Arquivos:

Notícias

Revista IstoÉ traz denúncia contra Henrique Alves, presidente da Câmara dos Deputados

 

 

A revista IstoÉ também traz outro assunto que envolve um potiguar: o deputado Henrique Eduardo Alves. No lado verde do tapete do Congresso, a polícia da Câmara também se investe de falsa autoridade policial para sair pelo País em missões secretas. Em abril passado, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), autorizou dois servidores da Casa, Edilson Brandão e Thiago Elízio, a ficarem dez dias no Tocantins “colhendo provas” para um processo administrativo. Com R$ 7 mil em diárias, passagens e aluguel de carro pago pela Câmara, os servidores percorreram os municípios de Formoso do Araguaia e Gurupi dando carteiradas, realizando interrogatórios e reunindo informações.

Para explicar as diligências de sua polícia, a assessoria de imprensa da Câmara alega que o trabalho externo faz parte de uma investigação de fraude previdenciária. ISTOÉ solicitou detalhes da investigação, mas a Câmara se negou a fornecer. Coincidência ou não, em outubro passado o deputado federal Osvaldo Reis, do PMDB de Tocantins, subiu à tribuna para denunciar fraude no Instituto de Gestão Previdenciária do Estado (Igeprev). Na ocasião, Reis entregou um dossiê do caso ao ministro da Previdência, Garibaldi Alves. Desde então, o episódio se tornou um cabo-de-guerra entre oposição e governo tocantinense.

Postado por: Eduardo Bezerra
Notícias

Nome de Fernando Bezerra não empolga nem o PMDB

Os líderes do PMDB, Henrique Eduardo Alves e Garibaldi Filho tentam a todo vapor colocar de volta na política, o empresário Fernando Bezerra. Ex-senador e ex-ministro, terminou saindo derrotando de duas eleições seguidas: 2002 (Governo) e 2006 (Senado).

Nem a turma mais animada do PMDB se empolga em ir para ruas com Fernando Bezerra. Acham que é um nome bom, mas não empolga o principal: o povo. Os prefeitos, ex-prefeitos, deputados estaduais e as lideranças do interior não acham a menor graça nesse que consideram “balão de ensaio”.

Postado por: Eduardo Bezerra
Notícias

Motorista que causar acidente poderá pagar pensão por morte ou invalidez das vítimas

O INSS quer que os motoristas que causem acidentes banquem, do próprio bolso, a pensão por morte ou invalidez das vítimas. Em 2002, o Brasil tinha 33 mil pessoas com invalidez permanente por causa do trânsito. Em 2012, eram 352 mil. Para diminuir as despesas com acidentes e fazer o motorista pensar duas vezes antes de colocar vidas em risco, o INSS firmou um acordo com a Polícia Rodoviária Federal.

A Polícia Federal põe à disposição do INSS todos os registros sobre acidentes em estradas federais. O causador do acidente que levar a morte ou invalidez vai ser processado e, se condenado, o INSS vai cobrar dele a pensão da vítima ou da família da vítima.

Postado por: Eduardo Bezerra
Notícias

Prêmio da Mega da Virada renderia R$ 40 mil por dia na poupança

A Mega da Virada deste ano deve ultrapassar a casa dos R$ 200 milhões, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal. Se aplicado na poupança, o prêmio poderia render cerca de R$ 40 mil por dia, o equivalente a cerca de R$ 1,2 milhão por mês.

O sorteio ocorre no dia 31 de dezembro, às 20h25 (horário de Brasília), no estúdio da Rede Globo, em São Paulo. A aposta simples custa R$ 2. Para a aposta simples, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é, segundo a Caixa, de 1 em 50.063.860. O prêmio da Mega da Virada não acumula. Caso não haja ganhador com as seis dezenas sorteadas, o valor será somado ao rateio dos acertadores de cinco números, e assim por diante.

 

Postado por: Eduardo Bezerra
Notícias

Arena das Dunas está entre os estádios com maior falta de rentabilidade

As autoridades brasileiras estão ‘queimando os miolos’ para encontrar soluções imaginativas, uma fórmula mágica, para obter rentabilidade em quatro estádios da Copa de 2014 que, segundo os críticos, correm sério risco de se transformar em monumentos ao desperdício.

Matéria da revista Exame destaca que Manaus, Brasília, Cuiabá e Natal são as quatro sedes que terão estádios novos e que só em poucas ocasiões conseguiram ter algum time de futebol na elite do futebol nacional, por isso que carecem de um calendário esportivo que garanta uma renda regular.

Realizar shows de música, ‘importar’ equipes de futebol de outras cidades e impulsionar esportes estranhos nestas latitudes, como o futebol americano, são as principais ideias que os responsáveis dos estádios tiveram a cinco meses do Mundial. Mas os poucos lucros obtidos até agora no único potencial ‘elefante branco’ que já está operacional, o Estádio Nacional Mané Garrincha de Brasília, põem em dúvida que se possa compensar os enormes recursos investidos nas obras.

O estádio de Brasília é um coliseu monumental com capacidade de 72.777 pessoas e que será o mais caro dos 12 construídos ou em construção para a Copa. Seu orçamento chegou a R$ 1,403 bilhão e foi desembolsado integralmente pelo Governo da capital, onde os clubes locais, de recente criação, ainda não conseguiram cultivar uma torcida.

Postado por: Eduardo Bezerra / Robson Pires
Notícias

Aécio Neves acusa Dilma de apropriar-se “indevidamente” da rede para fins eleitorais

O senador Aécio Neves (MG), provável candidato tucano à Presidência, é crítico da estratégia de Dilma. Ele acusa a presidente de contrariar a legislação em vigor e apropriar-se “indevidamente” da rede para fins eleitorais. Para a Secretaria de Comunicação, porém, a presidente vale-se da prerrogativa dos pronunciamentos “quando há necessidade de comunicar fatos relevantes de interesse nacional”.

Decreto de 1979 prevê que as emissoras de radiodifusão poderão ser convocadas para transmitir gratuitamente pronunciamentos do presidente da República e dos presidentes da Câmara dos Deputados, do Senado Federal e do Supremo Tribunal Federal, quando o objetivo for a “divulgação de assuntos de relevante importância”.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, a estratégia da presidente Dilma Rousseff de aparecer cada vez mais em pronunciamentos em rede nacional de rádio e televisão custou até agora R$ 1,2 milhão aos cofres públicos desde o primeiro ano de seu mandato, em 2011. Cada vez que a presidente vai à TV, o Palácio do Planalto desembolsa R$ 90 mil com produção, gravação, edição, computação gráfica, trilha, locução, equipe e equipamentos.

Postado por: Eduardo Bezerra
Notícias

Lula: “2014 será o ano do reconhecimento de Dilma”

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva avaliou em um breve artigo sobre a presidente Dilma Rousseff, no portal do jornal espanhol El País, que 2014 “será o ano do reconhecimento da seriedade e da competência desta mulher brasileira de tanta coragem”, numa referência indireta à candidatura dela à reeleição. O artigo integra uma fotorreportagem especial com 11 ibero-americanos “que deixaram sua marca no ano” de 2013, cuja primeira personalidade retratada é o papa Francisco, seguido por Dilma e pela presidente eleita do Chile, Michelle Bachelet.

Em “Dilma Rousseff, o poder da coragem”, Lula cita, logo na abertura, a luta de Dilma “para transformar o Brasil”, numa referência ao período em que a então militante foi presa durante o governo militar. E destaca o enfrentamento “com êxito” de Dilma aos protestos de junho e “a espionagem dos Estados Unidos, que ela mesma sofreu”.

Postado por: Eduardo Bezerra
Notícias

País termina 2013 melhor do que começou, diz Dilma em último pronunciamento do ano na TV

No último pronunciamento nacional em cadeia de rádio e televisão do ano, a presidenta Dilma Rousseff procurou passar para população uma mensagem de otimismo para 2014. Em um balanço de 2013, Dilma frisou que país termina o ano “melhor do que começou”, mesmo passando por crises internas e externas. Em um recado aos “críticos”, a presidenta disse que a “instalação da desconfiança” é muito ruim para o Brasil e que uma “guerra psicológica” pode inibir investimentos e retardar iniciativas.

Em pouco mais de 12 minutos, Dilma frisou que o Brasil tem motivos para esperar um 2014 “ainda melhor do que foi 2013”. “Sinto alegria de poder tranquilizar vocês dizendo-lhes que entrem em 2014 com a certeza que o seu padrão de vida vai ser ainda melhor do que você tem hoje, sem risco de desemprego, podendo pagar as prestações, em condições de abrir sua empresa ou ampliar seu próprio negócio”, disse a presidenta.

Postado por: Eduardo Bezerra
Notícias

Cirurgiado, Anderson Silva deve ficar até seis meses em recuperação

 

 

Depois de fraturar a tíbia e a fíbula em luta contra o norte-americano Chris Weidman nesse sábado (28), no UFC 168, Anderson Silva fez a reconstrução do osso quebrado e deve ficar até seis meses em recuperação. A previsão consta no boletim médico do lutador, emitido após a realização da cirurgia.

O UFC divulgou nota afirmando que Anderson não tomou decisões sobre seu futuro, mas que quer privacidades durante sua recuperação, em casa.

"Após o ocorrido na noite deste sábado no UFC 168, o ex-campeão Anderson Silva foi levado para um hospital local em Las Vegas, onde passou por uma cirurgia para reparar a perna esquerda quebrada. A operação, conduzida pelo dr. Steven Sanders, cirurgião ortopédico do UFC, foi bem-sucedida. Foi inserida uma haste intramedular na tíbia esquerda de Anderson. A fíbula quebrada foi estabilizada e não requer uma cirurgia separada. Anderson permanecerá um tempo curto no hospital, mas nenhuma operação adicional está prevista neste momento. O tempo de recuperação para essas lesões varia entre três e seis meses".

Na nota a reação de Anderson Silva às manifestações de fãs dando apoio também foi citada, lembrando ainda que não foi tomada nenhuma decisão sobre o futuro da carreira.

Em sua conta pessoal no Twitter, o lutador se desculpou e disse que não queria ter desapontado a torcida. "Dei o meu melhor, eu juro".

Ex-campeão dos médios do Ultimate, Anderson Silva, também chamado de Spider, foi lesionado durante o segundo round da revanche contra o norte-americano Chris Weidman. O brasileiro chutou o joelho do oponente com a canela e terminou em nocaute técnico, dando vitória a Weidman, que manteve o cinturão.

 

Postado por: Eduardo Bezerra
Notícias

Atentado à bomba na Rússia deixa 15 pessoas mortas

Pelo menos 15 pessoas morreram e 23 ficaram feridas em decorrência de um novo atentado à bomba na cidade russa de Volgogrado nesta segunda-feira (30), informou o vice-governador da região, Valisi Galushkin. Segundo ele, o balanço é preliminar.

O artefato explodiu, esta manhã, no interior de um trólei (meio de transporte comum nas cidades russas) do sistema de transporte público de Volgogrado, que ficou completamente destruído. O porta-voz do Comitê de Instrução russo, Vladimir Markin, confirmou se tratar de um atentado terrorista e anunciou a abertura de um inquérito.

O Comitê Nacional Antiterrorista da Rússia adiantou que os primeiros dados indicam que o atentado não foi provocado por um terrorista suicida, mas que a bomba foi colocada no interior do trólei, que se dirigia para o centro da cidade. Este atentado é o segundo em menos de 24 horas em Volgogrado: ontem (29) uma explosão em uma estação de comboios de Volgogrado foi causada por uma mulher-bomba.

Volgogrado, antiga Estalinegrado, foi cenário em 21 de outubro do atentado mais grave ocorrido na Rússia nos últimos anos, quando um terrorista suicida oriundo do Cáucaso matou seis pessoas. O atentado levantou dúvidas quanto à segurança dos Jogos Olímpicos de Inverno na cidade de Sochi, perto de Volgogrado, que devem começar em fevereiro.

Postado por: Eduardo Bezerra / Tribuna do Norte

Últimos Eventos

21/09/2019
São Vicente/RN
03/03/19
Master Leite
06/05/18
Parque Dinissauros - Povoado Sto Antonio (Cobra)
Março 2017
Aero Clube

Mais eventos

Jornal Expresso RN

Baixar edições anteriores

Curta Jean Souza no Facebook

Siga Jean Souza no Instagram

Empresas filiadas

Banners Parceiros

Design por: John Carlos
Programação por: Caio Vidal
Botch das divs centrais
X
Experimente o nosso aplicativo para Android. Clique para baixar e aproveite!