Arquivos:

Cuidado » Saúde

Doenças respiratórias: Mudança de temperatura é uma das maiores vilãs

Todo cuidado é pouco perante essa mudança climática.

Todo cuidado é pouco perante essa mudança climática.

Uma das principais vilãs para o aumento dos casos de doenças respiratórias durante o inverno é a mudança de temperatura. A estação favorece uma maior circulação de vírus e torna as pessoas mais vulneráveis, principalmente as crianças, pois ainda possuem um sistema de defesa em formação.

A procura por consultas aumenta, e os principais casos são de gripes, pneumonias, bronquites, inclusive as asmáticas. O pneumologista pediátrico Sérvulo Antônio de Holanda explica que os vírus se disseminam com mais facilidade durante este período do ano, causando estados gripais.

Com tantos vírus em suspensão no ar, o melhor a ser feito é se prevenir antes que um deles ataque sua saúde. A higiene ambiental se faz mais do que necessária. Em alguns casos, é até mesmo uma questão de sobrevivência — principalmente para crianças altamente alérgicas. Como a umidade aumenta, surge mofo em guarda-roupas e em outros pontos da casa.

Diante disso, com a chegada do inverno e suas doenças também dá um impulso grande às farmácias, que registram um aumento na venda de medicamentos para gripes, resfriados e outros problemas respiratórios, além de equipamentos ligados a esses tipos de mal. A farmacêutica Juliana Dutra acrescenta na lista de mais vendidos do período as vitaminas C e os xaropes para tosse. Ela diz não saber ao certo os números do aumento, mas acredita que os produtos estão vendendo próximo ao dobro. E olha que o inverno está só começando.

Explicando a diferença de gripe e resfriado
São coisas praticamente semelhantes. Um quadro gripal é quando ele já está bem acentuado. É aquela coisa: o pulmão fica muito encatarrado, com muita secreção. Então, esse aí seria um quadro de gripe ou estado gripal.

E o resfriado é aquela coisa mais leve, que existe mais uma rinite, uma coriza, uma coisa mais simples. Na verdade, os quadros virais evoluem em uma semana no máximo. Começa com febre, depois um mal estar, falta de apetite, e a criança fica tendo um período de três, quatro dias de febre. A tendência, com o ciclo de vida do vírus, é a febre desaparecer. Mas e aí quando persistem os sintomas respiratórios, como tosse, pode evoluir para quaisquer outras situações.

Mais de um vírus circulando no ar no inverno
Sim, existem. As defesas das crianças nas faixas etárias menores ainda estão se formando. Aí, elas em ambientes coletivos, nas creches, nas escolas, ficam mais vulneráveis.

Tribuna do Norte
Economia » Empreendedorismo

Destaque: Distribuidora com sede em Natal é a maior do Nordeste

A ALE foi considerada a maior distribuidora de combustíveis do Norte/Nordeste e obteve outros destaques.

A ALE foi considerada a maior distribuidora de combustíveis do Norte/Nordeste e outros destaques.

A ALE, quarta maior distribuidora de combustíveis do Brasil, foi eleita a maior distribuidora de combustíveis da regional Norte/Nordeste e a quarta melhor empresa do segmento Atacado em todo o país. O reconhecimento foi registrado no Guia Especial da revista Exame Melhores e Maiores/2014.

Entre as 100 maiores empresas das regiões Norte e Nordeste, a ALE – que tem sede em Natal, ficou na terceira colocação geral, atrás apenas de Braskem e Samsung. No ranking das 500 maiores empresas por vendas do Brasil, ela passou a ocupar o 41ª lugar em 2013, subindo sete posições em relação a 2012.

Outro destaque na edição foi uma matéria sobre futebol, decorrente da Copa do Mundo que está sendo realizada no Brasil. O presidente da ALE, Marcelo Alecrim, foi um dos escolhidos a conceder entrevista no Museu do Futebol em SP para expor sua paixão pelo futebol. Ele mencionou sua paixão pelo ABC Futebol Clube em entrevista e vídeo.

“O futebol é muito marcante no marketing da ALE”, afirma o presidente da empresa. A empresa já patrocinou o Corinthians de Caicó, Flamengo, Vasco e Botafogo. “Quando a gente patrocinou o Flamengo, eu como abecedista, fiquei com raiva de mim mesmo como presidente da ALE, mas no final o Flamengo foi campeão, em 2009. Para a ALE foi uma maravilha e Marcelo Alecrim que poderia patrocinar o ABC ficou triste porque a gente não foi campeão naquele ano”, disse, na entrevista sobre futebol.

Ainda no seu trajeto empresarial, a ALE foi reconhecida, no primeiro semestre de 2014, por diversas premiações que destacaram as boas práticas desenvolvidas na área de Recursos Humanos. A companhia foi premiada com o case sobre o projeto PAZ (Programa Acidente Zero) e esteve presente nas listas das 100 melhores empresas em Indicador de Desenvolvimento Humano e Organizacional (IDHO) e dos profissionais de RH mais admirados do país.

Tribuna do Norte
Jogo » Sorte

Dois apostadores ganharam o prêmio da Mega-Sena no último sábado (28)

Depois de dois sorteios acumulados, prêmio da Mega-Sena saiu para dois apostadores.

Depois de dois sorteios acumulados, prêmio da Mega-Sena saiu para dois apostadores.

Um morador do Rio de Janeiro (RJ) e outro de Feira de Santana (BA) acertaram os seis números do sorteio da Mega-Sena realizado ontem (28) em Nova Veneza (SC). Segundo a Caixa Econômica Federal, cada um levará para casa um total de R$21.337.822,84. As dezenas sorteadas foram as seguintes: 06, 13, 17, 36, 42 e 51. Ao todo, 261 pessoas venceram a quina e vão ganhar R$14.506,18; outros 16.822 bilhetes marcaram a quadra e serão premiados R$321,52.

Copa do Mundo » Futebol

O império do goleiro brasileiro Júlio César tem atravessado dias de luta e dias de glória

Júlio César brilha e garante classificação do Brasil para a próxima fase da Copa do Mundo.

Júlio César brilha e garante classificação do Brasil para as próxima fase da Copa do Mundo.

Em seu percurso de vida no futebol, o goleiro Júlio César saiu de Port Elizabeth, em 2010, como vilão da eliminação do Brasil na Copa da África do Sul. Quatro anos depois, o goleiro é o herói da classificação para as quartas de final do Mundial jogado em casa.

Levando muitas críticas nos ombros e uma responsabilidade gigantesca, neste sábado (28), Júlio chorou antes das cobranças de pênalti que definiram a partida contra o Chile, mas embaixo das traves resolveu. Pegou duas cobranças (de Sánchez e Pinilla) e viu a última delas, de Jara, acertar a trave esquerda para o Mineirão fazer uma festa sem igual. Depois de um empate em 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação, o Brasil fez 3 a 2 no Chile nos pênaltis e está nas quartas.

David Luiz abriu o placar e Júlio Cesar fez a parte dele logo na primeira cobrança, de Pinilla. Willian mandou para fora, mas o goleiro trabalhou muito bem para pegar a cobrança de Alexis Sánchez. Marcelo e Aránguiz deixaram os deles até que Hulk bateu e Bravo pegou com os pés. Díaz, em seguida, voltou a deixar tudo igual. Neymar tirou um peso enorme das costas fazendo 3 a 2. Até que Jara seguiu para a cobrança que acabaria por entrar para a história.

Do blog: O imperador fez jus a seu nome, popularizado pelo imperador romano, e não negou as origens brasileiras de “não desistir nunca”. Numa partida nada fácil, cheia de turbulências, muito acirrada, o goleiro foi um dos protagonistas do jogo, fez bonito quando defendeu os pênaltis e também ao longo de todo o seu trajeto na partida. Vamos lá, agora é rumo as quartas de final Brasil!

Copa do Mundo » Globo

Transmissão e narração: Galvão Bueno e colaboradores registram o pior ibope nos jogos da Copa 2014

Em baixa, o último confronto do time brasileiro teve a menor audiência da Globo em jogos da Copa.

Em baixa, o último confronto do time brasileiro teve a menor audiência da Globo em jogos da Copa.

Conforme dois dos portais mais bem informados da atualidade, Veja e Terra, o confronto entre Brasil e Chile registrou a menor audiência da Globo em jogos do Brasil desde o início da Copa. De acordo com dados prévios do Ibope para a Grande São Paulo, a partida rendeu 34 pontos à Globo e dez pontos à Band.

“Tá em crise? Chama o Chile!”, brincou Galvão Bueno com seu bordão no início da partida do último sábado (29), no Mineirão. A promessa de facilidade do jogo, contudo, não se repetiu e o narrador sofreu mais do que imaginava, dado o histórico de confrontos do Brasil contra o adversário.

O drama da partida, decidida nos pênaltis com a classificação nacional após empate por 1 a 1 no tempo normal, fez o global pegar durante toda a partida no pé do árbitro inglês Howard Webb e, ao fim, adaptar gritos de ídolos nacionais, como Taffarel e Ayrton Senna, a Júlio César, destaque absoluto do confronto. Com a classificação consumada, Galvão lembrou de um eterno ídolo nacional para fechar a transmissão da Rede Globo. “Júlio César do Brasil”, comentou, em clara referência à alcunha utilizada para Ayrton Senna do Brasil.

Discurso » Falha

Vacilo: Lula usa dados errados em discurso para empresários

Lula errou feio nos dados transparecidos em discurso feito a empresários.

Lula errou feio nos dados transparecidos em discurso feito a empresários.

De acordo com nota, para tentar reconquistar a confiança do empresariado nacional e internacional no governo Dilma Rousseff, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recorreu nesta semana a uma enxurrada de números e indicadores para sustentar a continuidade das conquistas sociais e econômicas de seu governo na gestão de sua sucessora.

Uma análise feita pelo Globo do discurso que ele fez num evento da Câmara de Comércio França-Brasil mostra, porém, que Lula cometeu vários deslizes em sua fala. Indicadores como investimento externo direto, dívida bruta e corrente de comércio, citados por ele como “êxitos dos últimos 12 anos”, na verdade pioraram durante o governo Dilma.

E como se não bastasse, o ex-presidente se enganou ainda ao citar dados sobre reajuste salarial, informações sobre exportação de alimentos e também a posição do PIB do Brasil no mundo, em especial na comparação com outras nações emergentes.

Esporte » Futebol

Dor de cotovelo: Uruguaio Lugano afirma que “brasileiros são superficiais quando pensam”

Capitão uruguaio, Lugano, faz comentários sobre a recepção do time e sobre a seleção brasileira.

Capitão uruguaio, Lugano, faz comentários sobre a recepção do time e sobre a seleção brasileira.

Segundo o portal Terra, a seleção do Uruguai foi embora da Copa, mas o caso Suárez não saiu da cabeça dos jogadores. Ressentido por tudo o que ouviu por parte dos brasileiros nos últimos dias, o zagueiro Lugano bateu forte em entrevista após a eliminação para a Colômbia neste sábado (2 a 0), nas oitavas de final do Mundial, no Maracanã. “O brasileiro é superficial em muitas coisas. Não se dão conta que podem arruinar a carreira de um jovem. Nesse ponto, não são tão profundos para pensar como os uruguaios. É outra cultura e tem que respeitar”, afirmou o capitão uruguaio.

O zagueiro declarou que não se surpreendeu com o que ele chamou de má recepção aos uruguaios no país. “Não me surpreendeu porque somos rivais. E o Uruguai teve muitos méritos para ser um rival assim. Nos respeitam”, disse o jogador, que sofreu com uma lesão depois do jogo de estreia contra a Costa Rica e não pôde mais jogar.

“A verdade é que esses últimos 20 dias foram de conflito interno entre a intensidade com que vivi o Mundial e o desespero pela lesão no momento menos indicado, que te ataca justamente nesse momento. Poderia ter passado em qualquer momento e passou agora”, lamentou.

Lugano elogiou James Rodríguez, a quem rotulou de melhor jogador da Copa do Mundo. “Talvez seja interessante copiar alguma coisa do que fez Colômbia nos últimos tempos”, avaliou. Godín também elogiou James pelo belo gol e disse que a ausência de Luis Suárez foi muito sentida por todos, mas que não pode servir de desculpa para a derrota.

Lei Seca » Notícias

Virou moda: Condutor em um veículo da Prefeitura de Natal agride policial em blitz

Mais uma blitz apreende condutor embriagado na capital e este agride os policiais.

Mais uma blitz apreende condutor embriagado na capital e este agride os policiais.

Isso tem se tornado uma constante nos últimos tempos, falo da apreensão de condutores por meio da lei seca e ainda realizarem algum tipo de agressão a policiais.

Pois que, em blitz realizada na noite de ontem (28) e madrugada de hoje (29) na capital potiguar, um condutor, em um veículo da prefeitura de Natal, a serviço da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, agrediu um policial após ser comprovado que o mesmo estava conduzindo o veículo sob efeito de Álcool. O resultado do teste certificou que o condutor tinha ingerido bebida alcoólica além do permitido por lei, ou seja, 0,30mg/L.

Copa do Mundo » Dinheiro » Economia

Economia: Copa rende R$ 12 bi aos bares em junho

O evento, que tem abrangência mundial, gerou aumento na economia do Brasil.

O evento, que tem abrangência mundial, gerou aumento na economia do Brasil.

Com a bola rolando e sem o registro de grandes manifestações e protestos violentos, os bares comemoram o movimento que a Copa do Mundo levou aos estabelecimentos. Diante da demanda acima das expectativas, o segmento deve faturar R$ 12 bilhões no mês do Mundial de futebol, segundo previsão da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes.

No ano passado, a Copa das Confederações já havia incrementado a receita de bares e restaurantes, que ficou entre R$ 8 bilhões e R$ 9 bilhões no período entre junho e julho. No balanço da entidade para as primeiras duas semanas do Mundial, o movimento nos bares cresceu em média 70% nos dias de jogos do Brasil — mas alguns locais receberam número de clientes duas ou até três vezes maior que o normal. O tempo de permanência dos clientes também é maior.

Seleções campeãs como Uruguai e Itália e até menos favoritas como Irã têm atraído torcedores. Daqui para frente, com menos jogos na segunda fase da Copa, a animação deve ser menor, mas a expectativa continua alta. Já nos restaurantes, o impacto não tem sido grande. Há algumas razões para as perdas nos restaurantes. Em primeiro lugar, o horário dos jogos (muitos às 13h ou 19h) fez com que muita gente migrasse para o barzinho. Os feriados também reduziram o movimento corporativo, grande público de restaurantes. A exceção é a pequena parcela de estabelecimentos próximos a pontos turísticos.

A opção por comer em casa também ajuda a explicar a baixa nos restaurantes. “Mesmo quando não é dia de jogo, o consumo na cidade de São Paulo continua aquecido pela presença dos turistas”, diz o gerente de economia e pesquisas da Apas, Rodrigo Mariano.

Na hotelaria, o dinheiro despejado pelos turistas pode salvar o setor em um ano de provável estagnação ou até queda no faturamento. O evento deve injetar R$ 650 milhões no setor. Apesar disso, a CVC, maior empresa do setor de viagens, afirma que a vinda de 600 mil estrangeiros estimada inicialmente não deve se concretizar. A menor demanda teria levado, segundo a CVC, hotéis e companhias aéreas a baixarem os preços, barateando os pacotes nacionais, com descontos de até 40%.

R7
Drama » Saúde

Drama: Alérgico a quase tudo, menino americano de 1 ano não pode nem abraçar os pais

A criança apresenta uma alergia tão séria que até o contato com sua mãe dele ser cauteloso.

A criança apresenta uma alergia tão séria, que até o contato com sua mãe dele ser cauteloso.

O pequeno Benjamin Williams, de um ano, tem uma doença que faz com que ele seja alérgico a muitos alimentos, medicamentos e objetos. Além disso, ele também não pode ser abraçado por muito tempo, pois pode sofrer com reação alérgica. As informações são do site DailyMail.

Suas alergias são tão sérias que os pais do pequeno não podem tocá-lo por muito tempo porque pode lhe causar uma reação alérgica. Os pais de Williams, Kileigh e Glyn, montaram uma lista das coisas que seu filho é alérgico, até agora a lista inclui água engarrafada, chocolate, produtos lácteos e de milho, mas o casal afirma que descobre novas alergias o tempo todo.

Por meio de tentativa e erro, Kileigh e Glyn chegaram a uma lista de cinco alimentos que o menino pode comer, dentre eles frango, batata, cenoura, banana e melão. Além dos alimentos, ele tem que tomar cuidado com sua pele, pois apresenta uma pele tão sensível que apenas um abraço pode causar feridas dolorosas.

De acordo com Kileigh, eles já descobriram cerca de 40 coisas que Williams não pode ter contato. “Outro dia coloquei um pouco de óleo perfumado em suas roupas e, em pouco tempo, apareceram várias erupções cutâneas em seu corpo. Temos que vigiá-lo constantemente porque não sabemos o que pode machuca-lo”, a mãe ainda diz que “apesar de tudo isso meu filho ama sua vida. NO entanto, as coisas estão ficando mais difíceis a medida que ele cresce, mas nunca vamos deixa-lo se abater com isso”, completou.

R7

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!