Arquivos:

Notícias

Agripino aparece na lista de senadores investigados pelo STF

A revista Congresso em Foco divulgou uma lista de senadores que respondem a inquérito e ação penal no STF. Dentre os nomes está o senador José Agripino (DEM), que é acusado por um delator de ter recebido R$ 1 milhão fruto de um esquema de fraudes no DETRAN-RN.

Agripino é mencionado em delação premiada feita por um empresário potiguar na Operação Sinal Fechado. George Olímpio disse ter pagado propina para aprovar, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, lei sob medida para os seus negócios no DETRAN estadual. O senador foi um dos beneficiados, segundo ele. O caso tramita no Supremo como Inquérito 4011, por corrupção passiva.

Em nota à imprensa, Agripino diz não entender as razões que levaram à “reabertura deste assunto” no STF. Ele diz que o próprio acusador já o havia isentado de participação no esquema. A fraude, de acordo com a delação, começou com a prestação de serviços de cartório de seu instituto para o Detran do Rio Grande do Norte. Cabia à empresa de George cobrar uma taxa de cada contrato de carro financiado no estado: a cada R$ 75 cobrados pelo serviço, R$ 15 foram distribuídos como propina a integrantes do governo entre 2008 e 2011, de acordo com o empresário.

Brasil

Índice de mamografias no Brasil está abaixo da média mundial

Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 40% das mulheres brasileiras, de 50 a 69 anos de idade, não fazem mamografia. Essa faixa etária é definida como prioritária para a realização do exame preventivo pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que recomenda que pelo menos 70% das mulheres sejam avaliadas periodicamente.

O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres. Dados do Instituto do Câncer (Inca) apontam que, no Brasil, as taxas de mortalidade continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estágios avançados. Na população mundial, 61% das pacientes sobrevivem após cinco anos de diagnóstico.

Economia

Capacidade do Ministro da Fazenda de evitar o pior se esgotou

Ninguém diz em público, talvez para evitar que os receios virem pânico. Mas dissipou-se a presunção de que a presença de Joaquim Levy na Esplanada restauraria a confiança na economia brasileira, estilhaçada sob Dilma Rousseff graças à combinação de três flagelos: gastos públicos desmedidos, negligência com o controle da inflação e malabarismos contábeis. A capacidade do ministro da Fazenda de evitar o desastre se esgotou.

Ironicamente, um dos feitos de Levy nos seus oito meses à frente da Fazenda —a desmontagem da usina de fantasias— tornou mais visível o malogro dos planos do ministro. Sem força política para ressuscitar a CPMF e rendido ao realismo fiscal, o governo envia nesta segunda-feira ao Congresso o projeto de lei do Orçamento para 2016 com um déficit. O buraco nas contas é uma evidência material do insucesso dos planos de Levy.

Ao chegar, vindo da diretoria do Bradesco, Levy fixara uma meta de superávit fiscal. O governo pouparia 1,13% do PIB para amortizar os juros de sua dívida. A estagnação da economia levou à queda na arrecadação de impostos, que forçou a revisão da meta de Levy para algo próximo de zero: 0,15% do PIB. Hoje, o governo já trabalha com a perspectiva de não conseguir entregar nem esse resultado mixuruca. Estima-se que 2015, a exemplo de 2014, fechará no vermelho. Verifica-se agora que também 2016 pode fechar com déficit.

A primeira consequência prática da sucessão de buracos é a elevação da dívida bruta do governo como proporção do PIB. Esse indicador mede a capacidade de solvência do país. O segundo desdobramento é a elevação do risco de o Brasil ser rebaixado para o grupo de caloteiros na avaliação das agências de classificação de risco. Se perder o status de “grau de investimento”, o Brasil afugentará investidores. E as empresas brasileiras perderão o acesso ao crédito barato nos mercados internacionais —riscos maiores, juros mais salgados.

Dá-se de barato no governo que a agência americana Standard & Poor’s, que recentemente reduziu a avaliação do Brasil para negativa, deve rebaixar a nota do país em 2016. Outras duas agências que conferem ao país o ‘grau de investimento’, a Moody’s e a Fitch, submetem a nota a um processo de reavaliação.

Nos debates internos, autoridades do governo reconhecem que, para evitar o pior, seria necessário aprovar ainda em 2015 um ambicioso pacote de reformas. Coisas antipáticas. Por exemplo: o endurecimento das regras para a concessão de aposentadorias do INSS. O diabo é que Dilma não exibe musculatura política para se impor no Congresso. A boa vontade dos congressistas diminui na proporção direta do avanço da taxa de impopularidade da presidente e das investigações da Lava Jato.

Simultanemente, Levy sugere uma revisão de todos os programas do governo, inclusive os sociais. Coisa destinada a racionalizar os gastos, eliminando sobreposições e preparando o terreno para cortes draconianos nas despesas federais. A questão é que Dilma só parece disposta a levar a austeridade fiscal até certo ponto. O ponto de interrogação. Uma dúvida puxa a outra: Qual é o prazo de validade de Joaquim Levy?

Josias de Souza
Notícias

A conta dos empréstimos do BNDES para o Porto de Mariel não fecha

Desde a inauguração, em janeiro de 2014, do Porto de Mariel, em Cuba, o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) é questionado quanto aos critérios técnicos para o empréstimo de 682 milhões de dólares para a obra (cujo custo total foi de quase 1 bilhão de dólares), que ficou a cargo da empreiteira Odebrecht.

A operação, feita com dinheiro dos contribuintes brasileiros, era vantajosa para o banco? Qual era o benefício econômico da obra para os interesses brasileiros? Por que o governo classificou o conteúdo do contrato como “secreto”, com validade até 2027? O BNDES e a Odebrecht sempre deram a mesma resposta: que 100% do dinheiro investido não saiu do Brasil, ficando aqui na forma de pagamento de salários, de custos de engenharia e administração e de exportação de bens (cimento, aço, máquinas, carros, etc) destinados à construção.

Na semana passada, Luciano Coutinho, do BNDES, repetiu a explicação em depoimento que marcou o início dos trabalhos da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), instalada na primeira semana de agosto no Congresso para investigar possíveis irregularidades na atuação do banco.

VEJA.com
Jornalismo

Tecnologia de ponta irá impulsionar a pecuária do Rio Grande do Norte

O primeiro Laboratório de Fertilização in Vitro para Melhoramento Genético Animal do Rio Grande do Norte será inaugurado na próxima terça-feira, 01/09. O empreendimento do Instituto BioSistêmico (IBS) funcionará na capital potiguar, Natal,  e tem como objetivo contribuir para o fomento da pecuária de corte e de leite do Estado e de toda a região Nordeste.

A técnica de fertilização in vitro (FIV) com transferência de embriões é o que há de mais novo no mundo quando se fala em reprodução animal em escala comercial. Além dos resultados rápidos e precisos, é a melhor forma de desenvolver a genética bovina, assegurando aos produtores que os animais produzidos terão condições de enfrentar as adversidades climáticas de cada região.

Há quatro anos, o IBS coordena a realização dos procedimentos de FIV nos projetos Gene Leite e Gene Corte executados para o Sebrae/RN. Com o laboratório instalado em Natal, o atendimento aos produtores que integram esses projetos será facilitado. Além disso, será ampliado o acesso a essa importante tecnologia para os produtores nordestinos.

O Laboratório tem capacidade de produção de 4.500 embriões por mês e a perspectiva é abranger a totalidade das regiões Nordeste e Norte do País.

Carnaúba dos Dantas » Paraíba » Picui/PB

DESCASO: PB-151 que liga Carnaúba dos Dantas a Picui/PB está em péssimas condições

É de causar indignação aos motoristas e populares que utilizam a estrada que liga as cidades de Picui/PB à Carnaúba dos Dantas, no Seridó potiguar.

O asfalto não existe mais em boa parte dos 14 km da PB-151 que vinculam as duas cidades, e onde ainda existe asfalto é com buracos de metro em metro. A maioria do percurso encontra-se na areia, a poeira e a trepidação atrapalha a visão dos motoristas e a estabilidade dos veículos.

A marginalidade tem aproveitado a falta de conservação para cometer crimes, o número de acidentes automobilísticos também tem aumentado.

Os universitários que moram em Carnaúba dos Dantas já fizeram campanhas na internet para tentar mobilizar as autoridades paraibanas, mas até agora nada foi feito para reconstruir o trecho.

Policial

“NESSE MUNDO TEM DE TUDO”: Coveiro é preso por violar túmulo e fazer sexo com cadáver

Um homem foi preso em flagrante na manhã deste domingo (30) por suspeita de violar um túmulo e ter relações sexuais com um cadáver no Cemitério Público de Parnaíba, Litoral do Piauí. A sepultura violada foi de uma idosa de 79 anos enterrada no sábado (29).

De acordo com o major Adriano Lucena, comandante de policiamento, quando os policiais chegaram ao local, encontraram o corpo sem a roupa e a genitália exposta.
“Rebemos a denúncia de que alguém teria violado a cova de uma idosa enterrada no sábado. Ao chegar no local, os policiais encontraram o corpo com sinais de que teria sido abusado sexualmente e acionaram a perícia. Após indícios achados no local, a polícia chegou até o coveiro do cemitério, que foi preso e levado para a Central de Flagrantes de Parnaíba”, relatou.

O major contou que um exame de corpo de delito será feito no suspeito para comprovar o crime de necrofilia (atração mórbida por cadáveres). O cemitério foi isolado e os familiares da idosa informados do caso.

O chefe de investigação Robinson Castilho, da Delegacia Regional de Parnaíba, revelou que exames feitos no Instituto Médico Legal (IML) constataram a presença de esperma no corpo da idosa, que já foi liberado para novo sepultamento.

“Agora temos a certeza de que retiraram o corpo para fins sexuais e o suspeito sabia do enterro recente da idosa, porque o túmulo dela foi o único violado. Estamos investigando a participação do coveiro no crime, até porque o local não tem vigia e muitos usuários drogas frequentam o cemitério durante a madrugada”, declarou.

G1
Brasil » Manifestações

Populares gritam “pega ladrão”, “corrupto” e outros impropérios contra ministro da Justiça

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, foi hostilizado neste domingo na Avenida Paulista, em São Paulo, quando caminhava pela calçada oposta à ocupada por manifestantes em favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff, reunidos em torno do boneco do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ‘Lula inflado’, em frente aos escritórios do Tribunal de Contas da União.

O ministro ouviu gritos de “pega ladrão”, “corrupto”, “fora petista, bolivariano”, mas não pareceu se abalar: seguiu pela calçada do Conjunto Nacional, deixou-se entrevistar pelo líder do Revoltados On Line, Marcelo Reis, e entrou em uma livraria da região – que em seguida fechou as portas. Do lado de fora, ainda se ouviu alguém gritando: “Segurem suas carteiras, tem um ladrão na livraria.” Ao jornal O Estado de S. Paulo, Cardozo afirmou que manifestações são legítimas, mas não “xingamento e intolerância”. Neste ano, os ex-ministros petistas Guido Mantega, da Fazenda, e Alexandre Padilha, da Saúde, também passaram por saias-justas em locais públicos.

Veja
Currais Novos » Diversão

1ª Etapa do Circuito Heineken Currais Rock 2015 lotou a Praça Tetê Salustino

Neste sábado (29) foi aberto o Circuito Heineken Currais Rock 2015 na Praça Tetê Salustino e um público de cerca de 1200 pessoas se fizeram presentes no local, de acordo com informações da organização do evento, e lotaram o anfiteatro da praça assistindo as quatro apresentações.

A noite começou com a apresentação da banda Sasha Grey As Wife, do Rio de Janeiro, e que tinha um único componente. A banda de um homem só surpreendeu os presentes com uma apresentação singular e cheia de ritmos e letras.

Em seguida era hora da prata mais antiga da casa, a banda Almanáará subiu ao palco com um repertório cheio de rock nacional e alguns clássicos do rock internacional levando a galera ao delírio.

A terceira apresentação da noite foi da banda natalense Camarones Orquestra Guitarrística, um rock instrumental cheio de ritmos e muito dançante, com músicas que a banda tocou recentemente em turnê pela Europa e que fazem parte do mais novo álbum da banda, Rytmus Alucinantis.

Fechando a noite subiu ao palco a banda Madame Frigidaire que tocou diversos clássicos de várias gerações do rock e chegou ao fim da apresentação com a praça ainda lotada e aos gritos de “mais um!” da platéia.

A organização do evento se mostrou satisfeita e espera públicos ainda maiores nas próximas etapas. “Foi tudo dentro do esperado, nós resolvemos fazer por etapas e diminuir o número de bandas pra que as pessoas pudessem ver todas as bandas e o resultado foi que a praça ficou linda e lotada da primeira a última banda. Em Setembro tem mais”, afirmou o coordenador geral do evento, Fahad Mohammed.

O Circuito Heineken Currais Rock 2015 ainda terá mais quatro etapas até o fim do ano, sempre no último sábado de cada mês, na Praça Tetê Salustino.

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!