Ximbinha tiveram uma briga Foto: Reprodução/ Facebook

Thábata Mendes está proibida de falar sobre sua saída da banda XCalypso. Segundo a coluna Retratos da Vida, do jornal Extra, a cantora está isolada de todos e não pode abrir o jogo sobre o que a fez deixar o grupo.

Ainda de acordo com a publicação, Thábata descobriu uma cláusula no destrato — contrato que a permitia sair da banda quando quisesse —, que a impedia de falar sobre sua saída do grupo por cinco dias. O período sabático da loira se encerra nesta sexta-feira (5).

A parceria entre Ximbinha e Thábata Mendes durou apenas três meses.

Apesar de a assessoria de imprensa da XCalypso dizer que a saída se deu por divergências artísticas, a cantora deixou a banda depois de se sentir ameaçada por Ximbinha, afirma o jornal Extra.

Ainda segundo a publicação, ele teria tentado agredi-la durante uma discussão após um show em Tibau, no Rio Grande do Norte, no dia 16 de janeiro.

Uma fonte ligada a Thábata contou à coluna Retratos da Vida, do jornal Extra, que tudo que foi falado sobre o guitarrista é verdade.

— Tudo o que foi publicado sobre ele é a mais pura verdade. A situação ficou insustentável para ela, que já vinha planejando isso há algum tempo. “Eles tiveram uma briga horrível no último show. Ele vive bêbado.

A XCalypso já tem os substitutos de Thábata. Com a saída da loira, a backing vocal Leya Emanuelly assume o posto de vocalista ao lado de Geh Rodrigues, sendo que uma terceira cantora, ainda a ser escolhida, completará o trio.

R7
Notícias » Policial

Suspeita de participar da morte de turismóloga no RN, adolescente foge

Gizela Mousinho foi assassinada no dia 2 de janeiro (Foto: Arquivo Pessoal)

Gizela Mousinho foi assassinada no dia 2 de janeiro (Foto: Arquivo Pessoal)

A adolescente suspeita de envolvimento na morte da turismóloga Gizela Mousinho fugiu do Centro Educacional (Ceduc) Padre João Maria, localizado na Zona Norte de Natal. De acordo com a Polícia Militar, outra menor também escapou da unidade.

Segundo a PM, as adolescentes, de 16 e 15 anos, pularam o muro do centro educacional.Uma delas foi apreendida no dia 22 de janeiro por suspeita de envolvimento na morte de Gizela Mousinho, de 43 anos.Gizela foi baleada no pescoço quando tentava retirar a filha e o namorado da garota de dentro do carro para evitar que os adolescentes fossem levados pelos assaltantes. O crime aconteceu no dia 2 de janeiro em frente a uma padaria no bairro de Lagoa Nova, na Zona Sul de Natal. Na casa da adolescente foram encontrados objetos da vítima e também o cachorro da família.

De acordo com a assessoria da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac), 36 menores fugiram do sistema socioeducativo em 2015.

G1 RN
Fiscalização » Policial

PRF inicia Operação Carnaval 2016 na sexta-feira

A Polícia Rodoviária Federal iniciará a zero hora de sexta-feira (5) a Operação Carnaval 2016. Até a meia-noite de quarta-feira de cinzas (10), policiais rodoviários federais estarão policiando e fiscalizando as principais rodovias federais do estado. Serão realizadas ações voltadas para combater o excesso de velocidade, o uso de bebida alcoólicas para depois dirigir, bem como as ultrapassagens proibidas.

A fiscalização será priorizada nas rodovias federais de fluxo mais intenso, tais como: BR 101 Norte, BR 110 entre Areia Branca e Mossoró, BR 226 (liga Natal a Patu, passando pela região Seridó), BR 304 (liga Natal ao Estado do Ceará, passando por Mossoró), BR 406 (liga Natal a Macau) e BR 427 (liga Currais Novos a Serra Negra do Norte). Todas são rodovias de pista simples e com grande movimentação de veículos no período carnavalesco.

G1
Judiciário

Lava Jato já tem 81 condenados, totalizando quase 800 anos de cadeia e R$ 2,8 bilhões recuperados

Ao discursar na abertura do ano judiciário de 2016, no plenário do STF, o procurador-geral da República Rodrigo Janot prestou contas dos resultados da Lava Jato. Destrinchou dados recolhidos até 18 de dezembro de 2015. Até aquela data, a maior operação anti-corrupção já realizada no país havia produzido 80 condenações judiciais. Juntas, as penas somavam 783 anos e dois meses de cadeia.

Nesta segunda-feira, o juiz Sérgio Moro lavrou mais uma sentença. Condenou o ex-diretor da Petrobras Jorge Zelada a 12 anos e 2 meses de cadeia. Adicionando-se a novidade ao levantamento de Janot, sobe para 81 o número de condenações da Lava Jato. E as penas saltam para 795 anos e 4 meses de prisão.

Janot desfiou os números sentado ao lado de um dos mais notórios investigados da Lava Jato: o presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Ignorou-o. Negou-lhe a gentileza de um cumprimento. Absteve-se de mencionar-lhe o nome ao cumprimentar as autoridades presentes. Também compunha a mesa o presidente do Senado, Renan Calheiros, outro alvo da operação. A dupla ouviu, impassível, o discurso do chefe do Ministério Público Federal.

Segundo Janot, foram protocoladas no Judiciário 36 acusações criminais contra 179 pessoas. Apontam o cometimento de crimes contra o sistema financeiro nacional e internacional, corrupção, tráfico transnacional de drogas, formação de organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Numa conta que inclui apenas os crimes já denunciados, disse Janot, o pagamento de propinas contabiliza R$ 6,4 bilhões. Desse total, R$ 2,8 bilhões já foram recuperados por meio de acordos de colaboração judicial. Por ora, apenas R$ 659 milhões foram repatriados. Bloquearam-se R$ 2,4 bilhões em bens dos réus.

Acusado por Cunha de associar-se ao governo Dilma para persegui-lo, Janot cutucou o desafeto, que fazia cara de poucos amigos na cadeira ao lado. “Enganam-se, de forma propositada, e interpretam de forma distorcida aqueles que questionam o nosso cerne. […] A autonomia e a imparcialidade daJustiça e do Ministério Público opõem-se a qualquer tipo de autoritarismo de caráter político, ideológico ou econômico. Nosso compromisso é com o Estado democrático e de direito.”

Festejados pelos investigadores e abominados pelos investigados, os réus que celebraram acordos de delação premiada com a força tarefa da Lava Jato já somam 40. Firmaram-se também, de acordo com o levantamento de Janot, cinco acordos de leniência, como são chamadas as colaborações de empresas. Celebraram-se, de resto, 86 acordos de cooperação com outros países —entre eles a Suíça, de onde vieram os dados sobre as contas secretas abertas por Eduardo Cunha.

Janot realçou: “Os poderes político, econômico e os setores da sociedade civil hão de entender que o país adentrou em nova fase, da qual os holofotes não serão desligados e estarão constantemente direcionados à observâncaia estrita do ordenamento jurídico. É isso que a sociedade espera do Ministério Público.”

Economia

Ministro sinaliza que vai liberar limite de empréstimo para estados e pode ajudar muito o RN

O RN tem um empréstimo na ponta da linha com o Banco do Brasil de R$ 850 milhões, apesar de ser um dos primeiros da fila para ter esse dinheiro liberado, na gestão do Ministro Joaquim Levy, mesmo com vários apelos do Governo Robinson e de alguns deputados da bancada federal, o ministério da fazendo fez ouvido de mercador sinalizando que tinha que controlar as contas.

A agência FolhaPress, destaca nesta madrugada, que o novo ministro, Nelson Barbosa, sinalizou na reunião com governadores nesta segunda, que o Planalto vai liberar novo limite de crédito a Estados.

Não deixa de ser uma noticia animadora.

Caso o RN consiga a liberação desse empréstimo em 2016, a aplicação desses recursos já está toda carimbada.

Vale ressaltar que o RN é um dos estados com o menor índice de comprometimento de empréstimos junto a união.

Chuvas

Chuvas “ressuscitam” a paisagens da caatinga

As sucessivas chuvas no Rio Grande do Norte mudaram a “cara” da caatinga. Galhos secos e retorcidos florescem e tornam o ambiente mais verde, trazendo vida após uma grave seca que se arrasta há anos nos estados nordestinos. Com as chuvas, agricultores já começam a fazer novos plantios e criando a esperança de novas colheitas e alívio ao homem do campo. Um dos cenários “ressuscitados” foi a cachoeira da Carapina, em Felipe Guerra.

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!