Arquivos:

Policial

Ministério Público deflagra operação BLITZKRIEG

Com apoio da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar, o Ministério Público deflagrou nesta sexta-feira (26) a operação BLITZKRIEG em três cidades do RN. O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) e Promotoria de Justiça de São José de Mipibu estão na operação.

Estão sendo cumpridos 14 mandados de prisão preventiva, três mandados de internação provisória e 18 mandados de busca e apreensão em Natal, Parnamirim e São José de Mipibu com apoio de 200 policiais na operação. Operação visa desarticular perigosa quadrilha que pratica tráfico de drogas, roubos e homicídios em quatro cidades do RN.

O nome Blitzkrieg significa termo alemão para guerra-relâmpago. Daí o nome da operação.

Inflação

Renda média do trabalhador já cai, no ano, 5% além da inflação

O delicado momento da economia brasileira – com desemprego e inflação em alta e crédito mais caro – está esmagando a renda do trabalhador. A Pesquisa Mensal de Emprego (PME) de maio, divulgada nesta quinta-feira pelo IBGE, mostrou que o rendimento médio já acumula queda no ano de 5%, já descontando a inflação: em maio do ano passado o valor era de R$ 2.229,28. No mês passado, R$ 2.117,10.

Notícias

Dia Nacional da Consciência do 1° Voto é comemorado nesta sexta-feira (26)

O voto é um instrumento crucial para o exercício da cidadania e manutenção da democracia. Por meio dele, os brasileiros têm nas mãos o poder de decidir o futuro do país. Diante disso, foi instituído o Dia Nacional da Consciência do 1° Voto, que passa a ser comemorado no dia 26 de junho. A data foi estabelecida pela Lei n° 13.120 de 7 de maio de 2015 em homenagem a Passeata dos Cem Mil que, em 1968, levou milhares de cidadãos, entre eles muitos jovens, às ruas contra a ditadura militar e em defesa da democracia.

De acordo com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Dias Toffoli, o dia serve exatamente para “estimular o jovem a participar da política, dos destinos da sua cidade, dos destinos do seu estado, dos destinos de todo o país”. Ele lembrou que o TSE sempre fez divulgações e campanhas no sentido de incentivar a participação dos jovens nas eleições.

No Brasil, o primeiro voto já pode ser dado a partir dos 16 e 17 anos de idade, sendo considerado facultativo. A obrigatoriedade sobrecai somente aos maiores de 18 anos. “Importante trazer a conscientização desse jovem para as questões nacionais. E esta lei vem reforçar exatamente a necessidade de se incentivar a participação do jovem na política”, enfatizou o ministro.

Notícias

Ezequiel Ferreira propõe a criação de uma Frente Parlamentar em Defesa da Adoção da Criança e do Adolescente

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira, defende a criação de uma Frente Parlamentar em Defesa da Adoção da Criança e do Adolescente. Proposta foi apresentada durante a audiência pública sobre a adoção. O tema foi discutido em audiência pública, realizada nesta quinta-feira (25), no auditório da Casa.

“A Frente vai atuar em ações que incluiu até o lançamento de uma cartilha educativa com o passo a passo sobre adoção para ajudar a diminuir as angústias dos futuros pais adotivos, mostrando o caminho a seguir para concretizar o processo de guarda e tutela definitiva. Vamos promover ações junto com o Judiciário e as secretarias de Assistência Social”, disse Ezequiel.

De acordo com o Cadastro Nacional de Adoção, do Conselho Nacional de Justiça, cerca de 5 mil crianças estão na fila de adoção no Brasil. A maioria delas foi abandonada ou perdeu a família, e há aquelas que foram afastadas do seio familiar por questões judiciais.

Do outro lado estão as famílias, que estão prontas para amar, oferecer um lar para essas crianças que precisam de amor, de apoio e de carinho. Hoje no Brasil, 30 mil famílias estão nessa lista. É importante lembrar ainda que o Brasil tem cerca de 40 mil crianças e adolescentes vivendo em abrigos.

Durante seu discurso, o presidente destacou também os entraves para a adoção. Um dos entraves é o preconceito com as crianças mais velhas. “Apenas um em cada quatro pretendentes admite adotar crianças com quatro anos ou mais. Já após os 10 anos, o número de interessados se reduz a quase zero. É por isso que, cada dia que passam nos abrigos afasta as crianças ainda mais da chance de encontrar um novo lar”, destaca Ezequiel.

Uma das ações da campanha será levar a partir de agora a todas as Assembleias Cidadãs do Rio Grande do Norte, atendimentos gratuitos e esclarecimentos as famílias que querem adotar e que precisam colocar suas crianças na fila de adoção. Um trabalho social que terá grandes e bons resultados nos próximos anos.

Notícias

Ministro admite atraso nos pagamentos das obras do Minha Casa Minha Vida

O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, admitiu, nesta quarta-feira, 24, que há atraso nos pagamentos das obras do Minha Casa Minha Vida e disse que o governo trabalha para regularizar o programa de pagamentos. De acordo com ele, a reunião desta manhã entre a equipe de Dilma Rousseff e os empresários do setor teve como objetivo discutir alternativas para “agilizar” os desembolsos referentes às obras.

Uma das propostas é diminuir o ritmo de construção das moradias contratadas no programa de habitação popular, uma das vitrines da administração PT. Pelos cálculos do setor, o governo deve às empresas entre R$ 1,5 bilhão e R$ 1,6 bilhão. Outra alternativa é estipular um novo cronograma de pagamento. A indústria da construção diz que os atrasos eram de 15 dias, passaram para 30 dias e agora chegam a 60 dias. Já há empresários que ameaçam parar as obras e demitir os funcionários, o que pode agravar ainda mais o índice de desemprego no País.

De acordo com Barbosa, o anúncio do Minha Casa Minha Vida 3 ficará para o segundo semestre. A presidente Dilma Rousseff tinha prometido o anúncio da terceira fase do programa de habitação popular para o primeiro semestre deste ano. “Nossa prioridade agora é agilizar o cronograma de pagamento do 1,6 milhão de moradias que já estão contratadas para garantir o emprego e respeitar os contratos com as empresas”, disse o ministro ao sair da reunião com o setor da construção civil.

Segundo ele, não há definição ainda sobre a terceira fase do programa. Os pontos que estão em aberto são a criação de uma faixa intermediária, o reajuste do valor dos imóveis e a distribuição das moradias por faixa de renda e região geográfica.nO presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, afirmou que a dificuldade neste momento é adequar o ritmo das obras aos recursos disponíveis. “É colocar um sapato 38 num pé 42”,

 

Mundo » Trânsito

Moto que anda até com água do Tietê faz 500 km por litro

Andar até 500 quilômetros sem uma gota de gasolina. E, ao reabastecer, conseguir encher o tanque de graça, em qualquer torneira. Não, não se trata do sonho de um motoboy. Esse é o resultado de um sistema, desenvolvido pelo funcionário público Ricardo Azevedo, 56, capaz de fazer com que motocicletas utilizem o hidrogênio obtido através da água como combustível.

Nomeado Moto Power H²O, o sistema utiliza os princípios da propulsão por hidrogênio, já conhecido da indústria automobilística. A inovação foi fazer o sistema ser acoplado a uma motocicleta. “Essa tecnologia pode ser adaptada em caminhões, ônibus, carros, enfim, qualquer veículo. E é muito eficiente”, ressalta ele.

Azevedo, que já foi mecânico e preparador de motos de corrida, desenvolveu seu produto na garagem de casa, em Itu (SP), onde mora, em momentos de folga, especialmente nas madrugadas. Ele explica que o sistema é composto por um reservatório de água, colocado na parte traseira da moto. Esse reservatório é ligado, por um cano, a um recipiente que fica ao lado da roda traseira onde Azevedo acoplou uma série de placas metálicas negativas e positivas, com canais de diferentes diâmetros e ranhuras intercalados.

As placas são alimentadas por uma bateria de carro, acoplada próximo à roda traseira. Com a eletricidade, ocorre a separação do hidrogênio da molécula de água. Através de um outro cano, o hidrogênio, altamente explosivo, é enviado a um outro recipiente, acoplado por Azevedo próximo ao reservatório, que envia o combustível para o carburador da moto, onde ocorre a combustão.

“Eu utilizei um craqueador, que separa as partículas de hidrogênio e de oxigênio da água. O hidrogênio vai para o carburador e, de lá, é utilizado pelo motor como combustível. Já o oxigênio é liberado para a atmosfera”, disse ele, ressaltando que o hidrogênio tem um poder de combustão quase três vezes superior ao da gasolina.

O inventor explica ainda que, embora o hidrogênio seja um gás com alto poder de combustão, o fato de a produção de hidrogênio ser utilizada imediatamente pela moto, sem o armazenamento, diminui a chance de explosão.

Diferenciais

Entre os diferenciais do sistema está a não emissão de poluentes, já que apenas o vapor d’água é eliminado pelo escapamento. Além disso, a economia em relação à gasolina é outro diferencial, já que Azevedo relata que é possível fazer até 500 quilômetros com um único litro de água. As motos convencionais raramente fazem mais de 50 quilômetros por litro.

Segundo Azevedo, ele gastou, até o momento, R$ 6 mil no projeto, que começou a ser desenvolvido há seis meses. Ele informou ainda que, para uma possível utilização industrial, o projeto ainda precisa de adaptações, mas que considera que “70% do produto está desenvolvido”. “Mas usei muita coisa que quebrou, materiais que, se fosse fabricar hoje, não seriam usados. O custo para fazer um sistema desses, hoje, seria bem menor”, disse.

Azevedo conta ainda que esperou um estágio adequado de evolução de suas pesquisas para divulgar os resultados que conseguiu. “Eu testei na minha moto, uma NX 200 cilindradas, e ando com ela sem problemas. Trabalho em São Paulo, e viajei todos os dias com essa moto, movida a água, durante o desenvolvimento do produto”, conta.

Desenvolvimento

O sistema foi desenvolvido em parceria com o filho dele, Gabriel, que é químico. “Eu cuidei da parte de mecânica e meu filho acrescentou conhecimentos de química que eu não tinha. Fizemos tudo com um grande embasamento científico”, disse.

Azevedo informa ainda que não precisou modificar o motor da motocicleta, que pode funcionar, também, com gasolina. “Pode rodar só com a água ou um híbrido, que aceita os dois combustíveis. A estrutura do motor é a mesma, não altera, só muda o combustível”, disse.

Qualquer água

Embora tenha ressaltado que a utilização de água destilada dá maior eficiência ao sistema, Azevedo informa que qualquer fonte de água pode ser utilizada. Ele afirma que já chegou a abastecer a moto com água do rio Tietê, que corta a cidade.

“Toda água, por mais poluída que seja, é composta por duas moléculas de hidrogênio e uma de oxigênio. Então, a moto pode ser abastecida em qualquer torneira”, disse.

Azevedo informou ainda que está à procura de investidores que possam se interessar em participar do projeto. “Eu faço isso de acordo com minhas possibilidades, e sou funcionário público. Claro que um parceiro poderia acelerar muito o desenvolvimento”, disse.

 

UOL
Finanças » Política

Mulher do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, admite que recebeu valores de empresas citadas na Operação Acrônimo

A mulher do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, admitiu em nota que recebeu valores de empresas citadas na Operação Acrônimo. Em nota, Carolina Oliveira confirmou que recebeu valores de duas empresas, no período em que seu marido era ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, por meio de sua empresa, a Oli Comunicação.

Tratam-se da MR Consultoria e da agência Pepper. A primeira é do consultor Mário Rosa, que tem sociedade com o empresário Benedito Oliveira Neto, o Bené. Esse empresário é suspeito de fazer caixa dois para a campanha de Pimentel e lavar dinheiro. A Pepper, por sua vez, presta serviços ao PT e já prestou serviços ao Bndes.

De acordo com a PF, a Pepper pagou R$ 300 mil à Oli Comunicação. Já a empresa de Mário Rosa pagou R$ 2,4 milhões entre 2012 e 2014. Rosa é um dos consultores de imagem favoritos de políticos, enquanto Carolina Oliveira era uma jornalista desconhecida no mercado – o que chamou a atenção de investigadores. Rosa disse que a contratou para ajudá-lo no gerenciamento de crise envolvendo duas grandes empresas. Ele não revelou os nomes de seus clientes.

Na nota, a mulher de Pimentel não fala em valores, mas defende a legalidade dos negócios.

“A Oli Comunicação prestou serviços de comunicação digital para a Pepper Interativa, entre 2012 e 2014. Entre esses serviços, nenhum foi prestado ao Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES). A Oli Comunicação também prestou serviços para a MR Consultoria, entre 2012 e 2014. A empresa pertence ao jornalista Mario Rosa, um dos consultores de imagem e gerenciamento de crises mais reputados do Brasil. A MR Consultoria também não presta serviços para órgãos públicos e partidos politicos. Portanto, todos os serviços prestados pela Oli Comunicação estão relacionados a clientes privados, que passsaram por crises de imagem e de comunicação ao longo deste período”.

Os valores apurados pela PF constam de uma lista apreendida na casa da mulher de Pimentel. Há ainda valores da Marfrig, R$ 595 mil, e Casino, R$ 362,8 mil. A nota de Carolina Oliveira não fala desses valores.

 

Época
Notícias

Governo que modernizar e ampliar serviços nas Centrais dos Cidadão

O governador em exercício, Fábio Dantas, convocou representantes das entidades que compõem a Central do Cidadão e secretários de Estado para discutir a modernização do equipamento, atualmente com 20 sedes em todo o território estadual. Na reunião, realizada na tarde desta quinta-feira, 25, foi decidida a implantação de um grupo de trabalho com reuniões frequentes para discutir ações objetivando a reestruturação das centrais.

“As Centrais do Cidadão prestam um grande serviço aos potiguares. Mas é preciso encontrar meios de modernizá-las, ampliando o número de serviços e melhorando a qualidade do atendimento”, destacou.

Uma das missões do grupo é reunir elementos para criar a estrutura legal das Centrais. Para isso, de imediato, deve-se realizar um diagnóstico geral, com número de servidores, custos de manutenção e despesas gerais. Entre as propostas já apresentadas, está a informatização das Centrais do Cidadão Digital, através da criação de serviços virtuais, o que acabaria com as filas e com a distribuição de fichas presencialmente. O grupo será presidido por Fábio Dantas.

Participaram da reunião, a chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, os secretários de Tributação, André Horta, de Justiça, Edilson França, e o adjunto da Administração, Marcelo Lima. Ainda estavam presentes o diretor geral do Detran, José Marcos Silva, o diretor geral do Itep, Odair de Souza Júnior, o coordenador das centrais, Eugênio Gondim, o coordenador-geral do Procon, Cyrus Benavides, e a coordenadora do Sine, Vanessa Dantas.

 

Brasil

Advogados vão apurar imagens de Cristiano Araújo feitas após morte e clínica diz que vai demitir funcionários

O diretor de comunicação do cantor Cristiano Araújo, Rafael Vannucci, informou ao G1 nesta quinta-feira (25) que os advogados que cuidavam da carreira do artista, morto em um acidente de carro na BR-153, irão analisar o vazamento nas redes sociais de fotos e vídeo feitos durante a preparação do corpo para o velório e o sepultamento. Ele explicou que ainda não viu as imagens, mas que já ouviu comentários sobre o caso.

“O escritório do Cristiano Araújo, o CA Produções Artísticas, vai analisar os fatos e zelar pela imagem dele mesmo após a sua morte. Vamos tentar agir da melhor forma possível, mas a decisão de fazer qualquer coisa é da família”, explicou.

Em uma das fotos, o cantor aparece com hematomas no rosto e na outra, ele está com o terno que vestia quando foi sepultado. Já o vídeo, mostra o processo de preparação do corpo.

Ao G1, o médico legista Peterson Freitas Moreira, diretor clínico do Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia, disse que os registros não foram feitos dentro do órgão. Ele, inclusive, disse estar “indignado” com a situação.

“Isso é um absurdo. Ficamos sabendo do vazamento há poucas horas. O vídeo não foi feito aqui. Os dois funcionários que aparecem não trabalham no IML. Além disso, no caso das fotos, não somos nós quem vestimos os corpos”, enfatizou.

O médico explicou ainda que, no caso do sertanejo, foi necessário analisar o corpo, mas nenhum órgão foi retirado. Ele revela que participou da necropsia de Cristiano com mais dois profissionais e que nenhum estava com celulares. Além disso, um policial fazia a segurança da sala.

Segundo Peterson, em alguns casos, é preciso fotografar o corpo como forma de comprovar laudos e documentos. Porém, isso é feito de forma profissional e somente para interesse do IML. “Se um servidor age desta forma, ele tem que responder um processo administrativo, podendo até ser expulso do órgão”, informa.

Em nota, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária informou que a Polícia Civil já concluiu que as imagens não foram feitas no IML e aponta que o local onde o vídeo foi feito pode ser a sala de um estabelecimento de preparação de corpos para velório e sepultamento.

A nota afirma ainda que o resultado dessas investigações será encaminhado para o Poder Judiciário. Se identificadas e condenadas, as pessoas que participaram do vídeo podem ficar presas por até três anos pelo vilipêndio a cadáver.

O corpo de Cristiano Araújo foi preparado para sepultamento na Clínica Oeste, localizada em Goiânia, que foi contratada de forma terceirizada pela funerária que fez o transporte e organizou os serviços póstumos do cantor.

Em nota, a Clínica Oeste confirma que foram dois funcionários que fizeram o vídeo e que repudia a ação dos empregados. O estabelecimento disse ainda que toda equipe assina documentos de Ordem de Serviço de Segurança e Medicina do Trabalho, que proíbem que qualquer etapa dos procedimentos feitos seja gravada, fotografada e, principalmente, divulgada.

A Clínica Oeste informou ainda que já tomou as providências legas para efetuar as demissões por justa causa dos dois envolvidos no vídeo.

Rio Grande do Norte

Relatório aponta gargalos no RN

De acordo com levantamento do Ministério da Justiça, 90% das casas carcerárias do Rio Grande do Norte estão superlotadas.

De acordo com levantamento do Ministério da Justiça, 90% das casas carcerárias do Rio Grande do Norte estão superlotadas.

O Rio Grande do Norte é um dos estados com o pior sistema prisional do país, ao lado do Pernambuco, Rio de Janeiro e Sergipe. Nos dados estatísticos que compõem o Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen) publicado pelo Ministério da Justiça no início desta semana,  a constatação de que 59% dos estabelecimentos carcerários, dos 32 existentes no estado, não foram concebidos como tal, mas adaptados a partir da existência de outros prédios; 90% das casas carcerárias estão superlotadas; inexistem espaços adequados para presos portadores de deficiência física e celas específicas para homossexuais e transgêneros. O deficit estimado de vagas no Rio Grande do Norte se aproxima dos três mil e quatro presos ocupam espaço destinado para um.

Conforme exposto no documento, existem 7.081 pessoas presas no estado. O número de vagas oficiais estacionou, há alguns anos, nas 4.502. O deficit de vagas agudiza ainda mais a superlotação, que tem como um dos motivos a permanência, por mais de 90 dias, de homens e mulheres aguardando condenação. Em torno de 5.364 presos ocupam unidades prisionais superlotadas atualmente. Dados do Infopen apontam que 33% dos presos no Rio Grande do Norte não estão condenados, o que expõe não somente a problemática de execução das penas, mas também o do acúmulo de processos em tramitação na Justiça, que emperra o célere julgamento dos processos.

Para o juiz de Execuções Penais da Comarca de Natal, Henrique Baltazar Vilar dos Santos, os dados corroboram a realidade vivenciada pelos agentes penitenciários, juízes criminais e presos. Poucas medidas práticas foram tomadas pelo Governo do Estado para modificar a realidade atual. “O Governo está dizendo que está fazendo alguma coisa. Mas o que se vê, somente, são as reformas nas unidades destruídas nas rebeliões de março, que estão bem lentas, por sinal”, comentou o magistrado.

Em reunião com o titular da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (Sejuc), Edilson França, o juiz ouviu que está em estudo a construção de Centros de Detenção Provisória em todo o estado para ampliar a oferta de vagas. Datas, porém, não foram anunciadas, conforme detalhou Henrique Baltazar. Ele criticou, ainda, a não-liberação de aproximadamente R$ 4 bilhões depositados na conta do Fundo Penitenciário Nacional que deveriam ser consumidos em melhorias e construções de novas penitenciárias em todo o país.

 

Tribuna do Norte

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!